Dicas básicas para sobreviver ao Carnaval do Rio de Janeiro

Abuse do glitter, da água e do protetor solar. Aí é só seguir essas dicas que você terá um Carnaval inesquecível

Por: Redação

Passar um Carnaval no Rio de Janeiro pode mudar sua vida. Se achar e se perder nas vielas e becos do Centro Velho carioca atrás de alguns músicos é uma experiência única.

Se você já reservou seu hostel, já separou sua fantasia e abasteceu o estoque de glitter, chegou a hora de parar para ver algumas dicas de como aproveitar da melhor forma, sem cair em roubadas e só levar boas histórias e belas fotos de recordação.

Carnaval Rio de Janeiro
Crédito: @cordaodabolapreta/FacebookPassar um Carnaval no Rio de Janeiro pode mudar sua vida

As dicas aqui são de quem de quem já tem uma boa quilometragem rodada nos bloquinhos cariocas e sabe que é nos detalhes que mora o segredo de curtir o melhor da festa.

Se você ainda não reservou seu hostel, corre para procurar o que ainda tem uma cama sobrando, pois a cidade fica lotada nessa época. Se precisar de dicas de como escolher o hostel que mais se encaixa no seu estilo, e no seu bolso, dá uma olhada nesse passo a passo que preparamos.

Acorde cedo…

via GIPHY

… ou não durma, se você for desses! O importante é lembrar que o melhor do Carnaval de rua no Rio de Janeiro é durante o dia, e bem cedo. Alguns blocos se concentram às 5h da manhã, outros às 7h. Você pode pensar que não vale a pena perder uma “noitada” no carnaval, mas basta pegar o primeiro bloco no sábado pela manhã para entender do que estamos falando.

Sem vergonha, vista sua fantasia e entre na brincadeira

via GIPHY

Aqui vale de um tudo, a criatividade é sua maior arma. Não precisa ser muito elaborada, nem custar os olhos da cara. Improvise, faça um brainstorm com sua turma, quem sabe não pinta uma ideia de fantasia coletiva. Uma fantasia criativa e divertida é sempre um ótimo “puxador” de papo. Daí para conhecer um grupo de amigos que se junta ao seu e ver a galera aumentando é rapidinho.

Vá de metrô, ele vai funcionar 24 horas todos os dias

via GIPHY

O Metrô Rio será um dos seus melhores parceiros nesse carnaval. Serão cinco dias de metrô funcionando 24 horas por dia sem parar. A principal dica é comprar uma das opções de bilhetes pré-pago, pois assim você não pegará filas e poderá entrar por acessos que não estarão vendendo bilhetes. O metrô carioca – infelizmente – é bem pequeno e fácil de se achar. Mas se você quiser, rola baixar o app “Metrô Fácil” (Android e iOS). E relaxe que você não será o único fantasiado no metrô!

Planeje-se…

via GIPHY

Com mais de 500 blocos oficiais no calendário – fora os não oficiais, que são os melhores na nossa opinião -, são várias as possibilidades de você entrar em alguma roubada. O mais importante é saber em qual bloco você vai começar seu dia (bem cedo, só pra reforçar). Além disso, anote em algum lugar o nome dos outros blocos que te interessaram durante o dia.

… Mas nem tanto

via GIPHY

Você já vai ter lido nossas sugestões e anotado o que te interessou, certo? Mas isso não quer dizer que seu carnaval vai se resumir a isso. Um pouco da magia do “brincar o carnaval” está em abraçar mudanças de rotas, de percurso, de planos. Alguns blocos mais “secretos” não comunicam quando, de onde e que horas vai sair o cortejo. A divulgação rola durante os outros blocos, no boa a boca mesmo. Então, nada de timidez. Se deu vontade de ir em algo que acabou de ouvir falar, vai dar uma olhada. Essas costumam ser as melhores descobertas.

Não subestime o calor carioca

via GIPHY

Tomar água será uma atitude sábia, lembre-se disso. No meio da muvuca, dançando, acabamos esquecendo que nosso corpo está desidratando numa velocidade assustadora. Ainda mais para quem gosta de uma boa cervejinha gelada, o álcool acelera mais esse processo. Água, muita água. Combinado?

O sol queima mesmo, sem dó nem piedade

via GIPHY

“Ah, mas eu estou acostumado com sol, não uso protetor nem na praia”. Tudo bem, cada um sabe de si, mas não custa dar aquela caprichada no creme para se proteger. Durante os blocos acabamos esquecendo o quanto de tempo estamos expostos ao sol, nessa época do ano ele se põe por volta das 19h, isso quer dizer várias horas torrando. Um chapéu também é sempre uma boa pedida, assim como aproveitar as sombras das árvores para evitar a exposição direta.

Prepare-se para andar muito

via GIPHY

Na hora de escolher a fantasia uma coisa importante são os sapatos. Não necessariamente para saber se combinam com o resto do look, mas eles vão ser decisivos no estado dos seus pés depois de um dia inteiro de festa. Meninas, esqueçam o salto alto ou aquele “sapatinho lindo”, mas que “machuca um pouco”. No carnaval ele vai machucar muito, não tenha dúvida disso. Rapazes, o bom e velho tênis resolve o problema, quanto mais confortável melhor. Ninguém quer perder um dia de festas com os pés cheio de bolhas, né?

Não dê mole, fique sempre atento às suas coisas

via GIPHY

Em qualquer cidade grande, toda festa que concentra milhares de pessoas também atrai a atenção de quem está afim de umas carteiras e celulares de quem der mole. Claro que não é para ninguém ficar desesperado, em pânico. Basta se precaver e guardar muito bem suas coisas que não terá problemas. Uma doleira, daquelas que vai por baixo da roupa, pode ser uma boa. Quem não tiver uma, os camelôs aqui vendem entre R$ 5 e R$ 10. Quem preferir pode aproveitar que as pochetes estão de volta e aderir à moda.

Já ouviu falar em limites…?

via GIPHY

Apesar do brasileiro não dar muita bola pra essa coisa de limites, no carnaval é sempre bom se atentar aos seus, pelo menos. Ouça o seu corpo e o alimente quando ele pedir, descanse quando sentir que as energias estão acabando e, se acha que chegou a hora de ir embora, não tenha peso na consciência de perder alguma coisa, você vai aproveitar muito mais se for pra casa, tomar uma ducha e dormir algumas horas e voltar renovado. Não seja o zumbi dos bloco!

Dica bônus – Fuja dos blocos mais famosos

via GIPHY

Temos que ser realistas: os blocos mais famosos, aqueles que arrastam milhões –-sim, milhões– de pessoas são também gigantes no volume de perrengue que você vai passar. Chegar é complicado, se movimentar é difícil, evitar confusões de gente que não sabe se divertir é uma missão, esvaziar o tanque depois de umas cervejas é uma odisseia, você quase não vai conseguir ouvir a música do distante trio-elétrico e é nesses blocos onde os batedores de carteira e celular fazem a festa.

DICA DE OURO é procurar os blocos não-oficiais, aqueles mais secretos, que saem meio que escondidos mesmo. O jeito é procurar algum amigo carioca ou se enturmar com uma galera que sabe curtir o carnaval que você escapará dos perrengues desnecessários.

Por Diego Bonel, do site Brasil Hostel News

1
03:32
Viva Chile: um passeio pela beleza da Cordilheira dos Andes
Está com viagem marcada para Santiago e ainda não faz ideia do que fazer na capital chilena? Então, antes de …
2
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
4
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
5
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
6
01:31
O que fazer em caso de bagagem extraviada pela companhia aérea?
Um dos maiores medos de que vai pegar o avião é perder a bagagem. Saiba como proceder em uma situação …
7
01:17
Sky Costanera, o maior observatório da América Latina
O Sky Costanera é considerado o maior observatório da América Latina e fica em Santiago, no Chile. Nele é possível …
8
01:01
Zipflyer: a tirolesa só para quem tem MUITA coragem
A Zipflyer, é considerada a maior tirolesa do mundo e fica localizada em Pokhara, no Nepal. Ela conta com 1850 …