CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Impunidade de Victor não é caso isolado no Brasil de Bolsonaro

Victor Chavez, cantor sertanejo da extinta dupla Victor e Léo, foi condenado por agredir a esposa grávida de quatro meses com chutes e empurrões. Na ocasião, em 2017, a agressão foi filmada por câmeras de segurança.

A pena, fixada no dia 29 de novembro do ano passado, foi de apenas 18 dias de prisão em regime aberto, mais o pagamento de R$ 20 mil à vítima como “indenização em decorrência dos danos morais causados”.

Segue com a gente aqui pra entender que este tipo de impunidade não é um caso isolado e faz parte de um modus operandi cada vez mais comum no Brasil de Bolsonaro.