Últimas notícias:
Loading...

Reino Unido vai cobrar taxa de entrada de turistas

A autorização eletrônica de viagem custará £ 10 (cerca de R$ 61) e terá validade de dois anos.

Planejando viajar para o Reino Unido? Então pode ir preparando o bolso! Turistas terão que pagar uma taxa para visitar a Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

A autorização eletrônica de viagem (Electronic Travel Authorisation, em inglês), entrará em vigor já a partir de 15 de novembro para cidadãos do Catar.

Reino Unido vai cobrar taxa de entrada de turistas
Créditos: LUNAMARINA/iStock
Reino Unido vai cobrar taxa de entrada de turistas

E a partir de 22 de fevereiro de 2024, a taxa começa a ser cobrada de turistas do Bahrein, Jordânia, Kuwait, Omã, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

O ETA será exigido para cidadãos de países que não precisam de visto para entrar no Reino Unido, como o Brasil, por exemplo.

No entanto, ainda não há previsão para o início da cobrança para os brasileiros.

Quanto custará a taxa para entrar no Reino Unido?

A autorização eletrônica de viagem custará £ 10 (cerca de R$ 61) e terá validade de dois anos.

O documento pode ser solicitado pela internet, por meio de um aplicativo ou pelo site do governo do Reino Unido, e pode levar até três dias úteis para ficar pronto ou mais em casos de verificação mais detalhada.

Depois da aprovação do pedido, o cidadão vai receber a confirmação via e-mail. Além disso, o documento será vinculado eletronicamente ao passaporte do viajante.

Autorização para viagens à Europa

Inicialmente prevista para maio de 2023, a implementação do ETIAS, sigla em inglês para Sistema Europeu de Informação de Viagem e Autorização, foi adiada para 2024.

A partir do ano que vem, ainda sem data definida, os brasileiros terão que pagar uma taxa de € 7 (cerca de R$ 38) para obter uma autorização de viagem, que será exigida para entrar em qualquer país integrante do Espaço Schengen.