Mickey faz 90 anos e ganha em exposição em Nova York

Informar

Mulheres listam 5 lugares para viajar sozinha

Por: Guichê Virtual | Comunicar erro

Uma em cada sete mulheres brasileiras vai viajar sozinha para algum destino do Brasil, segundo informações do Ministério do Turismo sobre os próximos meses de 2017.

Ao que tudo indica essa já é uma realidade das brasileiras. O Guichê Virtual, por exemplo, constatou esse fato tanto pela procura de passagens de ônibus online pelo público feminino, como pelas sugestões recebidas em um grupo famoso do Facebook, chamado Mochileiros.

As mulheres da rede social nos ajudaram a listar cinco lugares para viajar sozinha. Confira a lista:

1- Bonito (MS)

A carioca Raquel do Carmo Sampaio, 33 anos, nos indicou a cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Já escrevemos algumas vezes sobre o lugar –e também sobre Nobres, um recanto tão paradisíaco quanto Bonito.

A jovem explica porque resolveu fazer a viagem até o Centro-Oeste. “Eu escolhi Bonito, porque tenho preferência por viagens que me coloquem em contato com a natureza. Tirei férias em fevereiro e há alguns meses vinha pesquisando alguns destinos. Como a passagem e hospedagem estavam com um bom preço, achei que era o momento perfeito para conhecer Bonito”, conta Raquel.

Como foi viajar sozinha?

A cidade tem uma infinidade de opções. Ficar sozinha não foi problema porque durante os passeios tem pessoas de todos os lugares e idades, você acaba conversando e interagindo bastante.

Onde ficar- No Che Lagarto. O hostel é excelente e depois de um dia de passeio eu já ficava feliz de ficar na área da piscina batendo papo com outras pessoas.

Como chegar de ônibus – A Viação Cruzeiro do Sul faz a rota entre Campo Grande, a capital do Mato Grosso, até Bonito, são aproximadamente 300 km. Veja algumas rotas aqui.

2 – Inhotim (Brumadinho, MG)

O Instituto Inhotim é considerado o maior museu de arte contemporânea a céu aberto do mundo

Raquel ainda conta que o ponta pé inicial para começar a viajar sozinha foi quando conheceu o Inhotim, parque botânico e cultural, localizado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte. Veja aqui como chegar até lá.

“Você precisa de dois dias para conhecer o museu inteiro, é um passeio maravilhoso. Um lugar mágico! Eu estava muito fascinada e feliz por fazer tudo no meu ritmo. Gosto muito de viajar acompanhada, mas no Inhotim eu me senti bem sozinha, porque não tinha ninguém para reclamar de fome, sede, cansaço, calor, dor no pé… e eu andei muito, muito mesmo! É o tipo de lugar que voltarei sempre que puder”, revela Sampaio.

Como chegar de ônibus – A Viação Saritur têm ônibus especiais que saem de Belo Horizonte até o Instituto Inhotim, em Brumadinho.

3 – Cambará do Sul (RS)

Vista panorâmica do Cânion Itaimbézinho

Uma das histórias que se repetem pelas mulheres ao serem questionadas sobre os motivos pelos quais elas viajam sozinhas é a vontade de se conhecer melhor embarcando para um destino diferente, como é o caso da paulistana Aline Rodrigues, de 29 anos.

Aline revela que gostaria de realizar alguns desejos antes de completar 30 ano de idade. E escolheu Cambará do Sul e outros destinos da Serra Gaúcha para completar o roteiro e viajar sozinha. Ainda em planejamento, a expectativa dela é alta. A paulistana irá contar sua experiência pela região em seu blog, Uma Sul Americana.

Cambará do Sul é a porta de entrada de importantes parques nacionais: Aparados da Serra e da Serra Geral. O que surpreende no local são os cânions, alguns paredões tem aproximadamente 900 metros de altura, com 7 km de extensão. Além disso, o local é permeado de vegetação de Mata Atlântica, rios e cachoeiras.

Continue lendo a matéria no blog do Guichê Virtual.

Quer receber mais dicas de viagem? Então curta nossa página no Facebook, siga no Twitter e veja nossas fotos no Instagram.

Mochileiros dão dicas para viajar pelo mundo com pouco dinheiro

Compartilhe: