Gol terá passagem mais barata para quem não despachar bagagem

Informar

Família brasileira viaja os EUA de van fotografando casamentos

Por: Redação | Comunicar erro

Quem não gostaria de trabalhar menos e ter mais tempo para a família, para os filhos… Viajar o mundo juntos? O casal paranaense Grasi Favoreto e Dani Correa encontrou uma forma de escapar do sistema “trabalho x férias” e viver o sonho.

O casal Grasi e Dani com o filho Otto; a família viagem pelos EUA fotografando casamentos

Eles deixaram a empresa de fotografia de casamentos em Curitiba, que exigia dedicação integral, não só nos dias da semana, mas também, e especialmente, nos finais de semana, para se aventurarem com o filho Otto, hoje com 10 anos, pelos Estados Unidos.

Em três anos foram mais de 160 mil km rodados juntos, em uma van, o tempo todo, e ainda fotografando o amor. É muito amor!

Em três anos elas já rodaram mais de 160 mil km pelos Estados Unidos numa vam

O casal de fotógrafos continua trabalhando com casamentos, mas agora, além de terem uma vida mais simples, em uma van, montaram um projeto itinerante, o “US Wedding Tour”, que proporcionam conhecerem lugares de tirar o fôlego enquanto trabalham e mais: incluindo o filho em tudo.

“A vida na van não é para todo mundo. Foi todo um processo de desapego, de adaptações, de mudança de hábitos, que nunca é fácil. Mas, ao mesmo tempo, é mais simples do que algumas pessoas pensam”, conta Grasi.

O casal já fotografou casamentos em 42 dos 50 Estados americanos

Mas engana-se quem pensa que eles ficam enclausurados dentro da van. Pelo contrário. O espaço pequeno força a família sair para o mundo e ver a vida lá fora. “Usamos a van para dormir, para guardar nossos poucos pertences, e para nos locomover. Passamos os disa juntos explorando as cidades, praias, parques nacionais, campings e quando temos que trabalhar/ estudar na frente do computador, paramos em bibliotecas públicas ou cafés”, diz

Pequeno fotógrafo

O pequeno Otto Favoreto cresceu dentro do estúdio dos pais em Curitiba rodeado de lentes e flashes e com 8 anos evoluiu das ‘toy cameras’ para a primeira maquina analógica.

O pequeno Otto cresceu dentro do estúdio dos pais em Curitiba rodeado de lentes e flashes

Hoje, ele acompanha os pais nos casamentos e suas fotos já estão entrando para as páginas dos álbuns das noivas.

“Ele fotografou mais de 40 casamentos e muitas vezes, quando o casal escolhe fotos para o álbum, aparecem fotos feitas pelo Otto também”, conta Grasi toda orgulhosa.

Otto em seu primeiro casamento

Em três anos de aventura eles já fotografaram em 42 dos 50 Estados americanos e ainda este ano pretendem completar a lista.

O casal compartilha a viagem em suas contas pessoais no Instagram: @rocker_in_love, @ottofavoreto e @dani.rocker.

Compartilhe: