Netflix: ‘Cuba e o cameraman’ registra a história nua e crua de Cuba

“Cuba e o Cameraman”, de 2017, disponível na Netflix, é um registro de centenas de horas de gravações feitas por Jon Alpert, um cinegrafista americano, de 1974 até 2016, ano da morte de Fidel Castro.

Nesse longo período Jon fez inúmeras amizades com personagens da cidade e de zonas rurais e segue acompanhando suas peculiares histórias e dramas humanos que se desenrolam de forma inquietante ao mesmo tempo que se acentua a deterioração de Cuba.

No meio dessa narrativa podemos ver cenas incríveis com um Fidel descontraído como nunca havia se visto antes.

O filme, antes de qualquer plano ideológico e político coloca o olhar no humano. O que significam de verdade planos políticos, revoluções, no dia a dia de uma população? A realidade se mostra nua e crua`a nossa frente nesse potente e comovente registro.