Intercâmbio na Coreia do Sul é opção para jovens brasileiros

Novas turmas da multinacional EF começam em dezembro de 2019

Por: Redação

Planejando fazer um intercâmbio? Que tal incluir Seul, na Coreia do Sul, na sua lista? Super desenvolvida, com a internet mais rápida do mundo e pontos turísticos curiosíssimos, a capital sul-coreana pode ser uma grata surpresa para quem deseja estudar fora.

Crédito: Undefined undefined/iStockContrastes da megalópole asiática Seul, capital da Coreia do Sul 

O destino é um dos 52 oferecidos pela EF, multinacional sueca de intercâmbio. O programa que levará jovens de 13 a 17 anos para a Coreia do Sul terá seis semanas de curso intensivo de coreano, iniciando em dezembro de 2019, dentro da escola EF em Gangnam, onde também há uma residência estudantil.

Além dos estudos, os adolescentes também poderão aproveitar semanas de diversão, participando de atividades opcionais promovidas pela EF, como festas na escola, karaokê, gincanas.

Crédito: SeanPavonePhoto/iStockRua no distrito de Myeong-Dong, uma das áreas mais movimentadas de Seul

O pacote também inclui city tours, que apresentarão a beleza e a história de Seul em passeios por lugares como o Memorial da Guerra, Itaewon (bairro mais caro da capital), o Dongdaemun Design Plaza, uma incrível construção que abriga um museu, lojas, galerias e exposições, e claro, a famosa N-Tower, que apresenta uma vista panorâmica da cidade, com 236,7 metros de altura.

Mais informações em www.ef.com.br.