Últimas notícias:

Loading...

Monte Verde também é destino para quem gosta de fazer trilhas; confira

Vilarejo mineiro tem diversas opções de trilhas, todas em meio a Serra da Mantiqueira e com um visual deslumbrante

Por: Redação

Monte Verde vai muito além de um destino romântico. O distrito de Camanducaia (MG) é também lugar para quem gosta de aventura.

O vilarejo mineiro oferece diversas opções de trilhas –de nível fácil a avançado, todos em meio a Serra da Mantiqueira. A única exceção é a trilha do Pinheiro Velho, que fica no centrinho de Monte Verde.

Crédito: Eduardo AndreassiMonte Verde tem opções de trilhas para todos os níveis

Para chegar ao início das demais trilhas é necessário ir de carro. São aproximadamente 3,5 km de estrada, em sua maior parte de terra.

Para a maior parte das trilhas, não há a necessidade do acompanhamento de um guia, já que são sinalizadas, mas há diversas empresas em Monte Verde que oferecem passeios guiados em 4×4 até lá.

Crédito: DivulgaçãoMapa mostra as principais trilhas do vilarejo de Monte Verde, em Minas Gerais

Confira abaixo as principais trilhas da região:

Trilha do Pinheiro Velho

De todas as trilhas que podem ser feitas em Monte Verde, esta é a de acesso mais fácil.

O caminho possui cinco pontos de partida espalhados pelo centro do distrito e o principal deles fica bem em frente à fábrica de chocolates Gressoney. De lá até o pinheiro são pouco mais de 200 metros de caminhada.

Ao final da trilha está o Pinheiro Velho, uma araucária de cerca de 500 anos e aproximadamente 1,70m de diâmetro.

Chapéu do Bispo

Seguindo pela Av. das Montanhas, você chegará ao estacionamento e ao portal que marca o início das trilhas da Pedra Redonda e Pedra Partida. Um pouco antes do Portal, há uma entradinha sinalizada com placas que indicam o caminho para o Chapéu do Bispo e Platô.

Tanto o Platô quanto o Chapéu do Bispo são trilhas de fácil acesso.

A Trilha Chapéu do Bispo recebe este nome porque o ponto final é uma pedra que lembra um chapéu de bispo. O caminho tem cerca de 700 metros e pode ser percorrido tranquilamente em uma hora.

Para chegar à Pedra do Chapéu do Bispo é bem fácil. Para subir no topo da pedra é necessário ter habilidade e força suficiente para escalar. Há uma barra de ferro pra ajudar, mas nem por isso a tarefa é simples.

Platô

Seguindo um pouco mais à frente do Chapéu do Bispo, por um caminho bem fácil está o Platô.

Para quem quer uma rota alternativa e mais aventureira, pode chegar ao Platô por uma trilha que se inicia no final da Rua das Mantiqueiras. O Platô é uma grande rocha plana onde se tem uma vista linda de toda a região. Dá pra ver até São José dos Campos lá do alto!

Pedra Redonda

Esta é a trilha mais famosa de Monte Verde e o melhor: seu acesso também é fácil. Todo o percurso tem cerca de 1 km e pode ser feito em 1h30. No alto da Pedra Redonda a vista panorâmica é incrível!

Dica: o entardecer na Pedra Redonda é algo inesquecível! Caso você queira ficar até o por do sol, leve uma lanterna para a volta.

Publicado por Monte Verde – Hotéis e Pousadas en Martes, 30 de abril de 2019

Pedra Partida

Esta trilha já é um pouco mais difícil e cansativa que as outras. O desvio para a Pedra Partida fica no meio da trilha da Pedra Redonda e é sinalizado, assim como todo o restante do percurso.

O caminho de ida e volta até a Pedra Partida tem aproximadamente 1,6 km e leva em torno de três horas.

Como não poderia ser diferente, a vista da Pedra Partida também é linda. Lá do alto é possível ver o horizonte em 360º e identificar a Pedra do Baú, que fica em território paulista.

Pico do Selado

Quem fez garante que esta é a melhor e mais bonita trilha de Monte Verde. Considerada de nível difícil, a trilha tem cerca de 4 km, dura em média de quatro a cinco horas. O caminho até o Pico do Selado não exige muita técnica, o que pega mesmo são as subidas.

Onde ficar

Hotel Saint Michel é um verdadeiro refúgio.  Com aconchegantes apartamentos, além de belos chalés privativos, o hotel também oferece opções de hospedagem para um número maior de pessoas, incluindo acomodações com dois ou três andares. Há varandas, lareira, ofurô, hidromassagem dupla e produtos L’Occitane.

A propriedade conta com estrutura para total relaxamento e lazer. Academia e uma sala de leitura são algumas das atividades oferecidas para os hóspedes. A piscina coberta e aquecida é ideal para os dias de baixas temperaturas.

A área dedicada para as crianças disponibiliza charmosa brinquedoteca que de forma lúdica diverte as mais variadas faixas etárias. Vídeo game, livros e diversos brinquedos são algumas das opções de entretenimento para os pequenos. O contato com a natureza que rodeia a propriedade também é uma atração à parte.

O Saint Michel também oferece o melhor da gastronomia mineira com toques de cozinha internacional.  As fondues são destaques e combinam perfeitamente com o clima local, garantindo sabores marcantes para os visitantes. O chá da tarde é uma tradição com quitutes locais.