Veredito final: as ilhas mais bonitas do Caribe

Por: LALAREBELO.COM | Comunicar erro
Tags: #América

Acabei de voltar para o Brasil depois de quatro anos morando no Panamá. Durante esse tempo, porque estava pertinho, viajei muito pelo Caribe. Do Panamá há voos para praticamente toda a região!

Usei todo o meu tempo disponível (e orçamento! rs) para explorar essa região que é cheia de países e territórios paradisíacos, alguns ultra turísticos e outros totalmente desconhecidos. E cheguei a essa lista, que é o meu “veredito final”. Depois de conhecer dezenas de ilhas (escrevi sobre todas elas aqui) cheguei à lista das minhas ilhas favoritas. É óbvio que o fator “turquesa” foi relevante na decisão. Todas elas “explodiram o Turquesômetro“.

Exuma Cays, nas Bahamas, no Caribe

Vai ser difícil achar no planeta um lugar mais bonito e mais azul turquesa do que Exuma, nas Bahamas. O destino ficou famoso por causa da praia com os porquinhos nadadores (Pig Beach – Big Major Cay) mas Exuma é muito mais do que isso. Ilhas infinitas (mais de 365), praias desertas, vida marinha e fantásticos bancos de areia que se formam no meio do mar turquesa. Para chegar, o mais fácil é voar para Nassau, que fica na ilha de New Providence, e de lá voar para Great Exuma.

::: Clique aqui para ler todas as dicas de Exuma – Bahamas.

Ilha Parrot Cay – Turks and Caicos

Turks and Caicos arrancou suspiros do momento que pousei na ilha até o momento que parti. É que além do azul ser de um tom surpreendente, que parece até estar “aceso”, há mar turquesa por todos os lados. O território inteiro é protegido por corais, que fazem com que não haja uma praia sequer sem água cristalina. Da praia mais famosa, Grace Bay, às pequenininhas e escondidas, tudo é surpreendente. A ilha mais famosa do país é Providenciales, mas outras como Parrot Cay também são maravilhosas. Turks and Caicos é um destino sofisticado, com muitos hotéis de luxo e um turismo menos massificado.

::: Clique aqui para ler todas as dicas de Turks and Caicos.

Zemi Beach House – praia de Shoal Bay East – Anguilla

Anguilla, um pequeno território ultramarino britânico, é aquela ideia perfeita de Caribe. A areia é muito branca, a água é calminha (na maioria das praias) e muito azul. A ilha é tranquilona, com uma população de apenas 16 mil habitantes, mas já é cheia de hotéis legais. Shoal Bay East é a praia mais famosa (e considerada a mais bonita) da ilha. Por ser uma ilha na qual as praias ficam bem afastadas, é ideal alugar um carro (mas atenção, porque lá é mão inglesa!!). Faça AnguillaSaint Martin e St. Barth na mesma viagem!

::: Clique aqui para ler todas as dicas de Anguilla.

Isla Perro Grande – Arquipélago de San Blas – Panamá

O Arquipélago de San Blas é uma comarca indígena que fica na costa caribenha do Panamá, a aproximadamente 2h30 da capital, Cidade do Panamá (carro + barco). Um destino super rústico, onde não há hotéis. A hospedagem é feita em cabanas/barracas nas ilhas ou em veleiro. Fazendo “base” em uma ilha ou em um veleiro, é possível explorar várias outras. A beleza do lugar é surpreendente. Imagine estar em uma ilhotinha praticamente deserta (dessas de desenho animado) e poder explorar centenas de praias espalhadas pelo Mar do Caribe (são mais de 365 ilhas – uma para cada dia do ano?!). De arrepiar! Fui 24 vezes!

::: Clique aqui para ler todas as dicas de San Blas – Panamá.

Nos penhascos de Negril – Jamaica

Jamaica é um destino e tanto! Mas ao contrário da maioria das ilhas citadas aqui, é graaande! São necessários vários dias para explorá-la por completo e as distâncias são enormes. O mood da Jamaica é bem como diz seu estereótipo: muuuuita tranquilidade. Os lugares imperdíveis na minha opinião são Negril, na ponta oeste (cheio de penhascos), e Port Antonio, na ponta leste (onde fica a Lagoa Azul, a original, do filme). Mas já que provavelmente você vai chegar em Montego Bay (onde fica um dos aeroportos internacionais do país), precisa ir também para Ocho Rios, que está pertinho (e no meio do caminho entre Negril e Port Antonio).

::: Clique aqui para ler todas as dicas da Jamaica.

Praia Kenepa Grandi – Curaçao

Curaçao faz parte das Ilhas ABC (junto com Aruba e Bonaire) e fica pertinho do litoral da Venezuela. Tem personalidade própria, é descolada… O melhor a fazer é alugar um carro e explorar todas as praias espalhadas ao redor da ilha. Tem para todos os gostos: as mais selvagens e rústicas, as com ótima estrutura de bares e restaurantes, as mais desertas, as grandes, as pequenininhas… Amei Curaçao porque além das belezas naturais, o centrinho é muito gostoso. Destaque para as casinhas coloridas em estilo holandês, cartão-postal do destino. Faça o combo Aruba + Curaçao na mesma viagem.

::: Clique aqui para ler todas as dicas de Curaçao.

Província de Samaná, na República Dominicana

Quando se fala em República Dominicana, é comum pensarmos logo de cara em Punta Cana, né? Sim… E com razão. O balneário é o mais famoso do país, recebe turistas do mundo todo e possui uma super infra-estrutura. Mas o que muita gente não faz ideia é de que República Dominicana NÃO se resume a Punta Cana. Há muuuuitas outras áreas com praias lindas, vazias e praticamente desconhecidas, espalhadas por todo o território dominicano. E uma delas é a autêntica província de SAMANÁ, onde fica uma ilhota chamada CAYO LEVANTADO. Natureza quase virgem, praia de areia branca e água transparente e muito verde.

::: Clique aqui para ler todas as dicas de Cayo Levantado e Samaná – República Dominicana.

E aí, o que acharam das minhas escolhas? Qual ilha (ou QUAIS, lógico!!) você ficou louco para ir?

Por Lala Rebelo, autora do blog de viagens LALAREBELO.COM.

Siga-me no instagram @lalarebelo e curta minha página no facebook /LalaRebeloTravelBlog

Compartilhe:

Autor: LALAREBELO.COM

Lala Rebelo é autora do blog de viagens LALAREBELO.COM. Já morou em 6 países e viajou para mais de 60. Apaixonada por culturas diferentes, piscinas e azul turquesa.

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário LALAREBELO.COM da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.