Neuquén, no sudeste da Argentina, a capital mundial do rafting

Oito surpresas e uma certeza, na conquista do heptacampeão brasileiro de rafting, no Campeonato Mundial 2018, na Argentina

Por: Viramundo e Mundovirado | Comunicar erro

Surpresa nº1 – Aeroporto de Neuquén, Argentina, 4 de novembro. Na sala de desembarque um enorme cartaz mostra quatro rafters desafiando fortes corredeiras. O painel é alusivo ao Campeonato Mundial de Rafting que vai se realizar no rio Aluminé, nessa província argentina. É por isso que estou aqui.

Um olhar mais atento, porém, vai revelar que a foto retrata brasileiros enfrentando um rápido, prá lá de agitado. Penso: que bela deferência os ‘hermanos’ fazem ao Brasil. Mais tarde, porém, fico sabendo que é o reconhecimento pela habilidade e força de nossos atletas nesse esporte.

Viramundo e Mundovirado
Crédito: viramundo e mundoviradoR4 Brasil no WRC Rio Alumine 2018, Argentina

Surpresa nº2 – Na van em direção à Villa Pehuenia, sede da competição, e a 310 km da capital, estamos com outros jornalistas estrangeiros e juízes da competição. Muitos querem saber por que os brasileiros são tão bons nesse esporte que deve ganhar status olímpico em 2028. Fico sabendo que os brasileiros são a bola da vez, ou seria o ‘remo da vez’ a serem vencidos. Nossos rafters são referência mundial em diversas modalidades desse esporte. Caramba!! E eu não sabia disso! Você sabia?

Villa Pehuenia
Crédito: viramundo e mundoviradoLagos Aluminé e Moquehue, Villa Pehuenia

Surpresa nº3  – Villa Pehuenia e Aluminé são pequenas cidades cercadas por cenário majestoso. De um lado a cratera semidestruída do vulcão Batea Mahuida, após tremenda erupção há milhares de anos, do outro os lagos Aluminé e Moquehue. Não sei se exagero, mas do alto essa região me faz pensar como seria a paisagem do Rio de Janeiro em épocas remotas, devido às semelhanças geográficas com a Bahia da Guanabara.

As ruas dessas vilas são arborizadas e a maioria das casas é de madeira em estilo montanhês. Prometem em seu interior um encontro com sonhos e delícias. Tudo na cidade desperta interesse: uma loja, um restaurante ou uma pousada. De qualquer lado as montanhas são visíveis e se harmonizam por trás das casas. Os ventos trazem um aroma doce, de flores ou frutas.

Neuquén
Crédito: viramundo e mundoviradoPrimavera em Neuquén

Surpresa nº4 – Inverno, Primavera, Verão e Outono. Essa região neuquina reserva belezas a cada época do ano. No outono, as montanhas se enfeitiçam com as tonalidades vermelho, laranja e amarelo de suas árvores. O inverno traz a neve que cobre os campos com um manto liso, ótimo para esquiadores no Parque de Neve Batea Mahuida, centro de esqui dirigido pelos mapuches. Verão e primavera, épocas que as árvores frutíferas e os campos explodem de flores, e torna-se uma das capitais argentina de aventura. Se prepare porque a adrenalina ali corre solta nos trekkings, raftings, cavalgadas, rapel, bikes, ….

Neuquén se apresenta para o turismo brasileiro e oferece além de toda sua beleza e hospitalidade, uma saborosa gastronomia patagônica, o encanto do novo, do desconhecido, de um destino a ser desvendado. Isso sem falar que em ali foram encontrados os fósseis de gigantescos dinossauros.

Rio Aluminé, Argentina
Crédito: viramundo e mundoviradoRio Aluminé, Villa Pehuenia

Surpresa nº5 – Rio Aluminé. Águas turbulentas aceleradas por causa do degelo na primavera, fluindo entre rochas e com trechos em desnível constante de 150 metros durante 12 quilômetros. No tramo da competição, possui uma série de 15 rápidos com graus II, III, e IV plus, que é cenário para a maioria das modalidades da competição, entre elas o Sprint contrarrelógio, o H2H um contra um, e Down River numa extensão de 15 km. A modalidade Slalom (com obstáculos) uma das mais apreciadas pelos esportistas se realiza no rio Ruca Choroy que oferece condições pra lá de difíceis.

O perigo em ambos rios também reside na desconcentração do rafter ao admirar a beleza de suas margens ladeadas por sauces (chorões).

Campeonato Mundial de Rafing 2018

Surpresa nº6 – Sem dúvida o rafting é dos esportes mais fotogênicos: assistir a descida dos botes nas águas agitadas levados pela forte correnteza e desviando de redemoinhos, com rafters que não querem saber de moleza. Não tinha me dado conta que tem horas que é preciso uma viagem na veia. Eu não estava competindo, mas a adrenalina tava alta.

Campeonato Mundial de Rafting 2018
Crédito: viramundo e mundoviradoUm dos pontos altos do Mundial de Rafting 2018 foi a organização realizada pelo Ministério de Turismo de Neuquén

Surpresa n.7 – A organização. 19 países presentes, 60 equipes, 160 altletas, dezenas de juízes internacionais, mais de trinta jornalistas de diversos países. Durante os 7 dias da competição um só consenso por parte de todos: a excelente estrutura montada pelo Ministério de Turismo da Província de Neuquén para atender desde a segurança do local e dos competidores, equipe médica de emergência, rede wi-fi, acomodações para atletas, juízes e jornalistas, transporte até a cidade sede, alimentação, e apoio logístico turístico para conhecer as vilas Pehuenia e Aluminé para aqueles que se interessarem nos intervalos das competições. Ufffa! Não deve ter sido fácil, mas foi perfeito.

Campeonato Mundial de Rafting 2018
Crédito: viramundo e mundoviradoSlalom Brasil no rio Ruca Choroy, Aluminé, Mundial de Rafting 2018

Surpresa n.º8 – Enquanto os rafters da Rússia, Japão, República Checa, Slovênia, são atletas patrocinados pelos respectivos governos, e treinam de quatro a cinco horas por dia, os brasileiros têm que se virar trabalhando para viver. Só nos fins de semana podem treinar, a maioria como guias de rafting em Brotas e Juquitiba. Com dificuldades para competir nos campeonatos mundiais os rafters fazem vaquinhas, rifas, conseguem alguns patrocínios pontuais, e ajuda de prefeituras (no caso de Brotas).

Mundial de Rafting 2018
Crédito: viramundo e mundoviradoAs brasileiras, por falta de patrocinios, não puderam competir. Mas as “hermanas” argentinas e checas brilharam. Parabéns

Bem diferente de outros países que absorvem todo o custo da viagem. Para se ter ideia das cinco equipes brasileiras classificadas para esse Mundial, duas delas, as femininas, não puderam vir por causa dos custos.

E o futebol que só nos envergonha continua com patrocínios milionários!!!!

Campeonato Mundial d Rafting 2018
Crédito: viramundo e mundoviradoR 4 Brasil – Pentacampeão Sprint Open

Uma certeza. Primeiro dia de competição. Enquanto as equipes da Argentina e República Checa fazem bonito nas categorias sub-19, feminina e masculina, o Brasil sem patrocínio para essas modalidades não conseguiu trazer seus atletas. Contudo na disputa mais esperada do dia o Sprint – Open, sem surpresa para as outras nações, deu Brasil pela sétima vez.

Mundial de Rafting 2018
Crédito: viramundo e mundoviradoMundial de Rafting 2018

O rio Aluminé mostrou-me a bravura de suas águas, e me permitiu que submegisse num mundo novo de orgulho aos rafters brasileiros. E que venha Austrália – 2019!

Por Heitor e Silvia Reali, do Viramundo e Mundovirado

Autor: Viramundo e Mundovirado

Site de viagens e descobertas. Sugestões para despertar a mudança que o viajante, mesmo sem o saber, deseja. Viajar muda também seu interior, daí “viajar para se descobrir”

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Viramundo e Mundovirado da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1 / 8
1
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
2
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
4
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
5
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
6
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
7
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
8
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …