Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas

Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via de grande circulação no Rio de Janeiro.

Segundo informações da polícia, o sequestrador disse que era policial militar e estava armado com uma pistola de brinquedo e combustível. Ele ameaçava atear fogo no coletivo.

O sequestro durou cerca de três horas e meia até que o homem foi baleado e morto por um atirador de elite do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Os reféns foram liberados em segurança e sem nenhum ferimento.