CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Cidade no sul da Itália vende casas por menos de R$ 5

Você já se imaginou morando num pequeno vilarejo italiano?

Por: Redação

Você já se imaginou morando num pequeno vilarejo italiano? Seu sonho pode virar realidade. É que uma pequena cidade de Bisaccia, no sul da Itália, está vendendo por apenas € 1 (cerca de R$ 4,60).

Mas será preciso investir um bom dinheiro, já que os 90 imóveis colocados à venda estão em péssimas condições de uso. Muitos deles em ruínas.

Crédito: Domeniconardozza/iStockVista do vilarejo medieval de Bisaccia, na região da Campânia, no sul da Itália

As casas abandonadas ficam no centro histórico da cidade, aos pés do imponente castelo medieval. Bisaccia, na região da Campânia, tem apenas 5.000 habitantes.

Os novos proprietários terão que reformar as casas, mas diferente de outras cidades que lutam para não desaparecerem do mapa, Bisaccia não exige um investimento mínimo e prazo para concluir as obras.

Todas as casas pertencem à prefeitura de Bisaccia, o que garante que o processo de venda será rápido e tranquilo.

Crédito: Robypangy/iStockAs casas abandonadas ficam no centro histórico da cidade, aos pés do imponente castelo medieva

Na maioria das outras cidades italianas que oferecem casas a valores muitos baixos, a aquisição pode envolver negociações complicadas com os proprietários.

“A área abandonada espalha-se pela parte mais antiga da cidade. As casas abandonadas estão agrupadas, uma ao lado da outra, ao longo das mesmas estradas. Algumas até partilham uma entrada comum”, diz o vice-prefeito, Francesco Tartaglia, à CNN.

Informações sobre como adquirir os imóveis, basta acessar o site da prefeitura (www.comune.bisaccia.av.it)

Bisaccia não é a primeira cidade da Itália que oferece casas por apenas € 1 (R$ 4,60).

Recentemente o vilarejo medieval de Gangi, na Sicília, resolveu colocar à venda 20 imóveis pelo preço de um cafezinho.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.