Últimas notícias:

Loading...

Semasa recebe óleo usado em todas as Estações de Coleta de Santo André

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua, em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação

Para garantir um destino ambiental correto ao óleo de cozinha usado, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) coleta este tipo de resíduo em todos os ecopontos da cidade, desde 2008. Atualmente, a autarquia recebe – em média – 1.067 kg de óleo mensalmente que são destinados à reciclagem e transformados em sabão ecológico.

Crédito: Foto: Divulgação Semasa Semasa coletou no ano passado mais de 18 toneladas de óleo de cozinha por meio das Estações de Coleta. Foto: Divulgação Semasa

Qualquer morador que realizar o descarte de dois litros de óleo nas Estações de Coleta recebe em troca duas barras de sabão produzido a partir da própria reciclagem do produto. O óleo de cozinha levado aos equipamentos do Semasa é encaminhado ao Instituto Triângulo, que também é responsável pela produção do sabão.

Caso o munícipe não faça o descarte correto deste tipo de produto, jogando o óleo na rede de esgoto (na pia da cozinha, por exemplo), estará contribuindo para o aumento da poluição do meio ambiente. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), cerca de 700 milhões de litros de óleo são descartados anualmente de forma incorreta e sem controle.

“Jogado na rede de esgoto, o óleo chega às águas dos córregos e rios, podendo contaminar milhões de litros de água, afetando animais, plantas e todo o ecossistema aquático. Por isso, é tão importante que a população faça a sua parte”, comenta o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

Além disso, quando o óleo é jogado na rede de esgoto ele pode contribuir para o entupimento das tubulações, o que também pode ocasionar o retorno do esgoto para as residências e vias, além de levar ao mau funcionamento das estações de tratamento.

No ano passado, o Semasa coletou mais de 18 toneladas de óleo de cozinha por meio das Estações de Coleta. Este ano, no entanto, de janeiro a junho, a autarquia verificou que houve redução de 34% na quantidade recebida. Em 2021, até junho, foram contabilizados 6.404 kg de óleo, sendo a Estação de Coleta Antonina a campeã do recebimento – inclusive no ano passado.

Para descartar corretamente, basta que o morador leve o óleo usado dentro de garrafas pet ou outro recipiente com tampa. Os endereços e horários de funcionamento das Estações de Coleta podem ser verificados em http://bit.ly/EstacoesColeta.

#DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook Instagram

Compartilhe: