Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

Campos do Jordão (SP) volta a ter passeios de maria-fumaça

Passeios acontecem aos sábados e domingos em quatro horários; saiba mais

Por: Redação

Campos do Jordão (SP) voltou a receber os tradicionais passeios de maria-fumaça. A locomotiva estava fora de operação desde 2015 e passou por uma reforma para voltar a funcionar.

O passeio, entre as Vila Capivari e Vila Abernéssia, dura 30 minutos (ida e volta) e percorre um trecho de 4 km da centenária Estrada de Ferro Campos do Jordão (EFCJ).

 Maria-fumaça voltará a operar em Campos do Jordão após sete anos parada
Crédito: Divulgação/STMMaria-fumaça voltará a operar em Campos do Jordão após sete anos parada

A maria-fumaça que opera o passeio turístico é composta de uma locomotiva a vapor de origem norte-americana, fabricada pela H. K. Porter em 1947 e um carro de passageiros fabricado em 1912, pela também norte-americana American Car & Foundry, com capacidade até 64 passageiros por viagem.

Os passeios de maria-fumaça ocorrem aos sábados e domingos em quatro horários –11h, 13h, 15h e 17h.  Durante o mês de julho, o trem também funcionará às sextas-feiras.

Vista do Portal Campos do Jordão
Crédito: Luís Felipe Rodrigues/Divulgação/ACEPasseios de maria-fumaça em Campos do Jordão (SP) acontecem aos sábados e domingos em quatro horários

Os bilhetes de embarque podem ser comprados no dia do passeio na Estação Emílio Ribas. Crianças de até 5 anos, se viajarem no colo do responsável, não precisam pagar pelo ingresso.

Reforma da maria-fumaça

A locomotiva estava fora de operação desde agosto de 2015. Entre 2019 e 2020, a Estrada de Ferro operou o passeio de maria-fumaça com outra máquina, cedida pela prefeitura de Taubaté através de um convênio.

A volta do atrativo turístico foi possível após uma reforma realizada na locomotiva a vapor, entre novembro de 2021 e maio de 2022. O trabalho artesanal de recuperação foi realizado pela equipe de manutenção da ferrovia, na oficina localizada em Pindamonhangaba. Foram efetuados reparos nos sistemas de rodagem, de comando, carroceria e na parte mecânica.

História da Estrada de Ferro Campos do Jordão

A Estrada de Ferro Campos do Jordão (EFCJ), idealizada pelos médicos sanitaristas Emílio Ribas e Vitor Godinho, foi inaugurada em 1914 com objetivo inicial de levar pacientes com tuberculose de Pindamonhangaba para tratamento médico em Campos do Jordão.

Em 1924 a ferrovia foi eletrificada, substituindo as locomotivas a vapor e os trens movidos à gasolina por veículos ferroviários elétricos.

A partir da década de 1970 teve seu uso direcionado para o turismo e o transporte de passageiros. Desde 2011 a EFCJ está vinculada à Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos.

Maria-Fumaça de Campos do Jordão
Quando: sáb. e dom.; a partir de julho, de 6ª a dom.
Horários: 11h, 13h, 15h e 17h, a partir da estação Emílio Ribas
Duração: 30 minutos (ida e volta)
Trajeto: 4 km
Rota: entre as estações Emílio Ribas e Abernéssia, em Campos do Jordão

?>