Últimas notícias:
Loading...

Enoturismo: 5 vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul

Das maiores até as menores, existem ao menos 32 vinícolas ativas espalhadas pela região do Vale dos Vinhedos

Você sabe quais são as melhores cinco vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul? A região é uma das maiores produtoras do Brasil e os vinhos produzidos aqui não devem em nada aos que são produzidos na Europa e em outros lugares do mundo.

Introduzida no Brasil pelos imigrantes italianos, a vitivinicultura da região sul é uma das mais tradicionais do país.

A vitivinicultura da região sul é uma das mais tradicionais do país
Créditos: Mala de Aventuras
A vitivinicultura da região sul é uma das mais tradicionais do país

O Vale dos Vinhedos é a região onde o cultivo das uvas e a produção de vinho é mais forte. As vinícolas instaladas por lá produzem rótulos que já foram premiados dentro e fora do Brasil.

E o mais legal é que a maioria das vinícolas do Vale da Uva e do Vinho proporcionam verdadeiras experiências aos turistas. São visitas guiadas, degustações, refeições harmonizadas e até degustações temáticas em meio aos parreirais.

E se você vai viajar pelas cidades gaúchas, tem que conhecer as principais vinícolas da região para incluir em seu roteiro. Por isso preparamos esse guia para você descobrir quais são as melhores e ajudar a planejar sua visita.

Então continue sua leitura para descobrir quais vinícolas para visitar no Rio Grande do Sul.

Vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul

O chamado Vale dos Vinhedos se localiza na região nordeste do Rio Grande do Sul e abrange as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul. Das maiores até as menores, existem ao menos 32 vinícolas ativas espalhadas pela região.

Mas afinal de contas, quais vinícolas visitar no Rio Grande do Sul? Não faltam opções legais. Algumas ainda seguem o modelo de produção artesanal, enquanto outras já possuem produção moderna e voltada para o mercado de exportação.

De fato, são tantas opções que é legal pesquisar um pouco sobre elas antes para organizar sua viagem direitinho e tentar ver o máximo que puder. Pensando nisso, vamos apresentar as 5 vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul que estão entre as mais top do Vale dos Vinhedos. Vamos lá!

1 – Grupo Miolo

Muitos turistas têm curiosidade de saber qual é a maior vinícola do Rio Grande do Sul. E se você pensou no Grupo Miolo pensou certo. Estamos falando da maior vinícola exportadora de vinhos do Brasil, reconhecida nacional e internacionalmente.

Localizada em Bento Gonçalves, a vinícola Miolo oferece diversas experiências em sua propriedade. Contudo, para quem prefere degustações mais intimistas, talvez ela não seja a mais indicada, já que as visitas sempre ocorrem em grandes grupos.

Alguns dos vinhos produzidos pelo Grupo Miolo no Rio Grande do Sul
Créditos: Mala de Aventuras
Alguns dos vinhos produzidos pelo Grupo Miolo no Rio Grande do Sul

A vinícola Miolo é bem grande e seus parreirais parecem se perder no horizonte. A sede da fábrica conta com excelente estrutura, incluindo sala de conferências, loja, área de degustação e o disputado Wine Bar no jardim da propriedade.

Dentre as visitas oferecidas pela Miolo temos a visita tradicional, DOVV Espumantes, DOVV Vinhos e a Sete Lendários Miolo. Durante todas elas você aprende sobre o processo de produção dos vinhos da empresa e ainda tem direito à degustação. O valor dos ingressos inclui uma cota para a compra de bebidas alcoólicas e nas visitas DOVV você ainda recebe uma taça de cristal de brinde.

Valores: Visita tradicional – R$50,00 (R$10,00 de bônus); Visita DOVV – R$130,00 (R$20,00 de bônus); Sete Lendários – R$280,00.
Endereço: RS-444, Km 21, Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves

2 – Dal Pizzol

Com tradição familiar, a Dal Pizzol é uma das 5 vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul queridinha entre os turistas. Ela fica em Bento Gonçalves e é extremamente charmosa e cercada de verde por todos os lados.

E o mais legal é que as degustações dos rótulos acontecem em meio a natureza em uma casa de madeira super fofa.

As degustações dos rótulos na Dal Pizzol acontecem em meio a natureza
Créditos: Mala de Aventuras
As degustações dos rótulos na Dal Pizzol acontecem em meio a natureza

Dentre as experiências oferecidas, a degustação dei colori acontece ao ar livre, harmonizada com alimentos frescos e com um chapéu de palha de brinde. Outras degustações muito procuradas e a degustação às cegas e a vindima infantil, ideal para quem viaja com crianças.

Os ingressos para as visitas são adquiridos diretamente no site da vinícola. Lá você também pode obter informações sobre os outros passeios disponíveis.

Endereço: RS 431, Km 5,3, Distrito de Faria Lemos, Bento Gonçalves

3 – Chandon

Em seguida, a Chandon é uma das vinícolas para conhecer no Brasil mais famosas. Ela fica em Garibaldi, em uma das regiões mais propícias para o cultivo da uva. O forte da Chandon são os espumantes e alguns de seus rótulos já ganharam prêmios dentro e fora do Brasil.

Chandon é uma das vinícolas mais famosas do país
Créditos: Mala de Aventuras
Chandon é uma das vinícolas mais famosas do país

Infelizmente a visitação à adega da Chandon ainda se encontra fechada para o público devido a reformas. Com isso, a visitação está suspensa, mas a Chandon espera retomar as degustações muito em breve.

Endereço: BR-470 (Km 224), entre Garibaldi e Bento Gonçalves

4 – Vinícola Don Giovanni

Por sua vez, a Don Giovanni é uma das 5 vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul que oferecem hospedagem aos turistas. Imagine só dormir e acordar com vista para os parreirais…sem dúvida, uma ótima forma de começar o dia.

O clima na Don Giovanni é super romântico. Por isso, ela é indicada para casais que querem um momento especial à dois. As instalações dessa vinícola são elegantes e possuem um toque rústico – chique. Um diferencial da Don Giovanni é a pousada e seu restaurante.

Existem 5 opções de degustação na vinícola. Destaque para a degustação vertical de espumantes e a degustação de vinhos ícones. Essas e outras visitas devem ser agendadas pelo site da vinícola.

Endereço: Linha Amadeu, km 12, Pinto Bandeira.

5 – Monte Chiaro Vinhos Finos

Enfim, fechando a lista das 5 vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul, a Monte Chiaro é uma grata surpresa em Bento Gonçalves. Com administração familiar, ela é ótima para quem deseja fugir do óbvio.

A Monte Chiaro é uma das vinícolas mais recentes do Vale dos Vinhedos e eu pouco tempo ela já mostrou a que foi criada. A degustação na vinícola ocorre no terraço e você pode experimentar uvas diferentes, variedades italianas que foram trazidas pelos colonos.

A Monte Chiaro é uma das vinícolas mais recentes do Vale dos Vinhedos
Créditos: Mala de Aventuras
A Monte Chiaro é uma das vinícolas mais recentes do Vale dos Vinhedos

A vinícola conta com 2 opções de passeios. Um deles é o mais charmoso, incluindo uma ao pôr do sol com vista para o parreiral.

No site da wine locals você pode escolher qual deseja, é só clicar aqui.

O Vale dos Vinhedos é uma região recheada de vinícolas e cada uma delas possui seu charme especial e experiências distintas. Você pode aprender muito mais sobre as vinícolas no Vale dos Vinhedos e como organizar seu passeio por elas em nosso guia completo no blog.

Vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul: as melhores de Bento Gonçalves

Bento Gonçalves é uma das cidades que integra o chamado Vale dos Vinhedos e concentra grande parte das vinícolas. Com forte influência dos imigrantes italianos, Bento é a maior cidade do Vale dos Vinhedos e é conhecida como a capital brasileira do vinho.

Existem diversas vinícolas para visitar no Rio Grande do Sul e algumas delas merecem um destaque especial. Sei que é difícil conhecer todas as vinícolas de Bento, principalmente se você só tiver 2 ou 3 dias pela região. Então, para organizar seu roteiro, aconselho a selecionar algumas que não podem ficar de fora do seu roteiro.

Uma delas é a Vinícola Pizzato, conhecida por produzir um dos melhores vinhos Merlot da região.  O Grupo Miolo também vale a visita, principalmente por ser um dos maiores do país. Seu Wine Garden também é uma ótima pedida para um happy hour. A Dal Pizzol também é mais uma que eu super recomendo. As degustações são ótimas e a vinícola conta ainda com um museu.

Se quiser mais dicas de o que fazer em Bento Gonçalves, clique no link!

Vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul: as melhores de Garibaldi

A simpática Garibaldi é uma grata surpresa no Vale dos Vinhedos. A cidade é conhecida como capital dos espumantes e foi a primeira colônia fundada pelos imigrantes italianos que chegaram ao Brasil.

A chamada Rota dos Espumantes de Garibaldi conta com 17 vinícolas. Dentre elas, a Vinícola Peterlongo é parada quase que obrigatória. Ela foi a primeira a produzir espumantes no país, ainda em 1913. A visita guiada inclui a ida às instalações de produção e ao museu da propriedade. Também vale a visita à Cooperativa Garibaldi. Ela é uma das grandes do país e foi criada em 1931 por diversas famílias italianas. Hoje são cerca de 400 famílias associadas produzindo diversos rótulos. Na cooperativa Garibaldi existem diversas degustações, mas a queridinha é a que possui harmonização com chocolates.

Não deixe de visitar também a vinícola Chandon. Ela faz parte do roteiro clássico das vinícolas para visitar no Rio Grande do Sul. Ela produz diversos rótulos de espumante. Embora sua visitação esteja temporariamente suspensa para reformas, logo ela voltará a operar.

Vinícolas para conhecer no Rio Grande do Sul: as melhores de Gramado

Gramado é uma cidade famosa na Serra Gaúcha. O Natal de Luz de Gramado atrai turistas de todas as partes do Brasil e o Festival de Cinema de Gramado leva celebridades para a cidade. Além desses eventos, as fábricas de chocolate, o Mini Mundo e o Snowland movimentam Gramado o ano todo e principalmente durante a alta temporada no inverno.

E você sabia que também existem vinícolas em Gramado? Uma delas é a Casa Seganfredo. Seu diferencial é a produção ainda artesanal e a visita inclui uma aula sobre vinhos que vale super a pena. Já a Vinícola Ravanello é a mais visitada de Gramado. O que acho legal nela é que sua produção e manejo das uvas é feita de maneira sustentável.

Também de produção artesanal e familiar, a Vinícola Stopassola é outra parada imperdível. Seu vinho mais famoso é o Gota de Ouro e quem visita a vinícola costuma sair com várias garrafas.

Em parceria com Mala de Aventuras