Miniguia ajuda explorar 5 dos melhores parques nacionais do país

Por: Redação | Comunicar erro

Por Eduardo Cordeiro, da Garupa

Trilhas, cachoeiras (ou Cataratas!), construções históricas e até pinturas rupestres. Aproveite as férias de julho pra conhecer cinco dos melhores parques nacionais brasileiros, que preservam atrações inacreditáveis!

 

Parque Nacional do Iguaçu (Foz do Iguaçu, PR)

Um cânion circular com 275 quedas-d’água, num total de 2,7 km de extensão, na fronteira entre o Brasil e a Argentina. Esse é o cenário das Cataratas do Iguaçu, observadas de perto a partir do bem-cuidado parque nacional. Um ônibus parte do Centro de Visitantes e leva até a passarela de 1,2 quilômetros, com vistas panorâmicas espetaculares. 

As atrações imperdíveis

Caminhar pela passarela que leva às Cataratas é básico. Outra atração imperdível é o Macuco Safári – no passeio pelo Rio Iguaçu, pura emoção, as embarcações passam bem perto das quedas (todo mundo sai molhado!). Uma vez por mês, na Lua Cheia, o parque promove o Luau das Cataratas, inesquecível visita noturna ao conjunto de quedas. 

Veja também

Aproveite que está na tríplice fronteira e faça uma visita ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina, para ver as Cataratas por outros ângulos. Ele fica na cidade de Puerto Iguazú, que tem bons restaurantes. Ciudad del Este, no Paraguai, é destino de compras. 

Acesso

O parque fica na rodovia das Cataratas, a 17 quilômetros do centro de Foz.

 

Parque Nacional da Tijuca (Rio de Janeiro, RJ)

O parque já foi área de plantação de café. Reflorestada, a região virou área de preservação em 1961, para proteger os mananciais da cidade. São 4 núcleos: Floresta da Tijuca, Pedra da Gávea, Pretos Forros/Covanca e Serra da Carioca, o mais visitado.

As atrações imperdíveis

O núcleo Serra da Carioca é imbatível, com os cartões-postais Mirante Dona Marta, Vista Chinesa e Cristo Redentor. Para caminhar, siga aos núcleos Pedra da Gávea ou Floresta da Tijuca, onde fica a sede. São mais de 100 trilhas, como as que levam às Pedras Bonita e da Gávea. Para a maioria delas, como a que parte do Parque Lage e leva ao Corcovado, é preciso contratar guia (peça indicação na sede). 

Veja também

A nova Trilha Transcarioca, que cruzará toda a cidade num percurso de aproximadamente 180 km, tem cerca de 50 km sinalizados dentro do parque, divididos em 8 trechos – você encontra todos os detalhes no site transcarioca.wikiparques.org.

Acesso

A Estrada das Paineiras, a partir do bairro Cosme Velho, é o melhor caminho para chegar ao setor Serra da Carioca (para o mirante Vista Chinesa, também é possível seguir pela Estrada Dona Castorina, no Jardim Botânico). Para chegar à sede, no setor Floresta da Tijuca, há dois acessos: pela Barra, por meio da Estrada das Furnas; ou a partir da Tijuca, pela Estrada Edson Passos, sentido Alto da Boa Vista.

 

Parque Nacional da Serra da Canastra (São Roque de Minas, MG)

Criado em 1972 para preservar a nascente do Rio São Francisco, tem como paisagem predominante os campos de vegetação rasteira, perfeitos para a observação de animais como o pato-mergulhão (símbolo da Canastra), o tamanduá-bandeira e o lobo-guará. Várias cachoeiras despencam em rios de água transparente.

As atrações imperdíveis

O cartão-postal do parque é a cachoeira Casca d’Anta, com 186 metros de queda. Dá para observá-la por cima (entrada pela portaria São Roque) ou por baixo (pela portaria Casca d’Anta, em São José do Barreiro). Outra cachoeira impressionante é a do Fundão, com 90 metros de queda.

Veja também

A Fazenda Agro-Serra, próxima da portaria São Roque do parque, produz e vende o famosíssimo (e delicioso) queijo canastra, considerado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como Patrimônio Cultural Imaterial brasileiro.

Acesso

São Roque de Minas, cidade-base para conhecer a Serra da Canastra, fica a 320 quilômetros de Belo Horizonte. A estrada que corta o parque, assim como o acesso para a maioria das atrações, é ruim, recomendada apenas para veículos 4×4. A companhia de um guia torna os passeios mais seguros.

 

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (Alto Paraíso de Goiás, GO)

Declarado pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial, tem cachoeiras e formações rochosas que enlouquecem os visitantes – além de animais como tamanduás, veados e lobos-guarás, que podem aparecer pelo caminho. Quatro trilhas são abertas ao público: Salto do Rio Preto e Cachoeira do Garimpão; Cânion 2 e Cachoeira das Cariocas; Travessia das Sete Quedas; e Trilha da Seriema, perfeita para caminhar com crianças.

As atrações imperdíveis

A trilha que leva ao Cânion 2 do Rio Preto e à Cachoeira das Cariocas tem 5 quilômetros, só de ida. As recompensas são um ótimo poço para banho, cascatas e uma praia de areia branquinha. Outra caminhada que não pode ficar do fora de seu roteiro é a que dá acesso ao Salto do Rio Preto e à Cachoeira do Garimpão, outras atrações-símbolo da Chapada. As duas trilhas devem ser feitas com guia.

Veja também

A cidade de Alto Paraíso de Goiás, uma das bases pra visitar a região, é cercada por minas de cristais – o que lhe rende um certo ar místico, alimentado por lojas de artigos esotéricos, centros de meditação e histórias sobre extraterrestres.

O acesso

A portaria do parque fica a 1 quilômetro da vila de São Jorge, distrito de Alto Paraíso de Goiás. A capital mais próxima da Chapada é Brasília, a 230 quilômetros.

 

Parque Nacional da Serra da Capivara (São Raimundo Nonato, PI)

A enorme concentração de pinturas pré-históricas, entre 6 e 12 mil anos, rendeu ao lugar o título de Patrimônio Mundial Cultural pela Unesco. A paisagem é espetacular, com cânions e serras que guardam mais de 1200 sítios arqueológicos (170 são abertos para visitas).

As atrações imperdíveis

Quatro circuitos, que devem ser percorridos de carro, dividem as atrações. O mais impressionante deles é o Baixão da Pedra Furada, com pinturas gravadas num paredão com cerca de 100 metros de altura – você observa os desenhos ao caminhar por passarelas.

Veja também

As peças de cerâmica produzidas na Serra da Capivara são famosas em todo o país. Copos, pratos, travessas, xícaras e outros utilitários, além de peças de decoração, podem ser encontrados no Centro de Visitantes do parque, no centro de São Raimundo Nonato e no Museu do Homem Americano.

O acesso

O parque fica a 40 quilômetros de São Raimundo Nonato, que fica a 500 quilômetros de Teresina. O aeroporto da Serra da Capivara recebe voos da capital duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras.

Leia mais sobre a Serra da Capivara aqui

Texto publicado originalmente no site da Garupa em 08/07/2016

 

Viajar pode fazer mais. Por você e pelos lugares que visita. Este é o lema da Associação Garupa, Organização Social de Interesse Público (OSCIP) que trabalha com o turismo sustentável como ferramenta para promover distribuição de renda e preservação de riquezas naturais e culturais do Brasil. A Garupa atua no apoio a comunidades e iniciativas em três frentes: por meio de consultoria para campanhas de crowdfunding, da realização de Expedições Garupa ou da divulgação de experiências sustentáveis através do Guia do Brasil Autêntico.  

Compartilhe:

1 / 8
1
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
2
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
4
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
5
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
6
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
7
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
8
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …