Conheça o Museu do Samba no Rio e seu acervo riquíssimo!

Com mais e 45 mil itens, o maior centro de referência da memória do gênero no Brasil abriga exposições e promove atividades como rodas e oficinas

Por: Redação

​Não tem como falar de Rio de Janeiro sem falar de samba! Além de curtir o melhor do ritmo no Carnaval e nas rodas que acontecem o ano todo na cidade, você também pode conhecer mais sobre a sua história no Museu do Samba. Aos pés do Morro da Mangueira, ele é considerado o maior centro de referência da memória do gênero no Brasil.

A organização cultural sem fins lucrativos foi criada como Centro Cultural Cartola, em 2001, por netos do sambista. É um espaço de valorização do samba e da sua gente, com mais de 45 mil itens de acervo, entre pinturas, fotografias, indumentárias, estandartes, livros… Muitos doados pelos próprios bambas ou pelas famílias.

Museu do Samba
Museu do Samba é considerado o maior centro de referência do gênero no BrasilDivulgação
Museu do Samba
O museu tem um acervo único com mais de 45 mil itens, que contam a história do sambaDivulgação
Museu do Samba
Por lá, o visitante confere exposições como 'Dona Zica da Mangueira e do Brasil'Divulgação
Museu do Samba
O espaço também promove oficinas, palestras, encontros, capacitações, entre outras atividadesDivulgação
Museu do Samba
Também tem roda de samba na programação!Divulgação

Por lá, o público confere exposições de longa duração, entre elas “Ocupação 100 Anos do Samba”, que apresenta objetos raros como um terno de Zé Ketti, instrumentos musicais criados por sambistas e figurinos usados na Sapucaí. Já os espaços “Simplesmente Cartola” e “Dona Zica da Mangueira e do Brasil” homenageiam os dois ícones da nossa música com itens doados pela família: manuscritos de composições e demais textos de Cartola, fotografias, o convite do casamento, roupas e acessórios usados por Zica, e mais.

Além de apreciar, qualquer um pode consultar todo esse acervo para pesquisa. A programação conta ainda com rodas de samba, palestras, encontros, capacitações, oficinas, entre outras atividades que fortalecem o processo de salvaguarda do samba enquanto Patrimônio Cultural do Brasil.

O Museu do Samba fica recebe visitantes de segunda a sexta, das 10h às 17h. Aos sábados e domingos, somente com agendamento prévio (3234-5777 ou contato@museudosamba.org.br). A entrada para ter acesso a toda essa riqueza é só R$10!

1
Onde curtir um show de música independente delicinha em São Paulo
Pagar dois salários mínimos pra ver show não dá, né? Ainda mais quando São Paulo é a cidade onde você encontra …
2
RJ: Um mergulho literário no Real Gabinete Português de Leitura
O Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa não apenas por suas paisagens e praias! Ali no centro fica um dos …
3
Casa Preta: lar da cultura alternativa de Salvador
Um Casarão no Dois de Julho tem cultura saindo pelas janelas! Com eventos do subsolo ao terraço, a Casa Preta …
4
SP: Maior festival de inovação e arte digital do Brasil
Unhide Conference, um festival de inovação e arte digital está em sua segunda edição. Fomos conferir esse encontro de arte, criatividade …
5
Terça do Vinil em Recife: rolê pra gente lisa
Depois de uma temporada granfina lá nas Europa, a minha, a sua, a nossa Terça do Vinil tá de volta …
6
02:19
Vem ver o céu à noite no Planetário da Gávea no Rio
Os amantes do universo têm um rolé para chamar de seu no Rio! Toda quarta e sábado acontece lá no Planetário …
7
04:15
Edifício Maletta: 4 lugares, alguns drinks e 1 varanda para amar em BH
Ele tem história e paixão. É comercial e residencial. Tem comida de boteco e bebida gourmet. Gente interessante de um …
8
03:26
Gravity VR em SP – A realidade virtual como você nunca viu
Hoje, vamos te mostrar a fronteira entre mundo físico e o virtual através de equipamentos e programas de última geração. Esse …