Netflix: ‘The Family- Democracia Ameaçada’ revela grupo secreto

A minissérie “The Family: Democracia Ameaçada”, que pode ser vista na Netflix, mostra questões que te farão pensar em uma teoria, considerada por muitos, “conspiratória”.

Você já pensou que pode existir um poder acima do poder? Que pode haver um grupo que toma decisões independentemente do governo que foi eleito?

Inspirada no livro “The Family: The Secret Fundamentalism at the Heart of American Power”, do autor Jeff Sharlet, a série, de apenas 5 episódios, coloca o espectador dentro de uma trama que mistura filmagens de reconstituição, depoimentos reais e outros registros históricos.

O autor do livro, que é inclusive o principal locutor da narrativa, conta essa história vivenciada de perto; afinal, ele já foi membro desse grupo e por isso diz saber exatamente como funciona. O que fica evidente é que o foco das reuniões era, em um primeiro momento, passar os ensinamentos de Jesus para o meio político e então disseminá-los ao redor do mundo.
Contudo, conforme a narrativa vai se desenrolando uma dúvida começa a crescer: será que esta é realmente a intensão deles ou apenas um meio para conseguirem ainda mais poder? Como o próprio Jeff Sharlet fala: “ou este é o grupo mais ingênuo do qual já ouvi falar ou é o mais cínico de todos”.

Essa organização desde o seu surgimento já dava indícios sobre o caminho que gostaria de trilhar. Ela extinguiu da Bíblia todos os seus livros e deixou apenas os Evangelistas e Atos dos Apóstolos – rebatizando de “Atos dos Embaixadores”.
Doug Coe foi um dos maiores líderes da família e é um nome que aparece com frequência na série. Ele é considerado um dos homens mais poderosos de Washington e sabia como se manter nesse lugar: “Quanto mais invisível puder fazer a sua organização, mais influência terá”.

Com direção de Jesse Moss, vemos ao longo de “The Family: Democracia Ameaçada”, uma semelhança nas propostas das lideranças que são eleitas ao redor do mundo; uma direita tradicionalista em defesa da família e dos bons costumes e presidentes eleitos que atacam as minorias.

A reflexão que é colocada como foco da série é principalmente uma: Será que a democracia do mundo está ameaçada pela ação de um grupo que se pretende secreto e saído dos EUA?

De fato tem momentos que parece teoria da conspiração, mas vale assistir para tirar suas próprias conclusões. Será que é? Será que não?

Veja “The Family: Democracia Ameaçada” e mergulhe nesse mundo “secreto”.