Natureza, cidade e qualidade de vida: o trio perfeito de Vancouver

Por: Redação | Comunicar erro

Parques, lagos, montanhas, praias. Só a natureza já bastaria para considerar Vancouver uma das cidades mais incríveis do Canadá. Mas ela ainda tem uma vida noturna agitadíssima e um ambiente cosmopolita. Tudo isso, claro, em meio à qualidade de vida canadense, uma das melhores do mundo.

Seja para incluir no roteiro em um mochilão pelo Canadá ou para fazer um curso de inglês, Vancouver vale muito a pena. Anote as dicas do Dubbi, plataforma colaborativa de viajantes, e planeje sua viagem.

Onde ficar

shutterstock-Cred-Steve-Rosset
Localizado no coração da cidade, o Canada Place é um lugar essencial para sentir a pulsação de Vancouver, com dezenas de ótimas opções de cafés, bares e restaurantes

Tente procurar vaga nos bairros de Yaletown, Kitsilano, Commercial Broadway, Nanaimo ou Burnaby. São todos fora do centro da cidade, mas dotados de ótima infraestrutura. E, o melhor, o transporte público no Canadá funciona de maneira impecável, então é fácil chegar até os principais lugares de Vancouver.

Em família

O Canadá, por ser um dos países que mais recebe estudantes e viajantes, tem uma tradição muito grande em “homestay”, ou estadia em casa de família. Tiago Imperatori, de Lajeado, indica esse estilo de hospedagem para ter uma experiência canadense mais autência. “O aprendizado, o contato com a língua, e a cultura local ficam mais intensos”, afirma. Para não perder tempo procurando, muitas escolas de idiomas já oferecem esse serviço.

Escolas de idioma

Existem muitas boas escolas em Vancouver, mas é interessante optar por escolas que ofereçam algo a mais (além daquelas que contam com um preço acessível, claro). A CSLI, por exemplo, segundo a viajante Camila, dá a opção de escolher se a pessoa quer ter aula na sexta-feira ou se prefere sair com os professores e os alunos da escola por Vancouver. “É ótimo, você conhece mais gente e aprende muito mais”, garante.

Brasileiros

Encontrar brasileiros é sempre bom, para matar a saudade do idioma e fazer novos amigos. No entanto, isso pode ser um ponto negativo para quem for para lá estudar inglês, como observou a viajante Isabella Machado, de Itajaí (SC). “Acaba saindo muita conversa em português”. Portanto, tente não prolongar as amizades com brasileiros e vá em busca de falantes de ingleses nativos.

O que fazer

Hidroavião

shutterstock-hidroaviao
Fazer um passeio de hidroavião é uma ótima opção para ver as belezas de Vancouver do alto

Vancouver é toda banhada por água, proveniente oceano Atlântico e do rio Fraser, o maior da Columbia Britânica. Por isso, ao andar pela cidade é muito comum ver o movimento de hidroaviões, pousando e alçando voo a todo instante. Empresas como a Harbour Air e Whistler Air oferecem serviços aéreos variados, que incluem piqueniques à beira de lagos, passeios próximo à cidade e até mesmo ida para Victoria.

Canada Place

Localizado no coração da cidade, é um lugar essencial para sentir a pulsação de Vancouver, com dezenas de ótimas opções de cafés, bares e restaurantes. Inaugurado há 30 anos, o prédio ganhou fama por apresentar uma arquitetura inovadora, inspirada em um gigantesco transatlântico. A impressão de estar navegando se torna ainda mais real pois ele está banhado por água praticamente em toda sua extensão. Outra grande atração são as salas de cinema IMAX, com telas cerca de dez vezes maiores que as tradicionais.

Parques

stanley park totem pole
Crédito: Serg MyshkovskyO Stanley Park é o maior parque urbano no Canadá e terceiro maior na América do Norte

Vancouver também tem ótimas opções de parques. O Stanley Park, ao lado do Canada Place, é um dos cartões-postais da cidade, pois foi o primeiro parque urbano. Alugue uma bicicleta para explorar a área verde repleta de jardins, monumentos e esculturas.  Lá dentro também está o Vancouver Aquarium, com mais de 70 mil animais, com destaque para baleias-brancas, golfinhos e lontras. O Lynn Canyon Park, em North Vancouver, é para o viajante que busca boas trilhas. Pontes suspensas, cachoeiras e lugares para um mergulho não faltam por lá.

Vida noturna

A viajante Raquel Teixeira, de São Paulo, morou lá um ano e explorou boa parte da vida noturna. Ela indica dois pubs: Lamplighter, muito frequentado por canadenses, e o Blarney Stone, pub irlandês com música típica. E três baladas: Roxy, Fórum, Caprice e AuBar.

Compartilhe:

1 / 8
1
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
2
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
4
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
5
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
6
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
7
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
8
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …