Bolsonaro: Brasil é ‘um dos países que mais protegem o meio ambiente’

O presidente Jair Bolsonaro fez, nesta terça-feira, seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU (Organizações das Nações Unidas). O Brasil, por tradição, é o país que abre as falas dos líderes e teve como um de seus principais temas a questão da Amazônia.

Dizendo ter “compromisso solene” com a preservação ambiental, Bolsonaro classificou a cobertura da imprensa internacional sobre os incêndios recordes da Amazônia como “sensacionalista”. Segundo ele, é “falácia” dizer que o bioma é patrimônio da humanidade. O cacique Raoni Metuktire, conhecido internacionalmente, também foi alvo do presidente, pois ele não representaria todos os povos indígenas e apresentou a indígena Ysani Kalapalo como uma alternativa à defesa dos “nativos”.

“É uma falácia dizer que a Amazônia é um patrimônio da humanidade e um equívoco, como atestam os cientistas, afirmar que a Amazônia, a nossa floresta, é o pulmão do mundo. Valendo-se dessas falácias um ou outro país, em vez de ajudar, embarcou nas mentiras da mídia e se portou de forma desrespeitosa e com espírito colonialista. Questionaram aquilo que nos é mais sagrado, a nossa soberania”, disse, reforçando que o Brasil é “um dos países que mais protegem o meio ambiente”.

Confira no vídeo o trecho do discurso de Bolsonaro, em que o presidente fala sobre a Amazônia:

Leia mais: