Como se organizar para viajar de avião com crianças

Cátia Noronha, do blog Todas as Mães em Viagem, dá algumas dicas para quem vai viajar de avião com crianças.

Por: Todas as Mães em Viagem Comunicar erro

Viajar de avião com crianças nem sempre é fácil e quanto maior a sua organização, mais prática ela pode ficar. Prestando atenção em alguns detalhes é possível evitar dores de cabeça na viagem de avião… quer ver?

Crédito: Cátia Noronha | blog Todas as Mães em ViagemProntos para o embarque?

Fazendo as malas

Roupa de calor caso faça calor, roupa de frio caso faça frio, mantinha, travesseiro, roupa de banho, fralda, fralda para nadar, roupão, farmacinha com os remédios mais importantes, necessaire com escova de dente, pente e até uma tesourinha de unha (nunca se poder uma oportunidade de cortar a unha rs), shampoo e sabonete infantil, meias, tênis, chinelinhos, leite em pó, mamadeira, biscoitinhos para comer no caminho, aquele brinquedo preferido do momento ou qualquer outro objeto que mantenha a criança entretida por alguns minutos e…. UFA… ACHO que a mala está pronta!

Arrumar uma mala de bebê/ criança para um fim de semana dá o mesmo trabalho para uma viagem de 20 dias. O que muda é o volume, mas os itens são praticamente os mesmos.

Não confie na memória! Faça antes uma lista com todos os itens necessários. Informe-se sobre a previsão de tempo do seu destino para decidir quais roupas levar. Criança suja roupa muito fácil, então o ideal é levar trocas a mais. Levar uma troca de roupa na mala de mão é imprescindível, mesmo para crianças maiores.

Itens na mochila

Na minha bolsa ou mochila que levo para o aeroporto sempre terá alguns itens que considero essenciais, como:

Passaporte/ documentos: guardo os passaportes em plásticos tipo zip para não correr o risco de molhar caso vaze algum líquido dentro da mochila. Sobre o risco de perder o passaporte no exterior (toc toc toc bate na madeira): o Portal Consular recomenda manter um cópia do passaporte e uma cópia autenticada do RG no cofre do hotel (eu só tiro foto e mantenho na nuvem). Isso pode ajudar no processo de um novo passaporte. ⁣

Lenço umedecido + álcool gel: serve para limpar as mãos, usar no banheiro e até fazer uma limpeza rápida na mesinha da poltrona – você sabia que a mesinha é o lugar mais sujo do avião, com recorde de bactérias? *segundo pesquisa do site Travel Math.

Crédito: Cátia Noronha | blog Todas as Mães em ViagemViajar com criança pequena não é fácil, mas se organizar direitinho, dá para evitar o stress

Protetor de assento: esse é para as crianças usarem especialmente nos banheiros do aeroporto. Existem protetores e redutores de assento portáteis de marcas importadas. Apesar de caros, não são descartáveis e, portanto, mais sustentáveis.  Ainda não comprei mas já está na minha wishlist.⁣

Livro: isso foi uma piada porque muito provavelmente, viajando com crianças, você não conseguirá ler mais de 2 páginas de um livro no avião ;)  ⁣

Tablet ou celular para as crianças: no dia anterior à viagem, baixo vários apps e joguinhos  novos. Também checo se a cia aérea oferece algum app de entretenimento infantil e baixo com antecedência. Não se esqueça do fone de ouvido! Ninguém é obrigado a ouvir Baby Shark na poltrona vizinha. Existem no mercado fones com design que se ajustam na cabeça da criança, além de ter potência limitada para não prejudicar a audição dos pequenos. ⁣

Remédios

Prevenir-se nunca é demais! Leve para a viagem um nécessaire contendo os remédios que os filhos estão acostumados a usar em casa, como antitérmico, antialérgicos, xarope para tosse, remédio para diarréia, para enjôo, pomada para picadas de insetos, termômetro e primeiros socorros. Vale conversar com o pediatra antes para fazer essa lista.

Não tem coisa pior que precisar de um remédio e você estar longe de uma farmácia ou estar em um horário ruim para sair. Ou ainda estar em outro país e não ter como comprar, uma vez que as prescrições de medicamentos não têm validade em outros países.

Para transportar líquidos na bagagem de mão em voos internacionais (incluindo aí os remédios, cremes, géis etc), o limite é de 100 ml por frasco, que deverão estar acondicionados em saquinhos plásticos transparentes do tipo zip, de até 20 x 20 cm. Na hora de passar pelo raio X, já tire da sua mochila os saquinhos com os remédios e coloque na cestinha que passará pela esteira.

Crédito: Cátia Noronha | blog Todas as Mães em ViagemAqui foram 12 horas de espera no aeroporto de Houston, no Texas

No site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) consta que “medicamentos (com prescrição médica), alimentação de bebês e líquidos de dietas especiais poderão ser transportados na quantidade necessária à utilização no período total de voo (incluídas eventuais escalas) e deverão ser apresentados no momento da inspeção de segurança

Seguro Viagem

Mesmo levando tanto remédio na mala, ainda assim é essencial fazer um seguro saúde antes de viajar. Uma consulta em clínica nos EUA pode custar até US$ 500 e, em um hospital, chega a US$ 3 mil.

Quando estivemos em Miami, meu filho quebrou o pulso e saiu da clínica credenciada com o braço imobilizado depois de um raio-X. O seguro saúde que eu havia contratado tinha uma cobertura de US$ 24.000 e funcionou muito bem. Mas existem coberturas muito maiores, de até US$ 1 milhão.

Alguns planos de saúde e cartões de crédito também oferecem seguro viagem.

Para destinos da América do Sul, Central e Caribe, o seguro não é exigido, mas altamente recomendado viajar com. A exceção é para Cuba e Venezuela, onde o seguro viagem é obrigatório de U$ 10 mil e U$ 40 mil respectivamente. Para a Europa, os países que fazem parte do Tratado de Schengen estabelecem como requisito para entrada um seguro viagem com cobertura para assistência médica no valor mínimo de € 30 mil. Já para os países da Ásia, Oceania e África não é obrigatório a contratação de um seguro viagem, mas ainda assim é muito importante não deixar esse item de fora (Austrália que exige seguro viagem, mas não estipula o valor da cobertura).

Crédito: Cátia Noronha | blog Todas as Mães em Viagem“Mãe, tá chegando?” “Filha, o avião nem decolou e são 10 horas de voo” :))

Tempo no aeroporto

Se tem um perrengue muito chato que pode acontecer em uma viagem é perder um voo de conexão. Claro que é muito melhor fazer viagens com voo direto, mas em algumas vezes essa possibilidade não existe (ou o bolso não permite).

A conexão é quando o seu avião faz uma parada em um aeroporto e os passageiros descem da aeronave – alguns ficarão neste destino e outros seguirão viagem pegando um outro avião. Já em um voo com escala, o avião também faz uma parada, mas os passageiros que seguirão viagem não precisam descer. Este avião vai reabastecer ou receber novos passageiros antes de decolar novamente.

Quando a gente compra a passagem aérea, é possível ver qual o tempo de conexão entre a chegada do avião e a partida do outro. Algumas conexões podem ser de até 24 horas, então é sempre importante ficar atento a este detalhe.

Passar horas no aeroporto com crianças pode ser um tanto desgastante (para todos). Algumas dicas, caso você perca o voo de conexão:

  • Procure o balcão da companhia e questione sobre seus direitos;
  • Procure as Salas Vips;
  • Pesquise os hotéis dentro dos aeroportos;
  • Sempre viaje com uma mala de bordo com trocas de roupas e itens pessoais;
  • Respire fundo e tenha muita paciência! Lembre-se que a gente não pode controlar tudo!

Tempo de viagem

Frase clássica de toda criança em uma viagem: “Tá chegando, falta muito? E agora, já chegou?”. Não tem como escapar, mas é interessante conversar com a criança antes de saírem de casa e explicar o que vai acontecer. Se a viagem for longa, não minta: explique que vai demorar sim, mas que vocês podem inventar coisas legais para fazer durante o trajeto.

Por: Todas as Mães em Viagem

Eu sou a Cátia Noronha, jornalista e mãe. Aprendi que viajar com crianças pode ser ainda melhor quando dispomos de mais informação e planejamento. Eu acredito que viajar em família estreita ligações e reforça nossos vínculos afetivos!

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário todasasmaes da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
2
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
3
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
4
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
5
01:31
O que fazer em caso de bagagem extraviada pela companhia aérea?
Um dos maiores medos de que vai pegar o avião é perder a bagagem. Saiba como proceder em uma situação …
6
01:17
Sky Costanera, o maior observatório da América Latina
O Sky Costanera é considerado o maior observatório da América Latina e fica em Santiago, no Chile. Nele é possível …
7
01:01
Zipflyer: a tirolesa só para quem tem MUITA coragem
A Zipflyer, é considerada a maior tirolesa do mundo e fica localizada em Pokhara, no Nepal. Ela conta com 1850 …
8
01:31
Como tirar ou renovar passaporte?
Tem dúvidas sobre o procedimento necessário para emitir seu passaporte? Saiba por onde começar com as nossas dicas. Mais informações sobre …