Igreja da Penha: para os fortes e para os fracos

Por: O que fazer no Rio

Levei muitos anos pra conhecer a famosa escadaria da Penha. Admito que eu não acreditava ser capaz de subir aquilo tudo. Ouvia falar em 382 degraus e já descartava a ideia da cabeça com pavor de ter um mini-infarto lá em cima (chora no sedentarismo), até que a necessidade de desbravar novos cantos pela cidade me obrigou a ir até lá em um sol escaldante de quase 50 graus.

Igreja da Penha, na Zona Norte do Rio

Para meu completo deleite, a subida é MOLEZINHA e não houve nenhum motivo para tanto pânico. Primeiro porque pra subir até o topo tem moto táxi por R$ 3 ou “bondinho” da Penha que te deixa aos pés da escadaria e é GRATUITO. Ainda tem mais colher de chá: chegando aos degraus ainda tem outro veículo sobre trilhos que te deixa na porta da igreja sem precisar subir escada nenhuma. Mesmo que a sua promessa seja subir tudo de joelhos te garanto que você vai conseguir!

Achei ótima essa facilidade, visto que muitos deficientes físicos, idosos, grávidas e crianças visitam o santuário. Mas a graça está exatamente em subir as escadas, né não? Por falar nelas, elas são bem amplas e espaçadas e o caminho é todo traçado com fitinhas coloridas do Senhor do Bonfim.

Subindo sem crise a escadaria da Penha

Por dentro, a igreja é muito lindinha. Em tons de branco e azul, parece com aquelas igrejinhas de cidade do interior. Ainda aproveito para sugerir que não deixe de dar una olhada na parte de trás da Igreja, a visão pra Av. Brasil e Linha vermelha é de tirar o fôlego (Av. Brasil e Linha vermelha siiim, porque o Rio não é só Arpoador). É uma visão de 360 graus que engloba quase toda a Zona Norte e Oeste da cidade. Foi muito emocionante enxergar a Cidade Maravilhosa por esse ângulo onde não coube espaço para nenhuma pontinha de azul do mar.

Lindinha, né?

ALERTA: a região é um pouco perigosa, procure não ir muito tarde.

Informações úteis: tem estacionamento ao lado da entrada da Basílica.
Horário do bondinho: segunda a sábado, das 6h30 às 18h30, e domingo 6h às 18h30 – e é Catraca Livre!

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.