Editorias
arnaldo

Quadrinhos e um café com Arnaldo Antunes

  • Ver Dica Digital »
  • Getty Images

    Espaço oferece massagens e acupuntura gratuitamente

  • Ver Bem-Estar »
  • Araticum_-_por_Lui_Pesce

    'Pauliceia Sonora' apresenta grupo Araticum em show gratuito

  • Ver Ar Livre »
  • Reprodução

    Sai o glúten, fica o sabor: veja dicas de como substituir a substância

  • Ver Gastronomia »
  • Reprodução

    Espetáculo transporta os pequenos a aldeia indígena no domingo de páscoa

  • Ver Catraquinha »
  • Getty Images

    Itaú Cultural recebe série de debates gratuitos sobre futebol

  • Ver Educação »
  • Toninho_Ferragutti_-_Foto_Gal_Oppido_._Diego_Schissi_-_Foto_Santiago_Young

    Toninho Ferragutti e Diego Schissi tocam com a OCAM gratuitamente

  • Ver Universidades »
  • DailyDishonesty_interna

    As mentiras que nós contamos todos os dias

  • Ver Inovação »
  • Divulgação

    Segunda edição da 'Call Parade' vai pintar a cidade com as cores da seleção

  • Ver Urbanidade »
  • Nevinho/ Wikipedia

    Sesc-SP tem vagas para designer gráfico e aprendiz de atendimento e serviços

  • Ver Emprego »
  • Abajur de bagaço de cana - ONG Arte e Luz da Rua

    Venda de artesanato gera renda para apoiar projetos sociais em São Paulo

  • Ver Negócios »
  • Dicionário feito por crianças revela a adultos um mundo que já esqueceram

    em

    Um professor colombiano passou dez anos coletando definições de seus alunos e, como resultado, obteve um dicionário com verbetes ao mesmo tempo puros, lógicos e reais

    os verbetes

    Adulto: Pessoa que em toda coisa que fala, fala primeiro dela mesma (Andrés Felipe Bedoya, 8 anos)

    Ancião: É um homem que fica sentado o dia todo (Maryluz Arbeláez, 9 anos)

    Água: Transparência que se pode tomar (Tatiana Ramírez, 7 anos)

    Branco: O branco é uma cor que não pinta (Jonathan Ramírez, 11 anos)

    Camponês: um camponês não tem casa, nem dinheiro. Somente seus filhos (Luis Alberto Ortiz, 8 anos)

    Céu: De onde sai o dia (Duván Arnulfo Arango, 8 anos)

    Colômbia: É uma partida de futebol (Diego Giraldo, 8 anos)

    Dinheiro: Coisa de interesse para os outros com a qual se faz amigos e, sem ela, se faz inimigos (Ana María Noreña, 12 anos)

    Deus: É o amor com cabelo grande e poderes (Ana Milena Hurtado, 5 anos)

    Escuridão: É como o frescor da noite (Ana Cristina Henao, 8 anos)

    Guerra:Gente que se mata por um pedaço de terra ou de paz (Juan Carlos Mejía, 11 anos)

    Inveja: Atirar pedras nos amigos (Alejandro Tobón, 7 anos)

    Igreja: Onde a pessoa vai perdoar Deus (Natalia Bueno, 7 anos)

    Lua: É o que nos dá a noite (Leidy Johanna García, 8 anos)

    Mãe: Mãe entende e depois vai dormir (Juan Alzate, 6 anos)

    Paz: Quando a pessoa se perdoa (Juan Camilo Hurtado, 8 anos)

    Sexo: É uma pessoa que se beija em cima da outra (Luisa Pates, 8 anos)

    Solidão: Tristeza que dá na pessoa às vezes (Iván Darío López, 10 anos)

    Tempo: Coisa que passa para lembrar (Jorge Armando, 8 anos)

    Universo: Casa das estrelas (Carlos Gómez, 12 anos)

    Violência: Parte ruim da paz (Sara Martínez, 7 anos)

    A Feira do Livro de Bogotá, que aconteceu no final de abril, teve como maior sucesso um livro chamado “Casa das estrelas: o universo contado pelas crianças”. Mais especificamente, uma parte dele: um dicionário feito por crianças que traz cerca de 500 definições para 133 palavras, de A a Z.

    Apesar de lançado originalmente em 1999, o livro foi reeditado neste ano. Javier Naranjo, o autor, conta que compilou as informações durante dez anos enquanto trabalhava como professor em diferentes escolas do estado de Antioquía, região rural do leste do país.

    A ideia surgiu quando, em uma comemoração do Dia das Crianças, ele pediu que seus alunos definissem a palavra “criança”. O resultado encantou o professor – uma das definições era “uma criança é um amigo que tem o cabelo curtinho, não toma rum e vai dormir mais cedo”. A partir daí foram surgindo novas definições, que eram sempre anotadas e guardadas.

    Para ele, as crianças têm uma lógica diferente, uma maneira própria de entender o mundo e de revelar muitas coisas que os adultos já esqueceram. É assim que, no peculiar dicionário, o adulto é uma “pessoa que em toda coisa que fala, fala primeiro de si”,  água é uma “transparência que se pode tomar”, um camponês “não tem casa, nem dinheiro. Somente seus filhos” e a Colômbia é “uma partida de futebol”.

    Confira no box ao lado alguns dos verbetes encontrados no livro.

    Com informações da BBC Mundo.

    reprodução

    reprodução

    O professor com algumas de suas crianças. no total foram quase 500 definições para 133 palavras diferentes captadas em dez anos de aulas.

    Comentários (71)

    • Responder

      Por Neusa Rodrigues Machado em 10 de março de 2014 as 6:40.

      Meus olhos ficaram cheios d’água. Lindo por demais!

    • Responder

      Por CLÁUDIA CHESINI em 9 de março de 2014 as 16:57.

      Parabéns pela iniciativa e especialmente pela divulgação!
      Os adultos agradecem pois retomam a experiência de ser criança.
      As crianças agradecem pois tem a possibilidade de serem um pouco mais compreendidas, e assim, juntos, mais felizes!
      Saludo!!

    • Responder

      Por Anna Innocencio em 25 de dezembro de 2013 as 19:47.

      Esse dicionário feito com definições de crianças foi impresso? Ou é só virtual? É vendido?

      Desde já, agradeço a atenção
      Anna Innocencio

    • Responder

      Por Javier Naranjo em 11 de julho de 2013 as 11:12.

      Un saludo a todos, y mis agradecimientos por sus generosas palabras a esa poesía que los niños nos revelan para que no olvidemos. El libro puede ser conseguido en español en casi todas las librerías de Bogotá y Medellín. La librería lerner lo envía a otros países: http://www.librerialerner.com.co/. En Brasil va a ser publicado en su lengüa, en noviembre de este año.

      Un abrazo,

      Javier N.

      • Responder

        Por Felipe Blumen em 6 de agosto de 2013 as 17:39.

        Hola, maestro. Mucho gusto de ver su respuesta. Bueno que la materia ha llegado hasta usted. Sin duda quedaremos atentos al lanzamiento del libro por acá.

        Abrazos,

        Felipe Blumen

    • Responder

      Por Alaide Bernardo da Silva em 3 de julho de 2013 as 13:31.

      Bem que Jesus fala,Vinde a mim as criancinhas!Deus os abençoe!

    • Responder

      Por Fernanda em 28 de junho de 2013 as 10:14.

      Simplesmente maravilhoso!!!!

    • Responder

      Por Sandra Maria Bustamante Cacciaguerra em 10 de junho de 2013 as 19:40.

      Poetas maravilhosos…..

    Os comentários não representam a opinião do Catraca Livre. A responsabilidade é do autor da mensagem.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Os comentários não representam a opinião do Catraca Livre. A responsabilidade é do autor da mensagem.

    X

    DETESTAMOS POP UP !

    MAS ACHAMOS QUE VOCÊ GOSTARIA DE
    TESTAR ESSE SERVIÇO PERSONALIZADO

    Não perca mais nenhum evento !

    Shows, Teatros, Cursos, Baladas, Exposições...

    Conectar com Facebook
    • Conectar-se

    • Defina suas preferências

    • Receba dicas