Conheça o Museu do Samba no Rio e seu acervo riquíssimo!

Por lá, o visitante confere exposições como 'Dona Zica da Mangueira e do Brasil'

Museu

Por: Redação | Comunicar erro

Com mais e 45 mil itens, o maior centro de referência da memória do gênero no Brasil abriga exposições e promove atividades como rodas e oficinas

​Não tem como falar de Rio de Janeiro sem falar de samba! Além de curtir o melhor do ritmo no Carnaval e nas rodas que acontecem o ano todo na cidade, você também pode conhecer mais sobre a sua história no Museu do Samba. Aos pés do Morro da Mangueira, ele é considerado o maior centro de referência da memória do gênero no Brasil.

A organização cultural sem fins lucrativos foi criada como Centro Cultural Cartola, em 2001, por netos do sambista. É um espaço de valorização do samba e da sua gente, com mais de 45 mil itens de acervo, entre pinturas, fotografias, indumentárias, estandartes, livros… Muitos doados pelos próprios bambas ou pelas famílias.

Museu do Samba
Crédito: DivulgaçãoMuseu do Samba é considerado o maior centro de referência do gênero no Brasil
Museu do Samba
Crédito: DivulgaçãoO museu tem um acervo único com mais de 45 mil itens, que contam a história do samba
Museu do Samba
Crédito: DivulgaçãoPor lá, o visitante confere exposições como 'Dona Zica da Mangueira e do Brasil'
Museu do Samba
Crédito: DivulgaçãoO espaço também promove oficinas, palestras, encontros, capacitações, entre outras atividades
Museu do Samba
Crédito: DivulgaçãoTambém tem roda de samba na programação!

Por lá, o público confere exposições de longa duração, entre elas “Ocupação 100 Anos do Samba”, que apresenta objetos raros como um terno de Zé Ketti, instrumentos musicais criados por sambistas e figurinos usados na Sapucaí. Já os espaços “Simplesmente Cartola” e “Dona Zica da Mangueira e do Brasil” homenageiam os dois ícones da nossa música com itens doados pela família: manuscritos de composições e demais textos de Cartola, fotografias, o convite do casamento, roupas e acessórios usados por Zica, e mais.

Além de apreciar, qualquer um pode consultar todo esse acervo para pesquisa. A programação conta ainda com rodas de samba, palestras, encontros, capacitações, oficinas, entre outras atividades que fortalecem o processo de salvaguarda do samba enquanto Patrimônio Cultural do Brasil.

O Museu do Samba fica recebe visitantes de segunda a sexta, das 10h às 17h. Aos sábados e domingos, somente com agendamento prévio (3234-5777 ou contato@museudosamba.org.br). A entrada para ter acesso a toda essa riqueza é só R$10!

Compartilhe:

Tags: #Agenda Rio de Janeiro #CurtaRJ #Museu #o que fazer no rio #o que fazer no rio de janeiro #Samba
Autor: Por: Redação
1 / 8
1
04:26
O melhor do fim de semana em SP: 27 e 28 de abril
Oi, pessoal! Vim aqui só com boas notícias! Tenho dicas maravilhosas para você curtir seu final de semana em São …
2
01:26
Sandy & Júnior: já comprou o seu ingresso?
Sandy & Júnior estarão juntos no palco mais uma vez. A dupla queridinha da década de 90 vai fazer uma turnê …
3
02:32
Casa de Pedra é o lugar para você praticar escalada em SP
São Paulo é um grande mar de opções para quem quer se divertir, inclusive praticando esportes radicais sem precisar sair …
4
01:43
Carburadores, o paraíso da carne defumada em SP
O Carburadores é aquele típico restaurante sem mimimi, com ambiente rock´n roll, menu enxuto de sanduíches, entradas e pratos principais …
5
02:59
Exposição Mickey 90 Anos
Oh boy! Há 90 anos nascia o personagem mais famoso do mundo: Mickey! E para celebrar seu nonagésimo aniversário, São Paulo …
6
02:03
Conheça a Chácara Turma da Mônica
A Chácara Turma da Mônica, em Pinheiros, é o primeiro restaurante da turminha do Maurício de Sousa. O lugar …
7
02:16
Já imaginou fazer rapel no prédio mais icônico do centro de SP?
Já imaginou fazer rapel em um dos prédios mais icônicos e altos do centro de São Paulo? Foi exatamente isso …
8
02:26
Conheça o tobogã de capsula mais alto do mundo
Já imaginou despencar a mais de 100 km/h, simulando uma queda livre a 40 metros de altura? É justamente essa …