Nem os eleitores de Bolsonaro concordam com a indicação de Eduardo

Em meio às polêmicas que dão o tom nos primeiros oito meses do governo Bolsonaro, uma pesquisa recente mostra que a indicação de Eduardo para a embaixada dos Estados Unidos (EUA) dividiu até mesmo os próprios eleitores.

No levantamento da Quaest Consultoria e Pesquisa, 45% dos apoiadores de Bolsonaro são contra a indicação. A rejeição é ainda maior entre eleitores de outros partidos: 72% são contra e 29% a favor.

Diante das notícias que envolveram o clã Bolsonaro nas últimas semanas_como a interferência na Polícia Federal ou as denúncias feitas pelo deputado Alexandre Frota, o momento se projeta como o pior cenário político para o governo desde o início do mandato.