Últimas notícias:
Loading...

‘Room office’ em hotel salva a mente no isolamento

Hotéis para home office preparam estrutura com wifi perfeito, bem-estar dos filhos e inclusão dos pets, que também fazem parte da família

Fazer home office fora de casa tem salvado saúde mental de muita gente nesta pandemia.

Hotéis com wifi perfeito, área verde e salas ventiladas recebem a todos da família, incluindo os pets. A tendência tem até nome: room office.

De olho neste público, hotéis têm se adaptado para receber com tecnologia e soluções para a família toda, do homeschooling (aulas em casa) dos filhos, à atividades extras para eles, até o bem-estar dos animais de estimação, que seguem junto.

Room office no Hotel Villa Rossa, muito bem-acompanhada das minhas cachorras: Maga, Juju e Hope
Créditos: Andrea Miramontes / Lado B Viagem
Room office no Hotel Villa Rossa, muito bem-acompanhada das minhas cachorras: Maga, Juju e Hope

“Fora de casa, o trabalho de home office pode render mais, porque a pessoa aumenta o foco e  diminui as distrações. Os conflitos e medos tendem a diminuir em um novo ambiente”, diz Andrea Deis, gestora empresarial e especialista em neurociência.

Além da internet rápida, o local deve ter claridade nos ambientes, boa ventilação no quarto, medidas rígidas anti-covid, salas de reunião desinfectada à disposição e natureza por perto, para aquela arejada na mente pós-trabalho.

A 70 km de São Paulo, o hotel Villa Rossa viu a procura aumentar muito por  famílias que vão para trabalhar. Ao mesmo tempo, as crianças também podem continuar as aulas online.

São 350 mil m2 de área verde em meio a espécies nativas da Mata Atlântica, com toda estrutura para o trabalho no Villa Rossa
São 350 mil m2 de área verde em meio a espécies nativas da Mata Atlântica, com toda estrutura para o trabalho no Villa Rossa

A infraestrutura para quem precisa de algo extra inclui salas de reunião para se isolar e monitores para que as crianças façam atividades ao ar livre, quando já terminaram as aulas e os pais ainda estão trabalhando.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Para relaxar depois daquela reunião pesada, além das trilhas, lago, quadras de tênis e mais esportes, há 22 piscinas, sendo 18 privativas dos lofts e as aquecidas, com hidro.

“Temos uma sala de eventos disponível com internet de alta velocidade (no hotel todo). Caso o hóspede precise de sala privativa para reunião, também temos opções sem custo extra”, conta Eduardo Santana, diretor geral do Villa Rossa.

“Para famílias com crianças, temos monitores para crianças acima de 5 anos das 9h às 22h”, completa o executivo.

Uma boa pedida para arejar a mente de quem cansou de ficar em sala, é trabalhar nas áreas sociais, como no bar da piscina, living e jardim de inverno.

Mas, neste caso, o uso de máscara é obrigatório.

Uso de máscara é obrigatório nas áreas comuns, mesmo que você esteja sozinho naquele lugar, no Villa Rossa
Créditos: Lado B Viagem
Uso de máscara é obrigatório nas áreas comuns, mesmo que você esteja sozinho naquele lugar, no Villa Rossa
Em meio aos 350 mil m2 de área verde estão as salas do centro de convenções
Créditos: Andrea Miramontes / Lado B Viagem
Em meio aos 350 mil m2 de área verde estão as salas do centro de convenções

Anti-Covid

Pela gestão e cuidados com a pandemia, a cidade de São Roque, onde ele está localizado, recebeu selo Safe Travel, do WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo).

Desde o início da pandemia, o hotel fez uma parceria com o Hospital Albert Einstein para controle rígido dos protocolos anti-covid, que vão além do álcool em gel disponível nos ambientes.

“Antes da chegada há uma ficha de controle. A temperatura é aferida  e exigimos uso da máscara em todas as dependências, a desinfecção dos quartos é feita em  24h e as arrumações somente acontecem com solicitação do hóspede”, explica Eduardo Santana.

Como o local trabalha com all inclusive, um protocolo de controle foi estabelecido nos restaurantes. O hotel inclui todas as refeições, o que facilita também a vida de quem está a trabalho.

Há a aferição de temperatura a cada entrada, todos devem usar máscara quando fora da mesa, as mesas estão distanciadas, refeições do buffet são servidas com luvas descartáveis. Talheres são desinfectados e mantidos em sacos de proteção.

No restaurante, todos se servem de máscaras e luvas descartáveis, e os talheres vêm desinfectados com o selo do Albert Einsten
Créditos: Andrea Miramontes / Lado B Viagem
No restaurante, todos se servem de máscaras e luvas descartáveis, e os talheres vêm desinfectados com o selo do Albert Einsten

Crianças, pet e carreira

Ao procurar um hotel para fazer room office, é importante achar um local que acomode a família também, incluindo os pets.

O confinamento também estressa os cachorros, que precisam de área verde, caminhadas e sol para ter qualidade de vida.

Sabendo que a família está garantida na assistência, o trabalho com certeza vai render muito mais, como conta a especialista em neurociência.

“Gera facilidades que traz muitos benefícios e bem-estar à família. A pessoa tem melhor performance com menos estresse e consegue concentrar no trabalho, uma vez que as necessidades dos filhos estão atendidas”,  completa Andrea.

Com room office pet friendly testado, o Villa Rossa está localizado em um complexo de 350 mil m2 de Mata Atlântica.

Quem vai os seus cachorros fica hospedado nos lofts, que são casas individuais com quarto, sala, lareira, jardim e piscina individual.

Acabou aquela tarefa estressante? Saia para uma caminhada com seus cachorros pela vila de lofts, que, assim como o resto do hotel, foi inspirada na Itália.

Maga e Juju, do Patas ao Alto, passeiam pela vila de lofts do Villa Rossa
Créditos: Andrea Miramontes / Lado B Viagem
Maga e Juju, do Patas ao Alto, passeiam pela vila de lofts do Villa Rossa

Para facilitar a vida do tutor na hora de fazer as malas, os lofts já estão equipados com o kit pet.

Além da cama no tamanho do seu cachorro, o kit tem fraldas, saquinhos para catar cocô e brinquedos.

Kit pet: potes de água e comida, brinquedos, saquinhos para catar cocô e fraldas
Créditos: Andrea Miramontes / Lado B Viagem
Kit pet: potes de água e comida, brinquedos, saquinhos para catar cocô e fraldas

Mas é preciso avisar  na reserva que vai levar seu mascote. Há uma taxa paga por ele, bem como é exigida a carteira de vacinação do peludo.

Para destinos pet friendly e responsáveis na pandemia, siga o Lado B Viagem no Instagram. O site é parceiro do Catraca Livre Viagem.

ladobviagem

Em parceria com ladobviagem

Sou Andrea Miramontes, jornalista e viajante profissional no @ladobviagem. Faço roteiros veganos e vegetarianos pelo mundo, JAMAIS divulgo atrações que escravizem animais e caço soluções sustentáveis por onde passo. Meus projetos: Lado B Viagem e Patas ao Alto. Seja muito bem-vindo! Siga os instas @ladobviagem @patasaoalto e @andreamiramontes.real

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Lado B Viagem

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.