Que tipo de viajante é você? Confira seis tipos

Destino desejado por muitos, pode ser o pesadelo se você não souber o que espera de uma viagem para lá

Por: Livre Partida

Como produtora de conteúdo sobre viagem e turismo, uma das perguntas que mais ouço é sobre quais os lugares mais legais do mundo, aqueles que eu mais gostei e que valem a pena ser visitados. Apesar de popular, essa questão é dificílima de ser respondida. Primeiro, porque, invariavelmente, o interlocutor espera que caia no seu colo uma resposta mágica em forma de lista dos dez destinos a serem explorados antes de morrer. Depois, porque eu mesma não tenho essa seleção anotada num caderninho.

Costumo dizer, nesses casos, que gostar ou não de um lugar depende de muitas variáveis e a principal delas é qual foi o tipo de experiência vivida por lá. Já passei por lugares simples, mas que arrebataram meu coração por causa de pequenos detalhes, bem como lugares famosos que acabaram decepcionando bastante.

Destino desejado por muitos, pode ser o pesadelo se você não souber o que espera de uma viagem para lá

Em anos de experiência viajando, deu para aprender rapidinho a não dar tanta atenção assim a “dicas quentíssimas”. Claro, muitas vezes elas funcionam e acabam ajudando a descobrir lugares especiais, mas tudo depende de quem está passando a informação: essa pessoa é compatível com a sua personalidade?

Explico: imagine que você é aventureiro e gosta de viajar para lugares que tenham muita natureza e atividades ao ar livre. Então, a vizinha chega de viagem e fala maravilhas de determinada cidade, a qual você resolve visitar nas próximas férias. Acontece que a tal cidade é, simplesmente, um paraíso de compras, cheia de outlets e ofertas irresistíveis. Qual é a chance de você desfrutar de um lugar assim?

BRASILEIROS PODEM ENTRAR EM MAIS DE 150 PAÍSES SEM VISTO; CONFIRA

Por isso, antes de mais nada, é importante que você saiba qual é o seu estilo. Pode parecer óbvio, mas muita gente não tem essa ideia clara na cabeça, assumindo que é um conhecimento natural. Como resultado, acaba aceitando informações que não combinam com suas expectativas. Para ajudar um pouco, vou listar algumas personalidades viajantes que costumo analisar nos cursos que ministro, junto com meu parceiro de viagens, Plácido Salles:

Econômico: busca o melhor custo-benefício nas suas decisões.

Luxuoso: tem o orçamento mais folgado e investe em experiências exclusivas. Faz questão de conforto.

Social: prefere viajar em grupos, sejam familiares ou amigos. Estar com pessoas é mais importante até mesmo do que o destino.

Independente: quer fazer tudo do seu jeito, pesquisa muito, busca informações e se joga na experiência.

Pesquisador: monta roteiro, faz reserva e cronograma, estuda o destino em seus mínimos detalhes, para que nada passe despercebido.

Frequente: costuma ir sempre para os mesmos lugares, já que não quer ter dor de cabeça para planejar. Prefere o conhecido, que proporciona conforto e sossego.

Cada um desses tipos ainda podem ser divididos em subcategorias. O importante nessa análise é fazer aquele momento de auto-estudo e identificar quais são os tipos de experiências que lhe satisfazem em uma viagem, quais são os lugares que mais lhe atraem e assim por diante.

Tendo isso em mente, e observando a pessoa que está passando a dica, ficará muito mais fácil filtrar as informações e conseguir aquelas que, de verdade, serão efetivas para você aproveitar a viagem dos sonhos!

Por Mariana Beluco

Por: Livre Partida

Somos Plácido Salles e Mariana Beluco, nômades viajantes desde 2015!Compartilhamos aqui o nosso cotidiano de viagens, dicas e conhecimentos importantes para quem tem o sonho de fazer uma grande viagem. Passamos por 57 países durante a primeira expedição e agora estamos vivendo uma grande aventura de carro pelo Brasil. Temos um livro publicado e ministramos cursos e palestras sobre o tema. Bora viajar junto!

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário livrepartida da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.