Covid-19: novo tratamento com dexametasona pode reduzir mortes de pacientes graves

Pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, divulgaram nesta terça-feira, dia 16, um promissor estudo para o tratamento da covid-19 realizado com a dexametasona, um remédio barato que já é usado em tratamentos de doenças inflamatórias e respiratórias, reumatismo e alergia.

De acordo com os cientistas, o corticoide é o primeiro medicamento que comprovadamente reduz de forma significativa a mortalidade de pacientes com covid-19 hospitalizados.

A descoberta também é considerada um grande avanço porque, além de eficiente, a droga está amplamente disponível em qualquer farmácia e facilmente obtida em qualquer lugar do mundo. Confira no vídeo mais detalhes sobre o tratamento:

+