Labirinto bom de se perder: conheça o bar no subsolo do Municipal

Bar dos Arcos mantém estrutura rústica de 1911, mas ganha balcões luminosos e drinques especiais
Por: Redação | Comunicar erro

Inaugurado no fim de 2018, o Bar dos Arcos mantém a estrutura original dos corredores subterrâneos do Theatro Municipal

Estrutura rústica, balcões iluminados e cartelas de drinques autorais e feitos por uma renomada barwoman. Esses são alguns dos principais atributos do Bar dos Arcos, o luxuoso boteco que fica no subsolo do Theatro Municipal.

Balcões luminosos do Bar dos Arcos no subsolo do theatro municipal
Crédito: divulgação/Cleiby TrevisanBar dos Arcos mantém estrutura rústica de 1911, mas ganha balcões luminosos e drinques especiais
Moveis luxuosos em segundo ambiente do bar dos arcos
Crédito: divulgação/Cleiby TrevisanMóveis mais luxuosos fazem parte do ambiente lounge do Bar dos Arcos
balcões luminosos do bar dos arcos
Crédito: divulgação/Cleiby TrevisanBar dos Arcos é o labirinto bom de se perder

Dirigido pelo empresário “dono” da noite de São Paulo, Facundo Guerra, o bar foi inaugurado no fim de 2018 e, por enquanto, funciona em soft opening, com sistema de reservas e menu fechado. A proposta é que ainda este ano o local apresente seus cardápio de comes e bebes completos.

O Bar dos Arcos é dividido em dois ambientes. Em um deles há balcões retrôs iluminados onde há espaço para muitas pessoas experimentarem os drinques e trocarem ideia, e a ideia é essa mesmo.

Segundo, Guerra, em entrevista ao A vida no centro, o ambiente foi pensado de maneira minimalista: “queremos apenas três elementos: humanos, drinques e arcos”, e inspirado no bar do hotel Overlook, onde se passa “O Iluminado” (1980), de Stanley Kubrick.

Já o segundo espaço é bem mais luxuoso e seus móveis foram encomendados por uma famosa loja de decoração. Esse ambiente foi pensado para que as pessoas fiquem confortáveis enquanto conversam e apreciam a beleza dos arcos subterrâneos, datados de 1911.

Para as bebidas, Facundo Guerra e seu sócio, Cairê Aoas, trouxeram ao Brasil a barwoman argentina Chula. Ela assina os drinques de gim, lichia, limão, aquafaba e açúcar de framboesa e a de tequila, vinho branco, gengibre, limão-taiti e soda de hibisco. A barista do renomado Florería Atlântico, em Buenos Aires, também é responsável pela seleção de cervejas e vinhos.

Quanto aos preços dos bares, nada exorbitante mas um pouco mais salgado que o boteco do happy hour. Para curtir um drinque no Bar dos Arcos, você desembolsa a partir de R$ 28. Já as comidinhas foram pensadas para compartilhar, com valores acessíveis, segundo Facundo Guerra em entrevista ao Guia da Folha.

A programação musical, por sua vez, deve estar relacionada à do Theatro Municipal. A música eletrônica experimental vai se juntar à clássica para embalar o ambiente. A ideia é que os artistas sejam os próprios membros de bandas e orquestras que se apresentam na superfície.

Tá a fim de conhecer o Bar dos Arcos? O bar abre de terça a sábado, das 19h às 3h. Para informações a respeito das reservas, o telefone do espaço é o (11) 2039-1250.

Compartilhe:

Autor: Por: Redação