Frans Krajcberg ganha exposição na Casa Museu Eva Klabin

Obras de Frans Krajcberg dividem espaço com o acervo permanente da Casa Museu Eva Klabin no projeto 'Respiração'
Até
17
de fevereiro 2019
Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Das 14h às 18h

Museu

Por: Redação | Comunicar erro

Fotos, videoinstalações e outras obras do artista e ativista ambiental retratam as destruições da guerra e da natureza

Tem exposição nova no circuito carioca! Um dos maiores nomes da arte contemporânea brasileira, Frans Krajcberg é o grande homenageado do “Projeto Respiração” da Casa Museu Eva Klabin. Lado a lado com o acervo permanente, sete grandes obras, fotos e videoinstalações do artista, que foi também um ativista das causas ambientais, podem ser vistas no espaço cultural.

Uma tensão expressiva entre a destruição da Segunda Guerra Mundial e a destruição da natureza, dois momentos marcantes da vida de Krajcberg, está presente na mostra, batizada de “Respiração Krajcberg”. Quem assina a curadoria é Marcio Doctors, responsável pelo projeto que aproxima arte clássica e contemporânea na Eva Klabin. A entrada custa R$ 10 e R$ 5 (meia), e é gratuita aos finais de semana e feriados.

Obras de Frans Krajcberg na exposição 'Respiração Krajcberg'
Crédito: Mario Grisolli/DivulgaçãoObras de Frans Krajcberg dividem espaço com o acervo permanente da Casa Museu Eva Klabin no ‘Projeto Respiração’

A Sala de Jantar, o Auditório e o Quarto de Dormir recebem as videoinstalações, compostas por fotografias de queimadas tiradas pelo artista, retratos dele feitos por Luiz Garrido e imagens da viagem ao Alto Amazonas, quando foi redigido o “Manifesto Rio Negro”, marco fundamental em seu trabalho e na história da arte. Enquanto contempla as obras, o visitante ouve o “Choro nº 10”, de Villa-Lobos, e o “Canticum Naturale”, de Edino Krieger.

Mais sobre o ‘Projeto Respiração’

“Respiração” é um programa de longa duração que une o acervo de arte clássica da Casa Museu Eva Klabin à produção contemporânea. Iniciado em 2004 pelo curador Marcio Doctors, ele já é referência cultural no Brasil e  uma marca da instituição. A proposta pretende criar novas camadas de interpretação da coleção para as diferentes gerações que visitam o espaço cultural, instigando novos olhares.

Até 17 de fevereiro de 2018, o projeto apresenta a mostra “Respiração Krajcberg”, de terça-feira a domingo, das 14h às 18h.

Compartilhe:

Autor: Por: Redação