Publicidade

Informar

Cruzeiro pelo coração da Amazônia é opção de passeio com amigos

Por: omelhordaviagem | Comunicar erro
...
Publicidade
Crédito: richard kohlerCruzeiro com amigos pela Floresta Amazônica

Já pensou em reunir uma turma de amigos e explorar a Floresta Amazônica num delicioso cruzeiro pelo rio Negro ou Solimões?

A beleza das paisagens amazônicas

Imagine assistir com a galera, a beleza do nascer do sol e no final do dia, ver um céu se encher de estrelas no meio da selva, fazer trilha entre árvores gigantescas, ver cobras, jacarés, macacos e dezenas de botos nadando à sua volta. Tudo isso a bordo de um confortável navio projetado para navegar nos rios da Amazônia.

Crédito: richard kohlerO boto cor-de-rosa faz parte da lenda da Amazônia

O interessante de uma viagem como essa é que você tem a oportunidade de navegar pelos rios, fazer passeios de lancha pelos igarapés, pescar piranha, vivenciar uma sobrevivência na selva e depois de muita aventura, voltar para o conforto que um cruzeiro oferece.

Um inesquecível pôr do sol na floresta

Sem contar que enquanto navega pelos rios Amazônicos, ainda tem muita curtição a bordo como:  shows, piscina, jacuzzi, música com DJ, open bar, e refeições incríveis.

Crédito: richard kohlerCabines confortáveis e com varanda

Quando cansar, ainda tem uma aconchegante e espaçosa cabine, com banheiro e varanda para relaxar. Tudo isso conectado com a natureza, 24 horas por dia, no conforto de um navio all inclusive, ou seja, com bebidas, comidas, atividades e passeios incluídos no pacote!

Sobre o navio

Grand Amazon projetado para navegar nos rios amazônicos

O Gran Amazon da Iberostar, único navio de cruzeiro fluvial da Amazônia, foi projetado especialmente para navegar pelos rios da região, com um formato de balsa que facilita a navegação até mesmo em águas rasas. Tem capacidade para 150 passageiros e possui 74 cabines. Sempre saindo de Manaus, o cruzeiro oferece três roteiros: 4 noites pelo Rio Negro, 3 noites pelo Rio Solimões ou os dois percursos em uma única viagem. Em todos eles é possível ver o maravilhoso fenômeno do encontro das águas dos 2 rios que não se misturam. Imperdível!

Encontro das águas dos rios Negro e Solimões

A beleza da floresta

Os braços do rio revelam belezas escondidas

O navio tem seis lanchas que levam os passageiros para mais perto da floresta, em programações muito interessantes.

Lanchas levam os hóspedes para o meio da floresta

Uma delas é vencer a forte correnteza do imenso Solimões em direção aos igarapés, braços dos rios que formam pequenos canais escondidos no interior da mata, para se deparar com a beleza estonteante dos igapós, a vegetação típica da Floresta Amazônica, com árvores imensas e submersas.

Boa parte da floresta submersa nas enchentes do rio

Dá para imaginar a complexidade da natureza que faz as águas desse rio subirem por meses e alagar todo esse pedaço da floresta e em seguida, passar o resto do ano a esvaziar, deixando um solo fértil, onde tudo que se planta dá. Incrível não?

Vitória régia, o símbolo da Amazônia

São também nos igapós onde encontramos a vitória-régia, um dos maiores símbolos da Amazônia, entre árvores gigantescas como as seringueiras e sumaúmas.

Fauna e flora exuberantes

Aves exóticas pousam para as lentes dos turistas

Como se fosse pouco ficar extasiado pela beleza da flora amazônica, o que dizer da fauna? O silêncio da floresta é interrompido somente pelo cantar das aves exóticas e dos macacos pulando pelos galhos das árvores.

Macaquinhos se divertem pulando de galho em galho

Bicho-preguiça, jacaré, macaco, cobra são animais facilmente avistados pela floresta para alegria dos turistas que fotografam cada movimento. Sempre por perto, os botos cor-de-rosa em pares ou em grupo, costumam dar pequenos shows, entre um mergulho e outro nas profundezas do rio.

Crédito: Richard Kohler, Richard Kohler, Richard KohlerDivertida pesca de piranha

Outros divertidos passeios feitos nas lanchas do navio são: ver o inesquecível nascer do sol que desperta a floresta, no final da tarde fazer uma pesca de piranhas, que em seguida são devolvidas para a água, enquanto assiste a um pôr do sol de perder o fôlego.

O lindo entardecer na floresta

Sem falar nos passeios noturnos, quando as lanchas entram pelos braços dos rios iluminadas apenas pelos reflexos da lua, para observar os jacarés. No roteiro pelo Rio Negro é possível também interagir com os botos e visitar uma reserva indígena.

Guia mostra um jacaré vivo 

E como vivem os caboclos ribeirinhos?

A vida isolada dos ribeirinhos na floresta

Outro passeio legal é conhecer as casas dos caboclos na beira do rio e descobrir como vivem os ribeirinhos. Incrível pensar como podem viver tão isolados e tão felizes! Será essa a chave da felicidade? Viver em contato com a natureza e aproveitar toda a exuberância da floresta, se alimentar dos pescados, fazer a própria farinha e colher todos os frutos que a selva oferece? Faz pouco tempo que a luz chegou em algumas comunidades através de geradores e cabos, e hoje até comunidade indígena tem internet.

As caboclinhas da Amazônia

A farmácia do mundo

Guia índio ensina a sobreviver na selva

Muitos cientistas estudam as propriedades de plantas medicinais encontradas na Amazônia, que não à toa, é tida como a farmácia do mundo. Muitas dessas plantas são mostradas em passeio pela selva com o guia Piro, um legítimo índio, filho da floresta, que ensina também técnicas de sobrevivência, mostrando árvores e plantas que guardam a mais pura água nas raízes, outra cujo leite extraído é cicatrizante, etc.

A farmácia da floresta

Para os mais curiosos, no navio também é possível ter aula sobre os frutos amazônicos, como o conhecido guaraná que é ótimo estimulante, o cubiu que é bom pra diabete, pressão alta, etc. e tantos outros mais exóticos e desconhecidos.

Animação a bordo

Crédito: Richard Kohler, Richard KohlerApresentação de shows folclóricos

Mas não só na floresta tem diversão! Na volta dos passeios nas lanchas, o que não falta é atividade no navio: shows musicais, festas temáticas, aulas de dança, mágico, bingo, discoteca e a animada banda formada pelos guias, com o divertido nome “Sovaco de Cobra”, que não deixa ninguém parado!

Gastronomia diferenciada

A Noite do Comandante

O Gran Amazon oferece 2 opções de restaurantes e bares. Eles servem 3 fartos buffets de café da manhã, almoço e jantar, além de lanchinhos no convés. Os bares sempre abertos, servem drinks especiais e elaborados. Os destaques ficam para a Noite do Comandante, onde cascatas de camarões, lagostas, além dos ótimos e frescos peixes amazônicos são os principais pratos servidos, acompanhados de outra dezena de opções.

O Chef servindo o famoso tucupi

Já a Noite Amazônica é uma imersão na gastronomia da região: caldo de piranha, creme de macaxeira, pato no tucupi, pirarucu de casaca, farinha de legumes com banana, etc.

Sobremesas deliciosas

E ainda tem as deliciosas sobremesas como: bolo de castanha, rabanada de tapioca, mousse de cupuaçu, etc.

A partida do cruzeiro em Manaus

Parece férias de sonho? E é mesmo! Conhecer o coração da Floresta Amazônica é uma experiência inesquecível! Vale combinar com a turma a melhor data e se programar. Como dizia o poeta Fernando Pessoa, navegar é preciso, mas com os amigos é ainda mais divertido!!

*O cruzeiro pode ser parcelado em até 10 vezes.

A jornalista Ana Paula Garrido, do blog O Melhor da Viagem, viajou a convite da Iberostar

Compartilhe:

Publicidade
Autor: O Melhor da Viagem

Ana Paula Garrido é editora e jornalista de O melhor da viagem, blog sobre viagens, lugares e coisas imperdíveis pelo mundo, para você conhecer, curtir e viajar!

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário O Melhor da Viagem da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Publicidade

Museu de Anatomia Humana da USP exibe peças que ensina como o seu corpo funciona

Cereja Flor: O lugar das taças de sorvetes gigantes em São Paulo

Fondue taiwanês é a próxima delícia que você tem de provar

Médica tira dúvidas sobre anticoncepcional

Refugiados se tornaram microempreendedores em um lava-rápido em São Paulo

Publicidade