Publicidade

Informar

Os toboáguas mais radicais dos parques aquáticos de Olímpia

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

Em outubro, o parque aquático Thermas dos Laranjais — quarto mais visitado do mundo–, em Olímpia, no interior de SP, inaugurou uma das atrações mais radicais: a primeira montanha-russa aquática do país.

Toboágua em formato de asa delta tem 18 m de altura e é um dos mais populares do parque em Olímpia

A gente aqui do Parques Pelo Mundo esteve em Olímpia recentemente e pode garantir que a cidade e seus parques aquáticos vão muito além da primeira montanha russa aquática do país. O tradicional Thermas dos Laranjais e o novo Hot Beach oferecem diversas opções para quem busca emoção e adrenalina, mas também relaxar.

Com temperatura máxima na casa dos 27 graus Celsius mesmo nos meses mais frios do ano, Olímpia (que fica a 430 km da capital paulista) é um destino perfeito para quem quer fugir do frio, principalmente no inverno. Um verdadeiro paraíso tropical, ainda que a praia mais próxima esteja a pelo menos 500 km de distância.

A maior torre de toboáguas do parque reúne também as duas atrações mais altas da cidade

Fundado em 1984, o Thermas dos Laranjais é um verdade fenômeno de público e recebe cerca de 2 milhões de visitantes anuais. O parque oferece mais de 50 atrações para todos os gostos e idades. A quantidade e variedade de opções, principalmente radicais, chama realmente a atenção.

Uma das mais populares é a Asa Delta, um super toboágua em formato de pista de skate com 18 metros de altura. Na mesma torre, fica a xícara maluca, um toboágua fechado, mas com uma parte em acrílico, e que desemboca em um grande redemoinho com um buraco no meio que por sua vez termina em uma piscina.

Parte em acrílico transparente do toboágua xícara maluca que desemboca em um grande redemoinho

Perto dali, fica a maior torre de toboáguas do parque e também as duas atrações mais altas de Olímpia. Com 30 metros de altura, o Kamikaze tem velocidade de 65 km/h. Já o Everest é ainda mais rápido, 80 km/h de queda livre. São cerca de 4 segundos de pura adrenalina e a breve sensação de descolar as costas do toboágua.

Aqui também fica o famoso Maluquinho ou Tapetinho como os visitantes mais assíduos costumam chamar. Nele você percorre um toboágua de 150 metros de comprimento e 10 metros de altura deitado em um tapete que desliza rapidamente até chegar a uma rampa/curva diferente de tudo que você já viu em um parque aquático.

No Escorregador Flutuante o visitante voa sobre a água antes de afundar na piscina quentinha

Com quase 20 metros de altura, o Twister é um toboágua familiar para descer com boias dupla, repleto de curvas e é um dos mais longos de todo o parque. Menos radical que os outros nessa área, costuma fazer bastante sucesso e é uma delícia. Por fim, o toboágua em S também com boias é ainda mais tranquilo e oferece vistas panorâmicas da área.

Uma das grandes vantagens do parque é que em todos os toboáguas que exigem boias ou acessórios não há necessidade do visitante carregar nada pelas escadas das torres que levam as atrações. Esteiras, correntes e roldanas fazem esse trabalho. Algo relativamente simples, mas que poucos parques brasileiros fazem, ainda mais nessa escala.

Na mesma torre do Crazy, fica o toboágua Caracol que é repleto de voltas

Já imaginou descer num toboágua de pé, cair várias vezes e não se machucar? No super popular Tomboágua, um toboágua especial e macio, é possível. Assista um vídeo do Tomboágua aqui. O toboágua Rio e o Hula Hula são garantia de diversão para toda a família, inclusive para os pequenos mais corajosos.

Perto da entrada principal do parque a primeira torre de toboáguas do parque chama atenção de quem chega e costuma bombar principalmente na parte da manhã. Aqui, o Crazy tem 20 metros de altura e é uma espécie de irmão mais velho porém menor do Everest.

Montanha russa aquática do Thermas dos Laranjais em Olímpia

Na mesma torre do Crazy, fica o Caracol que é repleto de voltas. Ao lado, fica o Escorregador Flutuante. Nele, o visitante escorrega a mais de 40 km/h na pista com mais de 10 metros de altura em cima de um tapete que voa sobre as águas antes de afundar na piscina quentinha.

Apesar da grande variedade de opções, o Thermas dos Laranjais já anunciou outra grandiosa novidade para o ano que vem: a torre de toboáguas Lendário, com 5 pistas, sendo três radicais e do tipo cápsula, em que o chão se abre, e dois mais familiares, com boias, mas completamente diferente das opções oferecidas atualmente.

Vista aérea do parque Thermas dos Laranjais em Olímpia

E por falar em novidade, recentemente, aliás, a cidade ganhou um novo parque aquático: o Hot Beach Olímpia que oferece muita areia branquinha e coqueiros a perder de vista, além de toboáguas, rio com correnteza e um super playground infantil, uma área bastante completa e diversificada com toboáguas para os pequenos e até um rio lento exclusivo.

No quesito adrenalina os destaques são a torre de toboáguas Irado. A opção com boia é simplesmente uma delícia. Há também opções sem boias e com diferentes níveis de adrenalina para os corajosos escolherem; e o radical Poty Pipe, similar ao Asa Delta do Thermas: em boias duplas, os visitantes descem uma espécie de pista de skate com inclinação de quase 90º.

Vista aérea da grandiosa torre de toboáguas Irado no novo Hot Beach Olímpia

Para mais informações sobre os parques de Olímpia, como horários de funcionamento e preços, acesse o site do Thermas dos Laranjais e do Hot Beach Olímpia. Os parques da cidade vão além das atrações radiciais e possuem áreas inteiras dedicadas aos pequenos, mas isso é assunto para um outro post. Fique ligado!

E aí, gostou de conhecer os toboáguas mais radicais de Olímpia? É fã de parques aquáticos, de diversão ou temáticos? Não deixe de para curtir nosso perfil no Instagram. Ele é cheio de dicas, muita informação e novidades.

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Museu de Anatomia Humana da USP exibe peças que ensina como o seu corpo funciona

Cereja Flor: O lugar das taças de sorvetes gigantes em São Paulo

Fondue taiwanês é a próxima delícia que você tem de provar

Médica tira dúvidas sobre anticoncepcional

Refugiados se tornaram microempreendedores em um lava-rápido em São Paulo

Publicidade