Bloco Bota pra Moer convida Otto e Duda Beat para desfile em São Luis

Por: Redação

Bloco da dupla Criolina, formada por Alê Muniz e Luciana Simões traz os pernambucanos Otto e Duda Beat para o carnaval do Maranhão. A charanga do Bota pra Moer sai às ruas na terça-feira, dia 25 de fevereiro. O bloco toma a praça Maria Aragão, dentro do Circuito Beira-Mar, às 21h, e convida todos a brincarem o Carnaval.

Crédito: DivulgaçãoBloco Bota Pra Moer, da Criolina, sai pelo terceiro ano com participação de Duda Beat e Otto

Neste ano o Bota pra Moer leva para as ruas da cidade a bandeira da revolução: igualitê, fraternitê e libertê, uma chamada geral para o momento presente. “O carnaval é uma festa de potência e precisamos canalizar a energia para além da folia. A hora é de juntar força num mesmo grito pela liberdade de expressão, pela igualdade de direitos, pela real fraternidade e por respeito à cultura e à arte”, afirma Luciana Simões. “É preciso estar atento e forte, ocupando a rua com os olhos bem abertos”, completa Alê Muniz.

Crédito: @lrazzoLuciana Simões no ensaio do Bloco Bota Pra Moer

A charanga do Bota pra Moer é uma forma de chamar os brincantes para tocar junto, revivendo o espírito de “brincar o carnaval”. Quem quiser pode levar seus instrumentos que os músicos da trupe estarão a postos para orientar a galera. Serão 23 músicos, entre eles naipes de sopro e percussão.

Em seu terceiro ano no carnaval maranhense, o Bota pra Moer segue inspirado pelo personagem das ruas de São Luís que dá nome ao bloco. Mistura de louco e de gênio, Bota pra Moer foi um andarilho da cidade que marcou os anos 50 e 60 com histórias que fazem parte do imaginário popular.

Crédito: @lrazzoUma bateria dessas, bicho!

Para quem ainda quer participar no ensaio, no sábado, dia 8 de fevereiro, o bloco se reúne para um último ensaio aberto ao público. O encontro acontece a partir das 19h, na praça Maria Aragão.

O VilaMundo é uma parceria do Instituto Acqua com a Catraca Livre.


Imagem Carnaval Sem Assedio