Hostel em SP abre as portas para quem quer tirar uma soneca

Did's Hostel, na região da Paulista, oferece duas opções de soneca para quem estiver precisando descansar um pouco

Por: Redação | Comunicar erro

Quem nunca quis tirar uma soneca de pelo menos meia hora depois do almoço que atire a primeira pedra. Voltar ao expediente tem hora que é bem complicado, principalmente se a noite anterior foi de festa. Era assim que Giovana Olivares estava no dia 15 de fevereiro, quando resolveu ir até um hostel próximo ao seu trabalho e dormir “para dar uma revigorada”.

Ela aproveitou o serviço recém lançado pelo Did’s Hostel, que permite agora que não-hóspedes aproveitem a estrutura de camas da casa para tirar uma soneca de 30 minutos ou 1 hora.

Hostel
Crédito: DivulgaçãoEm uma região repleta de escritórios, hostel aposta em atrair aqueles que gostam de tirar um cochilo depois do almoço

“Estamos em uma área de muitos escritórios e a gente sabe que muita gente gostaria de comer rapidinho e dar uma descansada antes de voltar a trabalhar”, detalha Helena Ruffato, sócia do hostel e idealizadora da ideia. O mesmo hostel, no fim do ano passado, já tinha aberto suas portas para quem por algum motivo precisa de um banho no meio do dia e não pode ir até em casa, focado bastante nos ciclistas que pedalam para trabalhar na região.

“Fiquei sabendo da possibilidade de tirar uma soneca quando fui em um dos happy hours que o hostel promove. Eles sabiam que eu trabalhava na região e me falaram que estavam lançando o serviço”, explicou Giovana. A jovem que mora no Tatuapé, na zona leste da capital, e trabalha em um banco na Avenida Paulista, tinha comemorado seu aniversário na noite anterior e, pela dificuldade em se locomover pela cidade, as horas de sono não foram suficientes.

Hostel
Crédito: DivulgaçãoO hostel oferece duas opções de soneca para quem estiver precisando descansar um pouco

O hostel oferece duas opções de soneca para quem estiver precisando descansar um pouco. Para quem quer dormir meia hora, são R$ 10; já para quem quer ter uma hora completa de sono o valor é de R$20. Nesse valor já está inclusa a roupa de cama, caso a pessoa precise de um cobertor, aí é cobrado um valor a parte.

“Buscamos sempre criar coisas novas para nosso negócio e ocupar esses momentos que temos de camas ociosas é bom para o hostel além de ser um serviço interessante para quem trabalha ou está passando pela região e, por algum motivo, precisa descansar um pouco”, explica a hosteleira que também permite que os clientes levem sua comida e aqueçam na cozinha do hostel.

A disponibilidade do serviço está condicionada à lotação do hostel, sendo possível tirar uma soneca apenas quando a casa tiver camas livres. Quem quiser saber mais detalhes é só entrar em contato com o hostel pelas redes sociais, reservar sua cama e curtir uma boa e merecida soneca.

Por Diego Bonel, do site Brasil Hostel News

1 / 8
1
05:46
Os melhores tipos de música que ajudam na gravidez
A partir do sexto mês de gestação, a criança já tem audição definida. Quais são os estímulos e efeitos que as …
2
03:26
Frota reconhece uso de ‘fake news’ na eleição de Bolsonaro
Na última edição do Roda Viva, da TV Cultura, o deputado federal Alexandre Frota (PSL) revelou que sabia sobre o …
3
04:24
Jatinhos: Bolsonaro ataca Huck, mas não fala nada de Hang
Após receber críticas de Luciano Hulk, o presidente Jair Bolsonaro resolveu mostrar o financiamento que o apresentador  recebeu do BNDES …
4
04:15
Bolsonaro recuará na indicação de Eduardo para embaixada ?
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admite, pela primeira vez, que existe a possibilidade dele não indicar seu filho, o deputado …
5
02:29
Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas
Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via …
6
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
7
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
8
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …