Pronunciamento: Bolsonaro fala em democracia, mas defende ditadura militar

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um pronunciamento em rede nacional na segunda-feira, 7, feriado do Dia da Independência.

Ele citou fatos históricos que marcaram a construção a nação. Falou sobre a miscigenação que deu origem a cultura tipicamente brasileira. Lembrou da participação do país na luta contra o nazismo e fascismo na Segunda Guerra Mundial e da luta popular contra a sombra comunista na década de 1960,  mas sem fazer qualquer menção ao início da Ditadura Militar.

Apesar da omissão de um fato marcante da história recente, o presidente reiterou o compromisso do Brasil com a Constituição e com a preservação da democracia.

Confira no vídeo a íntegra do pronunciamento.