Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

Anvisa recomenda suspensão definitiva da temporada de cruzeiros

Agência ressalta que o cenário ainda é de cautela e precaução diante do novo crescimento de casos de covid-19

Por: Redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou ao Ministério da Saúde e à Casa Civil, na tarde desta quarta-feira, 12, a suspensão definitiva da temporada de cruzeiros no Brasil.

Segundo a Anvisa, a ação é “necessária à proteção da saúde da população”, haja vista o aumento de casos de covid-19 entre tripulantes e passageiros.

Anvisa recomenda suspensão definitiva da temporada de cruzeiros
Crédito: Vinicius Stasolla/Divulgação/MSCAnvisa recomenda suspensão definitiva da temporada de cruzeiros

Em nota técnica, a agência afirma que foram detectados 1.177 casos da doença nos cinco navios de cruzeiros que operaram no Brasil entre novembro e a primeira semana de janeiro. Do total de infecções, 1.146 foram confirmadas apenas entre 26 de dezembro e 6 de janeiro.

O documento encaminhado pela Anvisa aos órgãos competentes foi concluído na terça-feira, 11, e contém a apresentação do cenário epidemiológico de covid-19 nas embarcações de cruzeiro que operam na temporada 2021-2022, incluindo as intercorrências ocorridas, por embarcação, desde o início de suas operações em território nacional.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


No ofício, Anvisa declara que “a viagem em um navio de cruzeiro apresenta uma combinação única de preocupações com a saúde, uma vez que viajantes (tripulação e passageiros) de diversas regiões reunidos em ambientes fechados ou semifechados, frequentemente lotados, podem facilitar a disseminação de doenças, transmitidas de pessoa a pessoa, por alimentos ou pela água”.

A Anvisa informou ainda que, “desde a recomendação de suspensão temporária, vem avaliando a evolução do cenário epidemiológico do Sars-CoV-2 a bordo dos navios e também no Brasil e no mundo”.

Cota Diadema
Crédito: DivulgaçãoA temporada 2021-2022 de cruzeiros teve início no começo de novembro

Por isto, o órgão entende que o cenário atual é desfavorável à continuidade das operações dos navios de cruzeiro. “Nesse sentido, com fundamento no princípio da precaução e a partir de todos os dados disponíveis, recomendou a suspensão definitiva da temporada de navios de cruzeiro no Brasil, como ação necessária à proteção da saúde da população”.

A temporada 2021-2022 de cruzeiros teve início no começo do mês de novembro de 2021, com a embarcação MSC Preziosa. Ainda no final de novembro, e ao longo do mês de dezembro, outras quatro embarcações iniciaram suas operações: MSC Seaside, Costa Fascinosa, MSC Splendida e Costa Diadema.