Últimas notícias:

Loading...

Viajantes brasileiras provam: lugar de mulher é onde ela quiser

Viajantes brasileiras provam que indiferente de orçamento, estado civil e idade, objetivos de viagem e de vida podem se tornar realidade.

Nós já sabemos que “Lugar de mulher é onde ela quiser”, mas não tem data melhor para relembramos isso! E essas viajantes brasileiras provam que indiferente de orçamento, estado civil e idade, objetivos de vida podem se tornar realidade.

A pandemia trouxe novos cuidados e tendências para o turismo, mas com o retorno das viagens, o maior evento de mulheres viajantes do país está de volta.

A 3ª edição do Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes acontecerá presencialmente em São Paulo, nos dias 19 e 20 de março, com os protocolos necessários, muita alegria, troca de informação e novas amizades. No site tem todos os detalhes.

Neste Dia da Mulher, vamos aproveitar para compartilhar um pouquinho sobre as palestrantes deste ano!

Gilsimara Caresia @girlsgo (idealizadora do evento) soma mais de 100 países viajados. Após 17 anos atuando no mercado financeiro, tirou um sabático onde viajou o mundo por dois anos. Na volta, fez do hobby de viagem uma profissão. É Jornalista, Turismóloga e mestranda em turismo. Empreendedora, criadora da agência de viagens só para mulheres GirlsGo e do Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes.

Amably Monari @psicoontheroad Mulher, (neuro) psicóloga, lésbica, mestre em Mudança Social e Participação Política. Amably começou a pilotar em 2017, usando moto como meio de transporte, em 2019 fez a primeira grande viagem, foram 82 dias de Araraquara (São Paulo) até Rosário (Argentina). De lá para cá, muitas outras surgiram. Amably conta um pouco do seu projeto, das experiências de uma mulher viajando sozinha de moto por outros e países e compartilhar dicas para quem deseja ingressar ou já faz parte do mundo de duas rodas!

Andrea Claro @deiaclaro Quando se formou em odontologia, Andrea Claro decidiu morar e exercer sua profissão em uma cidade na praia: Ilhabela, conhecida como a “Capital da Vela”. Mas foi só aos 36 anos que ela se interessou por veleiros, e hoje, com 42, já tem muitas milhas navegadas. Oportunidades foram surgindo, e a maior delas foi atravessar o Atlântico em um veleiro, da França ao Caribe. Andrea fala de como iniciar a atividade ou como viver uma experiência turística em um veleiro.

Camila Agostinho @domodacuesta Depois de se formar em turismo, trabalhar em empresas do universo de viagens e ainda viajar por mais de 30 países em seu ano sabático, foi em plena pandemia que Camila Agostinho resolveu empreender em turismo. Em 2021 montou o Domo da Cuesta no interior de São Paulo, uma cabana no formato de domo geodésico que ela aluga por temporada. Isso em paralelo ao trabalho corporativo que exerce.

Elizabeth Werneck @elizabethwernek Viajar com crianças? A Elizabeth Werneck, é uma das influenciadoras na área de viagem e turismo que viaja em família. Ela compartilha sobre como foram as mudanças e a rotina de viagens após ser mãe. A pequena Iara tem 3 anos e já conhece mais de 20 países. Aos 4 meses de vida Iara passou o “mêsversário” na Croácia, Montenegro e Bósnia, e os 2 anos de vida foram para as Filipinas, Singapura e Malásia e não parou por aí.

Elizabeth com Iara, que provavelmente está entre as jovens viajantes mais ativas do Brasil: 3 aninhos e 30 países
Crédito: @elizabethwerneckElizabeth com Iara, que provavelmente está entre as jovens viajantes mais ativas do Brasil: 3 aninhos e 30 países

Isabella Santos @sampanegra – é mulher negra, Guia, Bacharela e Mestranda em Turismo pela USP. Desde que iniciou seus estudos no Turismo, identificou lacunas nas memórias da história e cultura negra. A partir disso fez do tema seu objeto de estudo e trabalho através do projeto Sampa Negra, Isabella vai, a partir de suas experiências, conta sobre como é possível transbordar as histórias e os afetos ao (re)contar sobre memórias e culturas negras, que estão na alma dos brasileiros, mas muitas vezes deixam de obter o devido reconhecimento.

Jéssica Paula@ajessicapaula é jornalista, viajou 34 países sozinha, acumula muitas aventuras pelo Brasil e pelo mundo. A viajante não é só inspiração pelo tudo que já fez, mas também por ter feito tudo isso apoiada em muletas. Na lista de países visitados, lugares como Etiópia, Sudão, Sudão do Sul, Uganda e Mauritânia. Entre as aventuras, a travessia dos Lençóis Maranhenses, com mais de 30km de caminhada em areia, ao que se sabe, foi a primeira pessoa a fazer tal façanha de muletas.

Jéssica Paula: atravessou recentemente mais de 30km de areia dos Lençois Maranhenses de muleta
Crédito: @ajessicapaulaJéssica Paula: atravessou recentemente mais de 30km de areia dos Lençois Maranhenses de muleta

Josefa Feitosa – @joviajando Assim que se aposentou, Josefa Feitosa decidiu realizar um dos seus sonhos: viajar o mundo. Vendeu o que tinha, pegou sua mochila, se despediu de filhos e neto e foi dar início a uma nova história: uma viagem sozinha por 48 países. Jô, mesmo sem falar inglês, fez do mundo a sua casa. Só no continente Europeu, viajou por mais de um ano. Jô inspira a todas nós!

Luana Solomon @luana.salomon , após 16 anos na área jurídica do mercado financeiro, pediu demissão para repensar seus objetivos, expandir horizontes e viver novas experiências. Atualmente, fez do motorhome Fênix a sua casa, viajando sozinha, ops! Na verdade, muito bem acompanhada dos seus cachorros, Chai e Gregor. O objetivo é chegar até o Ushuaia, o que
será um desafio com muito aprendizado, já que faz poucos meses que Luana teve sua primeira experiência com motorhome. Luana compartilhar sua jornada e dicas para quem quer fazer do motorhome um aliado das viagens.

Márcia Reis @coroamochileira Após uma vida dedicada ao trabalho e à família, a aposentadoria de Márcia Reis veio aos 51 anos. Aos poucos, a casa ficou vazia, sem nenhuma responsabilidade mais, a depressão chegou e quase ficou. A cura veio através das viagens, mas com orçamento limitado, a alternativa foi se tornar uma mochileira. Uma nova descoberta veio através dos trabalhos voluntários em viagens. Hoje, Márcia se identifica como Coroa Mochileira, mas, sem dúvidas, traz dicas e conhecimento para viajantes de todas as idades!

Da aposentadoria e depressão para a transformação por meio da viagem e trabalho voluntário
Crédito: @coroamochileiraDa aposentadoria e depressão para a transformação por meio da viagem e trabalho voluntário

Mari Christine @maripelomundo.blog é editora-fundadora do Blog Mari pelo Mundo e faz curadoria de conteúdo de viagem. Já esteve em 5 continentes e mais de 30 países. Usando os seus conhecimentos práticos, de mercado, e as suas várias formações em Turismo e Comunicação, Mari criou o Blog Mari pelo Mundo.

Marina Lhullier @viajarparaestudar e Carol Santin @Carol_Santin tiveram suas vidas transformadas pelos intercâmbios que fizeram. No evento, elas vão falar sobre todos os tipos de intercâmbio e quebrar muitos mitos que ainda estão na cabeça das pessoas como, por exemplo, de que intercâmbio é muito caro ou coisa de adolescente. O conteúdo das duas acaba de ser organizado em livro: “Intercâmbio para Todos: o que você precisa saber para estudar, trabalhar e viver no exterior”.

Vera Marques @pedalareviajar começou viajar de bicicleta depois de se aposentar aos 58 anos de idade. Passados 6 anos, já pedalou por 5 continentes e 19 países, mostrando que nunca é tarde para começar. Paulista, é mestre em psicologia clínica, casada há 41 anos, mãe de três filhos. Recentemente escreveu o livro: “Viajando de Bicicleta Mundo Afora”.

Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes

Quer ver essas palestras do 3 Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantesao vivo? Leitoras da Catraca Livre têm desconto especial para participar do 3º Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes. Ao fazer a inscrição, basta utilizar o código: CATRACA.

O evento será presencial cumprindo todos os protocolos de segurança, higiene e distanciamento. Será necessário apresentar o comprovante do esquema vacinal contra covid-19.

3º Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes
Quando: 19 e 20 de março de 2022, das 9h às 18h
Onde: Tênis Clube Paulista (Rua Gualaxo, 285, São Paulo)
Inscrições: somente antecipadas pelo site: www.encontromulheresviajantes.com.br

Em parceria com GirlsGo

Gilsimara Caresia, jornalista e turismóloga, viajou mais de 80 países sozinha, é criadora do projeto GirlsGo. Acredita na viagem como ferramenta de autodescoberta.

?>