Últimas notícias:

Loading...

Sesc Santo André reabre teatro e retoma programação presencial com espetáculos cênicos e musicais

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação

Considerado um dos mais importantes espaços culturais do Grande ABC, o Sesc Santo André capricha nos preparativos para reabrir as portas de seu teatro e promover o tão esperado reencontro entre artistas e o público da região. Nos dias 29 e 30 de outubro, sexta e sábado, às 21h, o palco da unidade recebe a Cia LaMínima, com o espetáculo circense Ordinários. Ingressos – vendas online: no Portal Sesc SP. Vendas presenciais: exclusivamente no Sesc Santo André.

Crédito: Foto: Paulo Barbuto.Na reabertura ao público, a unidade recebe, nos dias 29 e 30 de outubro, a Cia LaMínima, com o espetáculo “Ordinários” . Foto: Paulo Barbuto.

A programação acompanha a retomada gradual das atividades no Sesc São Paulo, agora com a presença de público em seus espaços. Desde o dia 15 de outubro, outras unidades do estado reabriram seus teatros, com capacidade reduzida para até 80% do total de público. A agenda do Sesc Santo André, seguindo a retomada gradativa da programação presencial, já tem datas e atrações musicais confirmadas.  Em novembro: dias 5 e 6 – banda Supercombo e dias 12 e 13 – QG Imperial canta Peter Tosh. Em dezembro: dias 3 e 4 – Fabiana Cozza e dias 17 e 18 – Graça Cunha.

Mimo: o Café do Teatro também reabre e acolhe o público antes dos espetáculos.

Se de um lado há a expectativa do público de poder voltar a frequentar os espaços culturais, do outro há a dedicação de quem deseja ver esses espaços ocupados, proporcionando alegria e bem estar às pessoas, como define Jayme Paez, gerente do Sesc Santo André: “Apesar de ainda vivermos tempos em que é necessário manter os cuidados e seguirmos com rigor os protocolos de segurança, para o bem e saúde de todos e todas, esse é um momento de grande alegria e expectativa para todos nós, funcionários do Sesc, artistas, produtores, técnicos e principalmente para o público, que durante quase dois anos não pôde frequentar as salas de espetáculos. Retomamos com cuidado, responsabilidade, mas com um grande desejo de que vivamos momentos de emoção, no reencontro do público com artistas, de maneira presencial. E começar essa nova fase com um espetáculo do LaMínima é uma forma de celebrarmos o riso, a poesia e o sonho de que o mundo possa ser melhor para todas e todos. Esperamos ansiosamente o público no nosso teatro.”

ORDINÁRIOS 

O espetáculo de Newton Moreno com direção de Alvaro Assad conta a história de três soldados que formam um pelotão improvável em algum lugar. Diante da angústia da espera, esmeram-se em treinamentos até finalmente receberem uma missão. Quanto mais avançam pelo território inimigo, ficam evidentes os segredos que um esconde do outro e o quanto são inadequados para o mundo da guerra. Mas, afinal, quem é adequado para a guerra?

A Cia LaMínima – Domingos Montagner e Fernando Sampaio se conheceram no Circo Escola Picadeiro em São Paulo, onde iniciaram uma dupla de palhaços. Ali criaram e levaram às ruas reprises, entradas e outros números circenses, desenvolvidos sob a orientação do Mestre Roger Avanzi, o Palhaço Picolino. Em 1997, criam o Grupo LaMínima, com a estreia do espetáculo “LaMínima Cia. de Ballet”, baseada no humor físico e nas clássicas paródias acrobáticas. Há mais de duas décadas a Cia cria, produz e apresenta espetáculos fundamentados na arte do circo e do palhaço. Nesta trajetória, foram 16 espetáculos inspirados em manifestações populares de comunicação e cultura que podem ser desde a literatura clássica ou parques de diversão, como também a arte medieval, os quadrinhos ou os programas de rádio.

RETOMADA COM TODO CUIDADO  

Com capacidade de público reduzida, ingressos marcados, distanciamento seguro entre fileiras e cadeiras e uso obrigatório de máscaras cobrindo nariz e boca durante todo tempo de permanência, a unidade segue rigorosamente os protocolos para contenção do coronavírus. Para adentrar a unidade é necessário fazer a aferição da temperatura corporal e apresentar comprovante de vacinação físico ou digital contendo, pelo menos, a 1ª dose da vacinação contra o coronavírus e um documento com foto.

Sobre a apresentação do comprovante de vacina 

Desde o dia 04 de outubro, passou a ser necessário apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 (pelo menos a 1ª dose) e documento com foto para ingressar em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo. O público pode apresentar o comprovante de vacinação físico ou digital, recebido no ato da vacinação ou o comprovante digital, disponibilizado pelas plataformas VaciVida e ConectSUS ou pelo aplicativo e-saúdeSP. Mais informações em: www.sescsp.org.br/voltagradual.

SERVIÇO 

Dias: 29 e 30 de outubro, sexta e sábado, às 21h

Classificação Indicativa: 14 anos

Duração: 70 minutos

Local: Teatro do Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André

Ficha Técnica: 

Concepção: Alvaro Assad, Fernando Paz, Fernando Sampaio e Filipe Bregantim

Roteiro: Newton Moreno, Alvaro Assad e LaMínima

Assistente de Dramaturgia: Almir Martines

Direção e Preparação Mímica: Alvaro Assad

Direção musical e música original: Marcelo Pellegrini

Elenco: Fernando Paz, Fernando Sampaio, Filipe Bregantim

Venda de ingressos  

Online: no Portal Sesc SP.

Presencial: somente no Sesc Santo André.

A entrada na unidade para compra de ingressos segue os protocolos de segurança contra Covid-19.

Valores 

R$ 40,00 (inteira) para o público geral e R$ 20,00 (meia-entrada) para público com Credencial Plena válida e categorias elegíveis ao desconto de 50%, de acordo com a legislação vigente.

Estacionamento

R$6,00 – portadores de Credencial Plena válida

R$11,00 – público geral

DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook e Instagram

Compartilhe: