Últimas notícias:

Loading...

Munícipes podem participar do Inventário do Patrimônio Histórico de São Bernardo do Campo

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua, em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Os moradores de São Bernardo do Campo (SP) podem escrever sobre uma manifestação cultural que gostariam de estar registrada no “Inventário Participativo do Patrimônio Histórico de São Bernardo do Campo: uma iniciativa de Educação Patrimonial”. O formulário está disponível aqui até 30 de Abril.

A elaboração do inventário faz parte do projeto “Inventário Participativo do Patrimônio Histórico de São Bernardo do Campo: uma iniciativa de Educação Patrimonial”. A ação foi desenvolvida pela Paradoxa Gestão Cultural e foi contemplada pelo edital “Memória e Patrimônio”, da Lei Federal Aldir Blanc.

Este projeto tem por objetivo a vinculação da história da região aos processos de aprendizagem. Pretende-se utilizar as categorias instituídas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), como lugares, saberes, objetos, celebrações e formas de expressão para ampliar narrativa sobre a história da cidade, a partir de bens materiais e imateriais.

Para isso, estão sendo realizadas escutas com diferentes setores da sociedade. O planejamento inicial do projeto envolvia encontros presenciais, mas devido às restrições impostas pela pandemia, o processo foi transferido para meio digital. Foi criado um formulário para conhecer o que os munícipes têm a dizer sobre o que consideram o patrimônio da cidade. O formulário está disponível neste link: https://forms.gle/qxyWfoosDct44axu5.

O interessado deve preencher o formulário, informando dados pessoais, contato e informações sobre a manifestação cultural que considera importante. A intenção é explorar de forma livre o que ele conhece sobre aquela manifestação e se tem interesse em conversar com a equipe sobre o assunto. A partir daí, serão selecionadas algumas respostas e agendadas entrevistas para que as manifestações culturais levantadas sejam aprofundadas.

Ao final deste processo, será desenvolvido um material didático para ser distribuído nas escolas municipais de São Bernardo. Junto dele, os professores terão acesso a videoaulas que falarão sobre temas relativos ao patrimônio histórico e o uso do Inventário Participativo na sala de aula.

O Inventário Participativo do Patrimônio Histórico de São Bernardo do Campo traz duas grandes contribuições para o cenário cultural e de preservação do patrimônio da cidade. A primeira é a participação da sociedade na constituição do que considera relevante para a história da cidade. A segunda é a vinculação do patrimônio à Educação, pois o ensino da história da cidade e o incentivo à preservação da memória têm a potencialidade de mobilizar os alunos para participar ativamente da comunidade em que está inserido.

O formulário criado para fomentar o Inventário Participativo contempla alguns eixos sobre a história da cidade: Diversidade Religiosa, Indústria, Cultura Nordestina, Meio Ambiente, Arte, Esporte e Alimentação. O preenchimento do formulário está disponível até 30 de abril. O projeto será encerrado em julho de 2021.

#DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook e Instagram

Compartilhe: