Últimas notícias:

Loading...

Megaexposição da dupla OSGEMEOS na Pinacoteca é prorrogada

Referência da street art no país e no mundo, a dupla expõe obras inéditas e clássicas em sete galerias do museu

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Atenção: segundo decreto do Governo do Estado, entre 6 e 19 de março SP entra na fase vermelha, suspendendo eventos culturais e outros serviços não essenciais. Leia mais aqui.

Após sete meses fechada, a Pinacoteca retoma suas atividades com força total! E a boa notícia para quem já não aguentava de saudades desse museu é a inauguração da aguardada exposição da dupla OSGEMEOS!

Com curadoria do alemão Jochen Voltz, a mostra “OSGEMEOS: Segredos” – que estava prevista para abrir em março e foi adiada por conta da pandemia do novo coronavírus – ocupa sete galerias do primeiro andar da Pina, a área do octógono, um dos pátios do edifício e outros espaços internos e externos.

A exposição pode ser conferida entre os dias 15 de outubro e 3 de maio de 2021, de quarta a segunda, das 14h às 20h, sempre com horários agendados por meio deste site. Os ingressos custam R$25 (inteira) e R$ 12,50 (meia-entrada) – exceto aos sábados, que têm entrada gratuita!

OSGEMEOS Pinacoteca
Crédito: Levi Fanam (Divulgação)Cerca de 60 trabalhos, sendo a maioria inéditos no Brasil, ocupam diversos espaços internos e externos do museu

Enquanto durarem o período de medidas de combate à pandemia de Covid-19, os ingressos para todas as exposições da Pinacoteca serão postos à venda sempre no final da tarde da sexta-feira para os 7 dias subsequentes. Não serão oferecidos ingressos para períodos mais longos para evitar possíveis cancelamentos em razão das medidas governamentais do Plano São Paulo.

Considerados dois dos maiores representantes da arte urbana brasileira, os irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo exibem mais de 1.100 itens – muitos deles inéditos no país – nessa mostra panorâmica, que abrange diversos momentos da produção dos artistas!

Bora saber mais?

Os visitantes podem ver pinturas, instalações imersivas e sonoras, esculturas, intervenções site specific, fotografias, desenhos e cadernos de anotações – esses últimos, da fase ainda adolescente e apresentados ao público pela primeira vez, antecedem os famosos personagens amarelos, abrindo caminho para a compreensão da raiz de seu surgimento.

A exposição tem a proposta de contar alguns segredos sobre OSGEMEOS ao evocar vários momentos de sua carreira, desde o comecinho nos meados dos anos de 1980, a forte influência da cultura hip-hop e referências autobiográficas.

OSGEMEOS Pinacoteca
Crédito: Levi Fanam (Divulgação)Os trabalhos d’OSGEMEOS contam histórias – às vezes autobiográficas – cujas tramas envolvem fantasia, relações afetivas, questionamentos, sonhos e experiências de vida

Para mostrar que a arte d’OSGEMEOS ocupou toda a Pinacoteca, o tradicional letreiro com o nome da instituição – criado pelo premiado designer gráfico Carlos Perrone nos anos 90 – é temporariamente substituído por uma placa luminosa vermelha, com tipografia no estilo bomb. Olha só:

OSGEMEOS Pinacoteca
Crédito: @pinacotecaspCom a abertura da exposição OSGEMEOS: Segredos, o letreiro do museu foi temporariamente substituído por uma versão em néon criado pela dupla de artistas

Um dos destaques é da mostra é “Piano” (2019), que foi exposta pela primeira vez em um concerto feito pela dupla com o grupo de dança Flying Steps no museu de arte contemporânea Hamburger Bahnhof, na Alemanha.

A obra é composta por uma escultura de um b-boy em um passo de dança conhecido como “moinho de vento”. Essa figura é instalada sob o tampo de um piano revelando, o contraste do instrumento clássico com o movimento hip-hop. Saca só que legal:

Outros destaques são duas telas feitas pelos irmãos em parceria com Banksy, um dos mais famosos artistas contemporâneos britânicos, que esconde sua identidade do mundo – e que procurou OSGEMEOS em Nova York.

Ainda vale a pena conferir desenhos feitos pelos artistas na infância que estão colados nas paredes de uma das salas da Pinacoteca, como lambe-lambes, a miniatura de um vagão de trem – típico do metrô nova-iorquino dos anos 70 – que os artistas cobriram com seus graffitis e fotografias de artes feitas nas ruas de várias cidades do mundo.

Confira o teaser da exposição d’OSGEMOS na Pinacoteca:

View this post on Instagram

Olá a todos! Vamos abrir a exposição “SEGREDOS” a partir do dia 15/10! 👈🏻 A mostra tem sua estréia marcada para a Pinacoteca Luz @pinacotecasp . No dia 13/10 às 18:30, faremos uma live com Jochen Volz (curador e diretor geral do museu) para falarmos sobre a exposição! Para garantir sua visita, os ingressos precisam ser reservados no site da Pinacoteca: www.pinacoteca.org.br. É só entrar no site, que está tudo super explicado, mostrando como fazer para garantir sua entrada e os procedimentos de segurança. (Ingressos apenas pelo site) Os ingressos são gratuitos até o dia 23/10. Garanta o seu! Agradecemos a todos! Nos vemos na Live do dia 13, às 18:30 E boa exposição ✨❤️🙏🏼 Hello! We will open the show “SECRETS” on 10/15. 👈🏻 The show has its opening scheduled for Pinacoteca Luz @pinacotecasp. On the 10/13 at 6 pm, we will have an Instagram live with Jochen Volz (curator and general director of the Pinacoteca museum) to talk about our new exhibition “SEGREDOS”! To guarantee your visit, tickets need to be booked on the Pinacoteca website: www.pinacoteca.org.br. Just click on the link, everything is well explained, showing how to ensure your entry and security procedures. (Tickets only through the website). Tickets are free until 10/23. Guarantee yours! We thank you all! See you on the 13th for Instagram live at 6:30pm!! And enjoy the show! ✨❤️🙏🏼 #pinacoteca #segredos #contemporanyart #osgemeos

A post shared by osgemeos (@osgemeos) on

Preserve sua saúde!

Para garantir a sua segurança, a Pinacoteca preparou uma série de cuidados que você deve respeitar durante a visita à exposição, de acordo com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). A primeira delas é que a venda/reserva de ingressos será sempre online e o museu funciona com capacidade reduzida. Leve seu voucher impresso ou no celular para facilitar a entrada.

Além disso,  para entrar no espaço você deve vestir máscara de segurança (cobrindo toda a boca e nariz) e sua temperatura corporal será medida (quem tiver com mais de 37,5ºC e sintomas visíveis de gripe não poderá ver a exposição). Também não é recomendável usar mochilas, sacolas e bolsas muito grandes, pois o guarda-volumes funciona parcialmente. Não vá à Pina de carro, pois o estacionamento está fechado.

Durante a visitação, respeite a distância de 1,5 metro entre as pessoas, siga o trajeto indicado, não consuma alimentos e bebidas no museu, não tire sua máscara para fotos e não descarte luvas, máscaras e objetos de uso pessoal no lixo do espaço. A instituição disponibiliza álcool em gel 70% em vários cantos.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Que tal curtir mais graffitis pela cidade?