Últimas notícias:

Loading...

Pousada em Monteiro Lobato (SP) é ideal para fuga consciente perfeita!

Uma viagem sustentável que te leva com segurança a descobrir novos hábitos em meio à natureza.

Que estamos todos procurando uma fuga segura já é sabido. Agora alinhar isso a uma viagem de consciência e imersão à natureza não é todo lugar que te proporciona. Entaovah descobriu um pedacinho de paraíso perto de São Paulo.

A Prema Casa da Montanha fica em Monteiro Lobato e está a apenas 150 km de São Paulo, imerso na Serra da Mantiqueira. Ver uma imagem da pousada de cima te dá a real dimensão dos que serão os próximos dias e é um convite a essa fuga.

Crédito: @entaovahPrema Casa da Montanha. Foto do Google Earth

Natureza

A natureza da Prema Casa da Montanha é de (re)conhecimento e (re)conexão. Pensada para receber retiros, eles recebem também viajantes dispostos a desacelerar e fugir da loucura da cidade. Cercada de verde, e com algumas cachoeiras, o barulhinho da água é constante. Além de um mirante para ver o nascer do sol com prática de ioga, um rio delícia e trilhas gostosas de fazer por todo o canto.

Crédito: @entaovahA bela natureza que cerca a Prema Casa da Montanha

A yoga está sempre presente e tem práticas em todos os fins de semana para quem curte. Quem deu uma aula maravilhosa no pôr do sol foi a Dhaya Yoga, em um salão de práticas e vivências, que conseguiu com cuidado propor uma aula boa para diferentes níveis de praticantes.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Os quartos são super confortáveis e o banheiro também, do lado de fora, uma rede virada para a mata.

Crédito: @entaovahUm dos quartos da Prema Casa da Montanha, em Monteiro Lobato (SP)

A ideia é desconectar e por isso, a maior parte do tempo e dos lugares, você vai ficar offline, querendo ou não! Pequeno, é perfeito para curtir um silêncio, mas intimista a ponto de conhecer pessoas, que vão ser sempre interessantes. A Prema atrai gente legal! E faz isso, em volta de uma fogueira com chá quente e vinho.

O céu que você vai encontrar é esse da foto, que mais parece um planetário, com muitas estrelas.

Crédito: @entaovahO céu estrelado visto da Prema Casa da Montanha, em Monteiro Lobato (SP)

Água

O terreno é muito privilegiado e você não precisa sair de lá para nada! Com 3 cachoeiras e um rio, você escuta o barulhinho da água de qualquer lugar. As cachoeiras tem acesso fácil em trilhas tranquilas.

A primeira que encarei tinha duas quedas águas, uma mais curtinha com um poço espaçoso para gastar um belo tempo, a queda mais pra cima é só pros curiosos. Se você não for escutando o barulho e seguindo em frente, até entrar na água você não a verá. Linda e vale a pena. Não só a cachoeira, mas o caminho todo.

Crédito: @entaovahA cachoeira

A minha predileta tem uma trilha bem curtinha e está do lado da sede da Prema. Mas ela é tão linda e realmente te transporta por um caminho com muitos tons de verde e te leva até um paredão de pedras com uma queda linda. Perfeita para ficar deitada no paredão em conexão com a natureza.

Crédito: @entaovahParedão perfeito parta ficar em conexão com a natureza

A última cachoeira fica para baixo no terreno com um redário ao lado para relaxar e esquecer do mundo. Junto com um lago grande perfeito para nadar e tomar um sol.

Crédito: @entaovahLago que fica no terreno da Prema Casa da Montanha

Comer bem

Alimentação ali é coisa séria e de verdade. Tudo o que consumimos foi plantado ali ou por pequenos produtores da região. Com horta própria e construída a várias mãos, deixa o alimento vivo e desmistifica que a comida vegana é limitada, ela é sim deliciosa e com muitos preparos diferentes.

Crédito: @entaovahPão vegano feito na Prema Casa da Montanha

O café da manhã começa dando show com frutas, sucos, pães e geléias feitos na casa. O almoço e o jantar também são divinos e amei provar grãos que nunca tinha comido antes. Curioso notar como uma alimentação funcional age no nosso corpo e mente e vale estar atento em como interfere na disposição.

Crédito: @entaovahAlimentação vegana da Prema Casa da Montanha

Além de claro, o impacto ambiental que a alimentação baseada na proteína animal que nossa sociedade hoje tem, gera. Caso você não tenha proximidade com o tema, sugiro uma pesquisada, não necessariamente para cortar da sua vida, mas para deixar cada vez mais sustentável e consciente seu consumo.

Eu como produtos de origem animal e lá na Prema Casa da Montanha, eles respeitam todos os espaços, processos e escolhas e eu levei queijos da D’farm para um piquenique que cruza seus princípios com o da Prema, ao trabalhar com pequenos produtores, buscando alimentos puros e de origem cuidadosamente escolhida, o que traz queijos artesanais feitos com tempo e cuidado.

Se liga na vista que aproveitei com os queijos! Para chegar lá uma trilha que circunda o terreno que é leve, eu acabei indo por uma trilha bem íngreme, que é o risco em arriscar e gostar de trilhas menos percorridas.

Crédito: @entaovahVista da trilha com a Serra da Mantiqueira ao fundo

Bebe-se bem também com sucos e chás incríveis. Para aumentar o grau etílico, levei uns vinhos da Vivente Vinhos, vivos e biodinâmicos para ver o pôr do sol do mirante da Prema Casa da Montanha, com vista para as montanhas. São feitos respeitando completamente o tempo natural dos processos e nada além de uvas fermentadas espontaneamente por leveduras selvagens. Cada Vinho tem um sabor único e são feitos por amigos que queriam vinhos com alma!

Crédito: @entaovahUm dos mirantes da trilha

Inspiração

Acontece que a Prema me fez repensar meus hábitos e queria levar coisinhas que não agredisse o meio ambiente e ainda sim, pudesse cuidar de mim. Então busquei referências que me ajudassem a fazer isso de maneira descomplicada. Acontece que fui pensando no que ia levar e fazer e fui descobrindo….

Crédito: @entaovahDescobrindo a natureza

Embrulhei os queijos da D’Farm em wraps ecológicos da Agora sou eco, que me levou a descobrir combos para reduzir a utilização do plástico, que é um grande vilão na nossa rotina. Me joguei e me lembrou de levar snacks pro caminho e para as trilhas.  Os sacos de pano para granel, me fez levar nuts e chips de banana.

Piquenique em plena Serra da Mantiqueira

Para a estrada, descobri o Colheita, que faz snacks de PANC’s, que por si só, já é sustentável na escolha dos produtos, Diversificar a alimentação é um ato responsável na preservação do solo, logo do meio ambiente. Estava indo sem pressa, o que me fez parar para um picnic acompanhando a vida de um galo desconfiado!

Crédito: @entaovahEntrada da Colheita Snacks

Tinha cachoeira então tinha que levar biquíni e camisa. Pronto, lá fui eu conhecer coisa nova. Descobri a Débora, da Arraia Shop, que faz biquínis artesanais, trazendo a discussão e a atenção para uma economia sustentável, valorizando mesmo e com isso, digo, comprando dos pequenos produtores. Ela alia isso com a valorização do corpo real da mulher, discutindo os padrões impostos e sendo funcional para a necessidade de cada corpo e valorizando as diferentes curvas. E olha que não foram poucas cachoeiras!

Crédito: @entaovahPasseio com marcas sustentáveis

Descobri também a Psicotrópica que é uma marca com estampas de artistas da saúde mental. Dando espaço para a diversidade e olhando para artistas que costumam não ter espaço na nossa sociedade.

Tinha também autocuidado e para isso descobri a Holistix, que casava muito bem com o propósito da Prema Casa da Montanha e ajudou a sedimentar a reflexão e mudanças de pequenos hábitos. Descobri o conceito com eles, apoiada em um Guia da Rotina, que te ajuda a colocar no papel quais hábitos você quer mudar primeiro e te leva ao exercício de fazer isso por 21 dias.

Retorno

Viagem boa é a que você traz de alguma maneira para a vida.

Então escolhi usar o raspador de língua pela manhã, óleos essenciais durante o dia e parar antes de dormir para desacelerar. Acendo uma vela da Maria Nuvem, que são de cera vegetal biodegradável, feita em pequena escala e artesanal, que muda o astral da noite e ajuda a desconectar. Abro um livro ou mando ver no crochê, um hábito pandêmico.

Tinha que lavar tudo o que eu usei e em geral, produtos de limpeza ajudam a azedar o caldo, que no caso, são as águas do planeta. A Positiv.a tira a culpa desse processo com produtos ecológicos, veganos e hipoalergênicos, que costuma ser a desculpa padrão pros produtos tradicionais.

Crédito: @entaovahA volta sem culpa

E claro, cuide do seu lixo, recicle! Nos dias atuais isso não é mais uma opção. Ah sim, tudo que vai, volta quando falamos de viagens em imersão à natureza. Converse com quem está recebendo, entenda como funciona o descarte do lixo e faça a sua parte.

Em parceria com entaovah

Viajante por natureza, partilho pequenas descobertas. Roteiros com amor para você realizar seus sonhos ?‍♀️❤ Já foi? Então vah

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário entaovah

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.