Surpreenda-se com aventuras e cidades descoladas de Palm Beaches

Destino na Flórida fica a uma hora de carro de Miami e oferece de mergulho a caiaque ao lado de aligatores

Por: ladobviagem

A apenas uma hora de Miami, você chega a Palm Beaches, região formada por 39 cidades que vão de Boca Raton a Jupiter, passando por cidadezinhas cheias de charme, como Delray Beach e West Palm Beach.

A região de praias deslumbrantes tem também trilhas, pontos de mergulho, caiaque no meio de crocodilos selvagens, livres em uma reserva natural. Esqueça zoológicos.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemDetalhe do relógio da Worth Avenue, em Palm Beach, de frente para o mar

De carro a partir de Orlando são 2h30. Palm Beaches é uma surpresa deliciosa que agrada de quem ama centros urbanos com bares descolados aos aventureiros.

É possível ainda visitar hospital de tartarugas e  ilha paradisíaca em que só se chega de barco. No meu caso a remo, no caiaque.

Já os apaixonados por centros urbanos com bares e restaurantes descolados, encontram em Delray Beach e West Palm Beaches a viagem perfeita.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemVilinha com esculturas e boutiques na cidade de Palm Beach, uma das 39 da região de Palm Beaches

Há também a cidade de Palm Beach, uma das 39, que é inclusive onde mora o presidente Trump. Luxuosíssima.

O centro da cidade reúne as grifes mais caras do Planeta e mansões. Várias vilinhas com boutiques e cafés charmosos saem da avenida principal, que vale um passeio para descobrir seus cantinhos.

Crédito: Lado B ViagemPasseio pela Worth Avenue revela luxos e vilinhas com arte

Estenda sua viagem da próxima vez que estiver na Flórida. Miami e Orlando são deliciosas, mas aqui você vai viver o espírito cool da Flórida. Veja abaixo alguns passeios.

Aventuras

Remar ao lado de aligator, o jacaré norte-americano, foi uma das surpresas neste roteiro em Palm Beaches.

Rio intocado cercado por mata nativa e cheio de aligatores é o caminho do caiaque
Crédito: Facebook/Jupiter Outdoor CenterRio intocado cercado por mata nativa e cheio de aligatores é o caminho do caiaque

Lá está o Riverbend Park, uma reserva natural com mais de 10 km de trilhas para caminhadas ou bike no meio da natureza. É a chance de topar com animais livres no habitat deles, como racoon (guaxinim), pavões selvagens e até crocodilos.

O parque é cortado pelo Loxahatchee River, rio de mais de 10 km com trechos para remar no meio de um santuário de animais.

Caiaque e stand up paddle são oferecidos pelo Jupiter Outdoor Center, cujos instrutores acompanham a aventura.

caiaque palm beaches lado b viagem
Crédito: Andrea Miramontes/ Lado B ViagemCaiaque na natureza selvagem, em meio a aligatores, tartarugas e aves no Loxahatchee River

Foi a primeira vez que vi os jacarés gigantes no mesmo rio em que estava. Também há tartarugas e aves, em um cenário selvagem e silencioso.

Os aligatores nem se interessam por você e não chegam perto do caiaque. Mas confesso que, além do encantamento, dá um gelo na barriga vê-los tão de perto.

Crédito: Facebook/ Jupiter Outdoor CenterAligator na beira do Loxahatchee River, avistado durante caiaque no Riverbend Park

Outra experiência sensacional é a oportunidade de fazer mergulho com cilindro no mar transparente, mesmo sem o curso do certificado. Quem amaria?

Em Palm Beaches, além do curso de certificação, é possível fazer apenas uma aula de mergulho com cilindro, com todas as instruções, diretamente no mar. A experiência chama-se Discovery  Scuba.

Neste caso, não  é a certificação, mas uma experiência de um dia. Incrível, mas nada fácil. Steve, meu instrutor do Jupiter Diver Center, teve a maior paciência comigo.

Nunca mergulhei de fato e sou ansiosa demais pelas belezas do fundo do mar. Descubra como é e quanto custa  a degustação de mergulho.

Palm Beaches tem água morna, recifes intocados, naufrágios, e com sorte, tartatugas-marinhas nadando ao seu lado.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Andrea Miramontes ∙ Travel ♻️ (@ladobviagem) em

A terceira aventura imperdível no destino é a remada de caiaque até Peanut Island. Só se chega navegando até essa ilhota onde ninguém vive.

Localizada na lagoa Lake Worth, a ilha também é uma reserva natural de animais como iguanas e espécies marinhas como estrelas, peixinhos coloridos e manatees, o peixe-boi norte-americano que corre risco de extinção.

Caiaque leva 10 minutos para chegar à Peanut Island
Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemCaiaque leva 10 minutos para chegar à Peanut Island

Neste caso dei muita sorte, pois uma mamãe e um bebê nadavam tranquilamente enquanto estive na ilha. Clique no vídeo:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Andrea Miramontes ∙ Travel ♻️ (@ladobviagem) em

A curiosa ilha hoje recebe visitantes e é o lugar perfeito para piquenique. Mas lá também se encontra o bunker John F. Kennedy, na época da Guerra Fria, em 1961.

A visita ao bunker, que virou museu, está fechada. Hoje, muita gente passa o dia na ilha, faz piquenique e retorna ao continente.

Crédito: Andrea Miramontes/ Lado B ViagemÁgua morna e transparente convida ao banho, também é possível ver estrelas-do-mar em Peanut Island

Compras, bares e restaurantes descolados

Aliar aventuras com lugares descolados é a receita para as férias perfeitas. E se você ama compras nos Estados Unidos também não vai passar vontade.

Em Palm Beaches Gardens está o The Gardens Mall, uma das melhores experiências de compras na região.

Lojas como Macy’s, Victoria’s Secret, H&M, Bloomingdale’s e todas as outras que amamos visitar nos EUA estão reunidas nesse shopping.

Além da praça de alimentação, há também restaurantes charmosos, como o Cooper’s Hawk Winery. Reserve antes de ir.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemUm dos grafites do brasileiro Kobra em West Palm Beaches

Duas cidades são imperdíveis nesta etapa descolada da viagem, Delray Beach e West Palm Beaches.

Nesta segunda, além dos restaurantes lindos, todos com opções vegetarianas, você encontra grafites do brasileiro Kobra. Para morrer de orgulho da bandeira verde-amarela.

Em West Palm Beaches, caminhe pela Rosemary Square, uma área com arte e criatividade pelas ruas.

Estive lá na época de Natal, e, claro, fiquei encantada com os enfeites, shows de luzes e clima perfeito pro Papai Noel. Também aproveitei o bar Miracle, uma instalação pop up divertida ideal para bons drinks ao som e decoração natalina.

O drink do coala, deste post do Instagram, é de lá. Passe a seta para ver os melhores nomes de bebidas do cardápio criativo.

Depois da caminhada, aproveite o restaurante Sourbon Kitchen & Bar. Pra lá de elegante, ele é todo decorado com plantas, como um parque botânico iluminado por lustres vintage,  espelhos e decorado à meia luz. Um aconchego.

Fomos em amigos, mas o clima é perfeito também para casais apaixonados. Comece com petiscos compartilhados, como a burrata ao pesto, e siga para os pratos caprichados, que vão de frutos do mar à massas.

Vegetarianos, apostem no fettuccine trufado como prato principal, acompanhado de um vinho tinto californiano.

Crédito: Sourbon/ FacebookJantar no Sourbon lembra um passeio em um jardim botânico, só que com drinks e comidinhas deliciosas

Por fim, o clima de bares e restaurantes de praia, com muita gente de flip flop (o chinelo de dedo americano) pelas ruas, está em Delray Beach, a cidade mais jovem e irreverente do destino

Colorida, Delray Beach vale o passeio com calma, para descobrir cantinhos, ir à praia, andar no carrinho gratuito que circula por lá.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemCarrinho charmoso oferece transporte gratuito pelas ruas de Delray Beach
Crédito: DivulgaçãoDelray Beach tem um centro forrado de bares e restaurantes, é perfeito para quem ama centros urbanos
Que tal passar o dia nas cabanas da praia de Delray Beach?
Crédito: DivulgaçãoQue tal passar o dia nas cabanas da praia de Delray Beach?

Na cidade, também está a casa de chá mais especial que já pisei, Yaxche Tearoom, cujo nome remete a uma lenda do povo maia.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemYaxche Tearoom fica em Delray Beach e é excelente opção para um almocinho orgânico

Ideal para um bruch, Yaxche Tearoom tem blends especiais de chás que acompanham saladas e quiches, bolos e cookies vegetarianos e veganos.

Neste link você descobre mais da história do lugar e vê as delícias para degustar. Uma delas é o bolo vegano de pasta de amendoim com banana, logo abaixo.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemBolo vegano de banana com pasta de amendoim do Yaxche Tearoom, em Delray Beach

Organize a viagem

Além do passaporte válido, é preciso visto, como em qualquer lugar do território norte-americano.

É imprescindível fazer seguro viagem. Uma consulta médica nos Estados Unidos não custa menos de US$ 300 (mais de R$ 1.200). Então, nem pense em arriscar.

No plano contratado da GTA, além de assistência médica, qualquer problema odontológico, com malas extraviadas, cancelamento de viagem e até perrengues jurídicos estão cobertos pela empresa.

Até mesmo para chamar uber e achar as localizações dos lugares, indico que você tenha internet ativa no celular. Facilita demais. Usei o chip da Skill Sim, comprado ainda no Brasil, e me dei bem.

Em absolutamente todo lugar que estive, mesmo dentro da reserva natural dos crocodilos, tinha sinal. O chip funciona no mundo todo, e é comprado de acordo com a duração da viagem.

A rede hoteleira de Palm Beaches é fantástica e, além do superluxo, tem hotéis acessíveis também. Rende um post só para eles. Hotéis capricham nas piscinas e são bastante autênticos.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemPiscina do PGA National, um dos resorts mais gostosos do destino

Para se locomover, a melhor opção é alugar um carro. Mas é possível usar Uber, além de ter uma linha de trem rápido que vem de Miami e chega ao centro de West Palm Beaches.

Por fim, vamos organizar sua mala. Palm Beaches é um destino quente, como toda a Flórida, mas leve um casaquinho pois pode ventar à noite.

Não se esqueça dos chinelos, mas também reserve algum look mais descolado, especialmente para os restaurantes. Você vai perceber, Palm Beaches é uma terra que transpira um ar despretensiosamente chique.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: ladobviagem

Andrea Miramontes, jornalista, viajante e curiosa. Sou vegetariana e jamais divulgo atrações que escravizem animais :) Faço os blogs Lado B Viagem e Patas ao Alto. Seja muito bem-vindo!

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Lado B Viagem da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.