Dicas do que fazer nos bairro de Manhattan, em Nova York

Gotham, Big Apple. Você pode saber todos os nomes de Nova York, saber seus apelidos mais íntimos, e mesmo assim essa cidade ainda irá te surpreender.

Nova York é enorme, e cada vizinhança é diferente da outra. Times Square e Brooklyn são tão diametralmente opostas que parecem duas cidades distintas. E há há sempre algo novo em Nova York: o melhor restaurante do mundo que acabou de abrir as portas. Um novo bairro up-and-coming.  Um baita festival.

No post de hoje, nós do blog de viagens  Juju da Trip reunimos os programas e lugares  em NY que a gente mais adora, e que você não pode deixar de conhecer.

E pra você conseguir se localizar, aqui vai uma rápida passagem pela geografia de Nova York  A cidade  é formada por cinco “boroughs” (distritos): Manhattan, Brooklyn, Queens, Bronx e Staten Island.

E Manhattan por sua vez se divide em três grandes áreas: Uptown, Midtown, e Downtown. E essas três áreas são separadas em bairros: Soho, Times Square, Upper East Side, etc.

captura-de-tela-2018-06-26-as-17-14-47

Como chegar em Nova York

A  Avianca tem voos pra NY saindo todos os dias de São Paulo e Rio de Janeiro , com ótimas tarifas (veja aqui os valores de passagem). Nosso voo com a companhia foi muito bom, e vi vários pontos positivos: 1) a cadeira da econômica , além de reclinar o encosto, também  desliza um pouco o assento,  e aí a sensação de espaço e o conforto são maiores, 2) os comissários e toda a equipe são muito gentis, 3) os voos nacionais tem tevê na poltrona e lanchinho caprichado, 4) foram super pontuais.

O que  fazer em NY Uptown

Agora vamos ao que fazer. Primeiro, em Uptown: essa é a área mais chique de NY, e que tem ótimos museus e galerias de arte.  Começando na rua 59 em direção ao sul, Uptown divide-se em Upper East Side, onde moram as famílias quatrocentonas bem ricas, e Upper West Side, onde junta-se um quê artístico a uma vizinhança não menos influente. Os lugares que você não pode perder por aqui são:

  • As avenidas mais luxuosas são a 5 ave e a  Madison, com suas lojas de grifes e prédios de porteiros uniformizados como nos filmes. É o endereço de Prada, Gucci, Armani, Donna Karan, Bloomingdale’s, Barney’s.
  • Outras atrações que também merecem uma vista em Uptown são o Lincoln Center, o megaedifício do Time Warner Center e o Carnegie Hall.
  • Em Upper East Side também fica o fica o Central Park e o Metropolitam Museum, além da Museum Mile, uma região que reúne dezenas de galeria de arte (fica na 5a Avenida, entre a 82th e a 105t street).
  • Rooftop: se quiser um clássico de NYC, vá ao do Empire Hotel.
  • Para jantar, tem o japonês Sushi of Gari, o vegetariano Candle 79, o o te francês Daniel.

Dica: para circular no Central Park, recomendo alugar uma bike que não seja a pública. Explico:  a Citi Bike custa US$ 12 por dia, mas só pode usar meia-hora. Se passar desse tempo, paga mais US$4 a cada 15 minutos. Se quiser ficar pelo Central Park sem pressa, alugue numa loja, que US$10 por duas a três horas.

dicas de ny
Crédito: Juju na TripAlugar uma bike e passear pelo Central Park: tem que fazer em NY

O que fazer em Midtown

Midtown começa na rua 59 e vai até a 34th. Além da Times Square e da Broadway, algumas atrações por aqui que merecem a sua visita:

  • Grand Central, na rua 42 com a Park Avenue: a estação é um hub para toda cidade, e é linda!
  • Bryant Park: além do parque (que ganha pista de patinação em dezembro), aqui fica a Biblioteca Pública de Nova York, com seu lindo salão no último anda
  •  MoMA: o Museu de Arte Moderna tem um acervo contemporâneo com mais de 15o mil obras, e é um dos meus preferidos (junto com o Whitney Museum, em Downtown). A dica pra economizar é ir às sextas-feiras no final do dia, quando a entrada é gratuita.
  • St. Patrick Cathedral: um exemplar belíssimo de arquitetura gótica, essa categral suntuosa fica na 5 ave.
  • T2 – é uma loja incrível de chás, que fica no Rockfeller Center, que por sua vez também vale a visita.
  • Empire States: o arranha-céu de 102 andares tem uma vista incrível, e é cartão-postal da cidade.
  • Clique aqui para saber como comprar ingressos pra Broadway sem IOF e parcelando no cartão
o que fazer em NY Midtown
Crédito: Juju na TripT2: loja de chás diferentona no Rockfeller Center

O que fazer em Downtown

Essa é um região de prédios mais baixos e vida mais descolada. Eu curto muito essas bandas de NY. É meu lado preferido.

  • Soho: Amamos! Além de compras na Broadway, vá em 3 cafés: Mariebelle, Little Cupcake Shop e Maman. E na Dean&DeLucca Bakery. E explore as ruazinhas que cortam a Broadway, Prince e Spring Street.
  • Greenwich: De dia é uma graça, e de noite é uma festa! Aqui, recomendamos ir na MacDougal Street, na Magnolia Bakery, na Washington Square (de noite a praça é uma festa!) e na Bleecker Street.
  • Rooftop: Gallow Green (Chelsea) é ótimo e , para subir, é de graça.
  • Chelsea e Meatpacking: vá ao Chelsea Market, siga pela Highline (um antigo viaduto abandonado que virou atração turística com jardim suspenso) e no Whitney Museum.
Crédito: Juju na TripDowntown NY: Soho e Greenwich tem prédios baixinhos e um clima cool

O que fazer em Williamsburg e Dumbo

Esse é o lado mais hispter de New York. A área que por décadas permaneceu no limbo ressurgiu com dezenas de cafés, hoteis descolados e ateliês. Por aqui, vale:

  • Conhecer o rooftop no Hotel Mythe, em Williamsburg. E de preferência ir para essas bandas num sábado, que é quando acontece a feira de comida Smorgasburg e tudo fica ainda mais festivo
  • Terminar o dia nos gramados de Dumbo, onde fica a Ponte do Brooklyn ( e atravessá-la a pé, de graça)
  • Clique aqui para ver  hotéis em Williamsburg e Dumbo.

Como ficar conectada em NY

A gente usa sempre o chip a Easysim4u. A empresa é revendedora da T-Mobile, que tem conexão ultra rápida. E o melhor é que o chip é entregue configurado no seu endereço no Brasil. Daí é só desembarcar e colocar no celular que ele funciona.

Seguro viagem em NY

Recomendo sempre contratar um seguro viagem para os EUA, já que não há saúde pública no país, e o atendimento privado é caríssimo. Para essa viagem, contratamos o da GTA, e tudo correu bem.

Dicas para economizar
-Táxi em NY é muito caro, prefira o Uber.
-Para ir do aeroporto para o seu hotel, prefiro o transfer compartilhado (você pode reservar seu lugar pelo site do weplann, pagando em R$, sem IOF, e parcelando no cartão)

Siga o Juju na Trip nas redes sociais: instagram e youtube.

Em parceria com jujunatrip

O Juju na Trip é um blog de viagens que mostra as aventuras de uma família pelo mundo curtindo o melhor da vida. Por Gabriela Temer, Rico Sombra e Juju (a filhota!).

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Juju na Trip

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.