Sunset party e praia protegida são estrelas de resort na Bahia

All inclusive, o resort Grand Palladium Imbassaí tem monitores até para bebês

Por: ladobviagem

Você chega desesperado para se jogar na praia, que realmente é linda, de areia branquinha e forrada de coqueiros gigantes, o que faz jus ao nome da região: Costa dos Coqueiros.

Mas ao pisar na recepção do Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa, o vento quente da Bahia no pé-direito triplo do saguão já  aplaca sua ansiedade.

Bem no clima baiano, o resort tem 4 piscinas, 6 restaurantes e 10 bares. O complexo é absolutamente all inclusive, para não passar vontade.

Crédito: DivulgaçãoPraia com mata nativa preservada e serviço all inclusive do resort

Quarteto de piscinas

As piscinas são um show à parte. A central, gigante, é onde acontecem as atividades, como aulas e esportes, além do bar molhado. Para quem gosta de agito. Axés dos anos 80 dominam a playlist.

Crédito: DivulgaçãoQuem daria tudo para estar em uma cadeira dessas dentro da piscina principal sob o céu da Bahia?

Lá do lado está a piscina infantil, imensa, cheia de brinquedões coloridos. Confesso que deu vontade de ir ao toboágua principal.

Papais e mamães podem curtir tranquilos nas piscinas, praia e até tomar bons drinks.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemPiscina central gigante, com pontes, bar molhado e atividades como jogos, aulas e esportes

O resort tem monitores para todas as idades, no espaço kids para crianças, programa para entretenimento de adolescentes e sala climatizada com berços para bebês recém-nascidos.

Crédito: DivulgaçãoCrianças se divertem no parque aquático, uma piscina cheia de brinquedos só para elas

Com tendas, espreguiçadeiras gigantes, muita sombra e trilha lounge, a “piscina secreta”, só para adultos, foi minha preferida.

Aposte na carta de drinks do hotel, que tem desde clássicos, como caipirinhas de frutas naturais, até alguns especiais, como o Coco Loko.

Nesse drink, gim, tequila e rum misturam-se com  leite de coco, abacaxi e leite condensado.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemTendas e camas da piscina secreta, só para adultos, longe do agito

O quarteto de piscinas se fecha com a as cadeiras de massagem dentro da água, do spa. Jatos de água fazem o trabalho enquanto você está deitado.

O  Zentropia Spa tem mais de 15 opções de massagem, pagas à parte, além de piscinas, sauna, banho turco e jacuzzi.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemCadeiras massageadoras da piscina do spa, para sentar e deixar os jatos de água fazerem o trabalho

Para usar o complexo há uma taxa de R$ 80. Para quem compra o pacote prêmium, veja nos preços mais abaixo, o espaço é livre.

Crédito: DivulgaçãoMais de 15 tipos de massagens estão disponíveis no spa Zentropia

Restaurantes e noitada

São três restaurantes com buffet e três à la carte. Estes últimos, de gastronomia japonesa, mediterrânea e uma churrascaria, só abrem para o jantar e precisam de reserva.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemBuffet de bruschettas do restaurante Portofino, à la carte mediterrâneo do resort

Mas as reservas são livres, e você pode voltar ao seu preferido quantas vezes quiser.

No meu caso, o restaurante Portofino. Um buffet de bruschettas e queijos dá início ao jantar, que segue à la carte com massas e risotos, além de peixes, para quem curte.

Vegetariana que sou, fui de risoto de cogumelos. Veio cremoso e com temperinhos na finalização do prato. Simplesmente perfeito.

Música ao vivo e  taça de vinho acompanham seu jantar especial neste restaurante lindo.

Nos restaurantes de buffet, o principal é o  Agdá. Junto com o self service, bancadas de show cooking incluem quitutes, tanto para o café da manhã, com tapiocas diversas feitas na hora, quanto no almoço.

É no Agdá que acontece seu café da manhã. Caso tenha acordado mais tarde, pode também tomar o desjejum no Oxum, com sistema de buffet e brunch.

Sumptuori é o restaurante japonês do resort. O menu inclui uma entrada, prato principal e sobremesa. Tempurás, temaki vegano de frutas e legumes e shimejis fazem a festa dos vegetarianos.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B VIagemSakerinha de manga do Sumptori, restaurante japonês do resort

Para acompanhar, peça a sakerinha com manga. Simplesmente a melhor que já tomei.

Carnívoros podem optar pelo restaurante Bahia e Brasa,  que serve rodízio de carnes.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemPudim  é uma das sobremesas do à la carte Sumptuori, porque no resort não dá para fazer dieta

Quem está na praia pode almoçar no Posseidom, servido com buffet prioritariamente de fast food, como pizzas e hambúrgueres.

Saladinhas vêm frescas.

Crédito: DivulgaçãoRestaurante de praia, Posseidom tem buffet na hora do almoço

Depois do jantar, aposte no teatro. Shows musicais trazem artistas locais e peças divertidas. Quanto estive lá, vi um cover do Michael Jackson.

O ator relembrou grandes sucessos do rei do pop. Indico não perder a agenda do teatro, cujos musicais são para a família toda curtir junto.

Para os fortes, ainda há a danceteria, que segue firme até a madrugada com os baladeiros.

Praia protegida e sustentável

Para chegar à praia, um paraíso de areia branca e mata nativa, há uma ponte charmosa de uns 400 m a atravessar. Toda mata foi preservada.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B viagemPonte sobre a mata protegida em Imbassaí liga o complexo do resort à praia

É possível ver micos e lagartos nativos nas árvores ao atravessar a ponte. Nunca chegue perto, não coloque a mão nem os alimente.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemCarrinhos ajudam no transporte de lá pra cá e até aponte da praia, dentro do complexo

Na praia, não há iluminação à noite. É uma estratégia para preservar o nascimento das tartarugas. Todo litoral baiano é casa de tartarugas, e a luz artificial atrapalha a reprodução.

Quando nascem, filhotes procuram luz, o reflexo da lua no mar e o brilho da água para correr. Se houver lâmpadas, eles vão correr na direção errada e morrem.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemNinhos são protegidos e o turista tem que respeitar esses lugares das tartarugas

Ninhos estão protegidos pelo Projeto Tamar em todo litoral baiano.

Na praia do resort, se você topar com essa estaca, nem chegue perto. Lá está um ninho de tartarugas marinhas que virão ao mundo.

Crédito: DivulgaçãoO serviço de praia tem cadeiras, bares e muita sombra, para curtir a praia numa boa

Mas a ausência de iluminação não significa falta de diversão e conforto para passar o dia com o pé na areia.

Espreguiçadeiras, bares e serviço de praia estão à disposição.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemSunset party acontece na praia no resort Grand Palladium Imbassaí, na Bahia

Às 17h, em datas definidas semanalmente, acontece a sunset party, festa do pôr do sol. A nova atração do resort dá direito a música, drinks e barulho do mar.

Dá um play no post do Facebook Lado B Viagem para sentir o clima da festa.

🌴 astral delicioso: sunset party do Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa- liga o som!Ai, Bahia, como ser mais linda? ❤️

Publicado por Lado B Viagem en Martes, 13 de agosto de 2019

Quanto custa e passeios

O resort cinco estrelas pertence à rede internacional Palladium Hotel Group, com 50 hotéis espalhados por Espanha, Itália, México, República Dominicana e Jamaica.

A diária custa a partir de R$ 947 para duas pessoas. Reservas devem ter no mínimo 4 noites. Realmente não é possível curtir tudo o que o hotel oferece em menos do que isso.

Com R$ 160 a mais por dia, sua estada entra no pacote premium, no qual pode usar o espaço do spa e de bares com bebidas selecionadas, entre outros mimos.

Quem está no resort ainda pode comprar tours para Salvador, incluindo o centro histórico, para a Vila de Imbassaí e Praia do Forte.

O passeio até lá leva meia hora, para passar o dia na vilinha charmosa e visitar o Projeto Tamar.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemProjeto Tamar pode ser visitado durante tour na Praia do Forte

Na Costa dos Coqueiros brasileira, o resort integrou-se tanto com imersão na cultura baiana, como na preservação da praia e absorção de mão de obra local.

Hóspedes também podem visitar a comunidade de Imbassaí, que ganhou um centro de treinamento, o Instituto Imbassaí,  que capacita jovens para o trabalho no turismo.

Muitos terminam o curso e ganham emprego nos hotéis da região e no resort. Conheça tudo sobre esse projeto e descubra locais e passeios a fazer no destino.

Por: ladobviagem

Andrea Miramontes, jornalista, viajante e curiosa. Sou vegetariana e jamais divulgo atrações que escravizem animais :) Faço os blogs Lado B Viagem e Patas ao Alto. Seja muito bem-vindo!

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Lado B Viagem da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1
03:32
Viva Chile: um passeio pela beleza da Cordilheira dos Andes
Está com viagem marcada para Santiago e ainda não faz ideia do que fazer na capital chilena? Então, antes de …
2
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
4
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
5
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
6
01:31
O que fazer em caso de bagagem extraviada pela companhia aérea?
Um dos maiores medos de que vai pegar o avião é perder a bagagem. Saiba como proceder em uma situação …
7
01:17
Sky Costanera, o maior observatório da América Latina
O Sky Costanera é considerado o maior observatório da América Latina e fica em Santiago, no Chile. Nele é possível …
8
01:01
Zipflyer: a tirolesa só para quem tem MUITA coragem
A Zipflyer, é considerada a maior tirolesa do mundo e fica localizada em Pokhara, no Nepal. Ela conta com 1850 …