Últimas notícias:

Loading...

Fundação das Artes realizará concertos musicais gratuitos em São Caetano do Sul

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação

A Fundação das Artes de São Caetano do Sul realizará o “Concerto Cameratas & Orquestra Sinfônica Jovem” até dia 23 de junho, às 20h30, no Teatro Timochenco Wehbi (Rua Visconde de Inhaúma, 730, Bairro Oswaldo Cruz – SCS). O evento gratuito e aberto ao público faz parte da programação da Mostra de Música da instituição.
O repertório contará com composições de Alberto Nepomuceno, Karl Jenkins, Capiba, Joseph Haydn, Chico Buarque, Edu Lobo e Pixinguinha.

A regência ficará por conta dos músicos e professores da Fundação Dorotheia Gruber, Alexandre Nicolai e Geraldo Olivieri Junior.
Programa

Camerata de Cordas (Regência: Dorothéia Gruber)
– Hallelujah (W. Boyce)
– Dreidel (folclore de Israel)
– Little Tom (folclore dos Estados Unidos)

Camerata de Cordas (Regência: Alexandre Nicolai)
Adágio (Alberto Nepumoceno)
Orquestra Sinfônica Jovem (Regência: Geraldo Olivieri Junior)
– Sinfonia n° 97 (Joseph Haydn)
– Choro Bandido (Edu Lobo e Chico Buarque)
– Concerto de Bateria (Pixinguinha)

Sobre a Orquestra Sinfônica Jovem
A Orquestra Sinfônica Jovem da Fundação das Artes é um grupo sinfônico que agrega alunos, ex-alunos e outros músicos da área da música erudita, cujo objetivo é a oferta da prática de orquestra e seus membros, fundamental ao instrumentista de orquestra que visa à profissionalização.
O repertório trabalhado consiste em obras tradicionais, como sinfonias, concertos, música erudita, brasileira, aberturas, além de arranjos de música popular e para formação. A Orquestra costuma realizar trabalhos junto a outros organismos da Fundação, além de convidar solistas renomados.

O trabalho é realizado com enfoque totalmente didático, tanto na escolha do repertório como no trabalho técnico de coesão, concepção de sonoridade e equilíbrio.

A Orquestra Sinfônica Jovem da Fundação é regida por Geraldo Olivieri Junior, violista e professor de Música de Câmara, que desenvolve importante trabalho pedagógico no ensino dos instrumentos de cordas.

Sobre as Cameratas de Cordas
São oferecidas aos alunos de violino, viola, violoncelo e contrabaixo como atividade prática obrigatória. Atualmente existem três grupos (iniciante, médio e adiantado).

Os alunos trabalham aspectos técnicos como afinação, sincronia de arcos e articulações, sonoridade etc., e desenvolvem a musicalidade e a interpretação adequada através da abordagem de repertório específico para o nível técnico de cada camerata.

DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook e Instagram

Compartilhe:

?>