Trem solar vai ligar o norte da Argentina a Machu Picchu

As obras do Tren de la Quebrada começaram em fevereiro de 2018

Por: Redação

A primeira parte da ferrovia turística que vai ligar três países da América do Sul deve ser entregue em agosto. O Tren de la Quebrada tem a ambição de unir Argentina, Bolívia e Peru em um trem movido a energia solar.

Quando finalizado em 2023, o Tren de la Quebrada vai unir a província argentina de Jujuy, famosa pela montanha colorida Cerro de los 7 Colores, a peruana Machu Picchu.

Trem solar
Crédito: Divulgação/Byron Bay Railroad CompanyO “Tren de la Quebrada” será o primeiro trem turístico da América Latina movido a energia solar

As obras começaram em fevereiro de 2018 e a primeira fase, de 20 quilômetros, vai ligar as localidades de Volcán, Purmamarca e Maimará, no norte da Argentina, em um trajeto de aproximadamente três horas.

De acordo com o ministro da Cultura e Turismo de Jujuy, Federico Posadas, a ideia é entregar a cada ano 22 quilômetros de trilhos.

Trem Solar
Crédito: Divulgação/Byron Bay Railroad CompanyTrem movido a luz solar usado na Austrália

O primeiro trem solar da América Latina terá apenas um vagão com capacidade para transportar cerca de 240 passageiros a uma velocidade de 30 km/h.

Para o projeto foram chamados técnicos e especialistas que fizeram a primeira linha turística alimentada com luz solar, a Byron Bay Train, na Austrália.