Últimas notícias:

Loading...

Olímpia vai exigir ‘passaporte da vacina’ em parques aquáticos

Medida entra em vigor nesta sexta-feira, 10 e vale para parques aquáticos, eventos e estabelecimentos de grande e médio, como hotéis

Por: Redação

Com viagem marcada para Olímpia, no interior de SP? Então é bom ficar atento. A partir desta sexta-feira, 10, para entrar nos parques aquáticos da “Orlando brasileira” será preciso apresentar comprovante de vacinação ou teste negativo contra a covid-19.

A medida, segundo a prefeitura da estância turística de Olímpia, é para “mitigar a transmissibilidade da covid-19, diante do avanço da vacinação e da flexibilização das atividades econômicas, serviços e eventos”.

Olímpia passaporte da vacina

O decreto vale para eventos e estabelecimentos de grande e médio, como hotéis.

Para a comprovação do esquema vacinal completo, será exigida a apresentação do Cartão de Vacinação ou documentos em formato digital, como o disponibilizado pelo ConecteSUS ou e-saúdeSP, do governo paulista.

Em caso de não comprovação da vacinação, será válida a testagem de Covid-19, com resultado negativo, tendo o exame sido realizado com, no máximo, 48 horas de antecedência do evento ou do acesso aos locais, podendo ser os testes tipo rápido IGM/IGG ou tipo SWAB, com pesquisa de antígeno ou RT-PCR.

O que é o passaporte da vacina?

O passaporte da vacina é uma medida sanitária, de cuidado coletivo, para que as pessoas possam acessar os municípios sem limitações. O objetivo é incentivar a adesão à vacinação para que frear a circulação do vírus.

“O cidadão tem a liberdade de não vacinar. Isso não significa que não se traga a ele consequências dessa decisão”, afirma Paulo Ziulkoski, presidente da CNM.

Cada município tem suas próprias regras, mas, no geral, a exigência é para que as pessoas possam frequentar hotéis, eventos, shows e em outras atividades com grande concentração de público.

Como tirar o passaporte da vacina?

O certificado da vacinação pode ser acessado gratuitamente através da plataforma Conecte SUS Cidadão, do Ministério da Saúde.

Basta baixar o aplicativo em qualquer smartphone ou no computador, informar e informar o CPF para realizar a consulta.

Baixe o Conecte SUS no Google Play

Baixe o Conecte SUS na Apple Store

aplicativo conecte sus
Crédito: Marcelo Camargo/Agência BrasilO aplicativo Conecte Sus é gratuito e contém as informações sobre a vacina da covid

Essa Carteira Nacional Digital de Vacinação permite que usuários e profissionais de saúde façam um acompanhamento da imunização.

Lá, estarão registradas as doses recebidas por todo cidadão cadastrado. É possível consultar o tipo de vacina aplicada, o lote de fabricação e a data em que cada dose foi tomada.

Todos esses dados são enviados pelos estados e municípios pela Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) e ficam disponíveis em até 72 horas após o envio.

É possível emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 após as duas doses da vacina (ou a dose única). O documento em pdf.

Esse documento é válido em todo território nacional e pode ser autenticado gratuitamente, utilizando o leitor ValidaQRCode no próprio aplicativo ou digitando o código do documento em: https://validacertidao.saude.gov.br/.

É válido para fora do Brasil?

Diferente do certificado de vacinação contra a febre amarela, ainda não existe um passaporte de imunidade internacional contra a covid-19.

Porém, o Certificado Nacional de Vacinação expedido pelo Conecte SUS está disponível nos idiomas português, inglês e espanhol.

Dessa forma, pode ser usado na entrada de países que já abriram as fronteiras para os brasileiros. Mas antes, é preciso checar com cada embaixada e consulado as exigências para visitar o país de destino.