Últimas notícias:

Loading...

Rodrigo Régis apresenta show de lançamento do novo álbum autoral “Vamos Chamar o Sol” no Sesc Santo André

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação

Neste domingo (13/02) às 16h30, o cantor e compositor andreense Rodrigo Régis apresenta, na Área de Convivência do Sesc Santo André, o repertório de seu novo álbum autoral, “Vamos Chamar o Sol”. O show é gratuito para todos os públicos e conta com as participações especiais de Tata Alves e Curumin.

“Vamos Chamar O Sol” 

Em 1949, Dorival Caymmi compôs a canção “O Vento”, que se inicia com a frase: “Vamos chamar o Vento…”. 70 anos depois, o pedido vem de forma diferente. Em tempos de diálogos frios e convivências nebulosas, um chamado ao Sol se faz mais do que necessário para aquecer os corações, iluminar os pensamentos e trazer leveza à vida, em forma de sons, danças e cores vivas.

Do álbum, 4 das 10 faixas já foram lançadas no formato single, junto com videoclipes: “Vida Leve”, em 2019; “Geleia Baioque”, com participação do cantor Curumin, em 2020; “Dance Comigo”, em 2021; e “Amendoeira”, que tem participação da cantora paraibana Madu Ayá, também em 2021. Simultaneamente ao show de lançamento, as músicas serão disponibilizadas no site www.rodrigoregis.com para degustação. O disco completo estará disponível nas plataformas de música em março.

Sobre a proposta de lançar um álbum “solar”, Rodrigo revela: “Meu primeiro trabalho solo trouxe músicas com contexto mais introspectivo e reflexões. Neste segundo, quis trazer um clima mais dançante, expansivo e popular, logo me veio essa analogia à figura do sol, como o astro que aquece, ilumina, clareia e traz vida”.

O compositor vem trabalhando em “Vamos Chamar o Sol” desde 2018, mas algumas canções foram criadas nesse período de pandemia. Todo esse processo, de certa forma, serviu de inspiração, segundo ele: “Não tenho a pretensão de que o álbum seja um antídoto, mas quero que minha arte sirva para que as pessoas possam ter um pouco de leveza e esperança para seus dias, mas sem perder a clareza de todos os problemas que nos cercam. Durante a pandemia, fiz lives semanais em meu canal do Youtube e recebi muitos relatos de pessoas que me agradeciam por poder trazer música para suas casas nos períodos de restrições mais severas. Pessoas que perderam amigos e familiares, principalmente. Acredito que a música, e as artes de forma geral, tem esse poder de ajudar as pessoas”, completa Rodrigo.

Com essa temática solar, dançante e tropical, o show traz músicas que convidam o público a cantar e dançar, ao som de ritmos que vão do Ijexá ao carimbó, do baião ao Rock’n’Roll.

Rodrigo Régis  

Músico, compositor e produtor musical, integrou diversas bandas, com destaque para Poucas Trancas, grupo formado em 2004, que tinha como principal foco apresentar releituras de clássicos da música brasileira dos anos 70, além do lançamento de 4 álbuns autorais e shows performáticos, carregados de atitude e irreverência. Em 2015, Rodrigo apresenta ao público seu primeiro trabalho solo, intitulado “Entre o Antes e o Depois”. Paralela à produção autoral, em 2016, inicia parceria com a cantora e compositora Tata Alves, com shows de tributo aos Novos Baianos, O Grande Encontro e Tropicália, além de participação e premiação em diversos festivais de canção pelo país com a música “O Tempo e a Vida”. Agora chegou o aguardado momento de apresentar, ao vivo, as canções do segundo trabalho autoral e convidar o público a dançar e cantar junto.

Participações Especiais  

Tata Alves – Cantora, compositora e violonista do ABC Paulista, iniciou sua carreira cantando em casas de show locais. Em 2005, lançou seu primeiro EP, totalmente autoral, e ganhou visibilidade com sua música “TPM”. Gravou em 2014, no Rio, um disco produzido por Rodrigo Vidal, com selo Sony Music. Em 2018, lançou com sua banda, Janela, seu terceiro trabalho autoral. Além de shows em teatros do SESC, SESI e grandes palcos, abrindo para grandes nomes como Elba Ramalho, Fafá de Belém, Falamansa, Belo e Simone & Simaria, participou de festivais de música autoral levando premiações como melhor música, melhor vocal, melhor banda e aclamação popular. Tata está trabalhando, atualmente, em gravações de um novo disco.

Curumin – Luciano Nakata Albuquerque nasceu em São Paulo, em 1976. Baterista, compositor, cantor.  Iniciou sua formação musical com o violão, passando depois a estudar bateria, percussão e cavaquinho. Baterista profissional desde os 18 anos de idade, começou sua carreira como músico da banda de Paula Lima, entre 1997 e 2002. De lá pra cá, fez parte das bandas de Arnaldo Antunes, André Abujamra, Vanessa da Mata, Romulo Fróes, Guizado, Alzira Espíndola e Céu. Integra as bandas Sindicato do Groove, Zomba e Toca.

Ficha técnica:  

Rodrigo Régis (Voz, violão e guitarra)

Rafael Fuzaro (Baixo)

Nêgo Alê (Percussão)

Jon Murari (Guitarra)

João Domingues (Bateria)

Deivide Bubone (Trombone)

Marco Stoppa (Trompete)

Eramir Neto (Saxofone)

Rita Gutt (Backing Vocal)

Participações Especiais: Tata Alves (Voz) e Curumin (Voz)

***

Protocolos – Para adentrar as unidades do Sesc, no estado de São Paulo, é necessário apresentar comprovação da vacina contra a Covid-19, junto com um documento com foto.
- Maiores de 12 anos devem apresentar o comprovante contendo as DUAS doses ou dose única da vacina.
– Crianças de 05 a 11 anos devem apresentar o comprovante evidenciando UMA dose (conforme calendário do município).

O público pode apresentar o comprovante de vacinação físico, recebido no ato da vacinação, ou o comprovante digital, disponibilizado pelas plataformas VaciVida e ConectSUS ou pelo aplicativo e-saúdeSP. Mais informações em: www.sescsp.org.br/voltagradual. O uso de máscaras cobrindo nariz e boca é obrigatório durante o tempo de permanência nos espaços.

***

SERVIÇO

MÚSICA – SESC SANTO ANDRÉ

Rodrigo Régis – Show “Vamos Chamar o Sol”

Participações especiais: Tata Alves e Curumin

Dia: 13 de fevereiro, domingo, às 16h30

Grátis para todos os públicos

Classificação etária: livre

Local: Área de Convivência

Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André

Informações: (11) 4469-1200

DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook e Instagram

Compartilhe:

Tags: #Show
?>