Últimas notícias:
Loading...

5 museus do Recife para você ficar mais inteligente

Que tal uma pernada pelo centro histórico e os museus que guardam relíquias, história e muita arte e cultura?

Todos os dias

Confira o horário de cada museu

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Grátis

Site: funarte.gov.br

Telefone: (21) 2265-9933

Nem só de praia a capital pernambucana é feita! Os museus do Recife são ótimas pedidas para uma pernada pelo seu centro histórico e para conhecer sobre a história da cidade e suas influências que permeiam toda a cultura brasileira.

Ver o casario da Rua da Aurora, as pontes e construções coloniais no Recife Antigo ou dar um pulo na Praça do Marco Zero, não são as únicas opções de passeio no centro do Recife
Créditos: iStock/@diegograndi
Ver o casario da Rua da Aurora, as pontes e construções coloniais no Recife Antigo ou dar um pulo na Praça do Marco Zero, não são as únicas opções de passeio no centro do Recife

Essa área da cidade, aliás, é cheia de opções de passeios, tanto para turistas, como para moradores. Inclusive, a gente já deu algumas dicas para curtir o Recife Antigo. Espia só:

Mas voltando aos museus do Recife, como aperitivo, separamos cinco boas opções que são pertinho uma das outras. A boa é usar seu 99 só pra ida e pra a volta!

Colaí, que essa lista é o puro creme da cultura! 

Museu Cais do Sertão

O espaço é interativo, colorido e atraente. Uma tarde é pouco pra bisbilhotar tudo que tem no museu Cais do Sertão.

A obra do músico Luiz Gonzaga é homenageada no acervo, que retrata a realidade do sertão pernambucano.

O espaço conta com recursos tecnológicos multimídia, como salas de vídeo, totens de áudio e telas touchscreen, além de uma salinha de música onde instrutores ensinam a tocar instrumentos como sanfona e zabumba.

Endereço: Av. Alfredo Lisboa, s/n – Armazen 10
Horário: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábado e domingo, das 13h às 17h
Entrada: terça, gratuita e de quarta a domingo: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

MAIS UMA LISTA: 5 LUGARES PERFEITOS PARA FAZER PIQUENIQUE NO RECIFE

Paço do Frevo

Em 2014, o ritmo mais famoso de Pernambuco saiu dos pés no Carnaval e ocupou um casarão na Praça do Arsenal, pra ser visitado e revisitado ao longo do ano todo.

O Paço do Frevo é um lugar para estudar, criar, experimentar e vivenciar o rico universo do Frevo
Créditos: Sol Pulquério
O Paço do Frevo é um lugar para estudar, criar, experimentar e vivenciar o rico universo do Frevo

Um dos museus do Recife mais visitados, o Paço do Frevo se dedica à difusão, pesquisa, lazer e formação nas áreas da dança e música do frevo, com uma escola de dança, escola de música, centro de documentação e exposições temporárias com programação constante.

Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, S/N. Bairro do Recife.
Horário: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábado e domingo, das 13h às 17h
Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

Sinagoga Kahal Zur Israel

A Sinagoga Kahal Zur Israel, que hoje abriga o Museu Judaico de Pernambuco, foi a primeira construída no continente Americano, no século 17, na antiga Rua dos Judeus, atual Rua do Bom Jesus, no Bairro do Recife.

A Sinagoga Kahal zur Israel é a primeira construída na América!
Créditos: divulgação
A Sinagoga Kahal zur Israel é a primeira construída na América!

O piso original foi conservado e pode ser visto logo na entrada do museu, assim como as paredes, que também conservam os moldes originais do século 17. Já no primeiro piso, o ambiente real de uma sinagoga foi reconstituído.

Endereço: Rua do Bom Jesus, 197/203. Recife Antigo.
Horário: de terça a sexta, das 9h às 17h; domingo, das 14h às 18h
Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).

Museu do Trem

O Museu do Trem funciona no prédio da estação que foi a principal plataforma de trens do Recife nos séculos 19 e 20, a Estação Capiba.

Com uma exposição de mais de 500 peças, ele conta a história ferroviária de Pernambuco, por meio de documentos e antigos objetos, como bilheterias e relógios, locomotivas a vapor e até um vagão, na exposição “Chegada e Partida – A Memória do Trem em Pernambuco”.

A Estação Central Capiba passou por diversas intervenções e requalificações até ficar pronta para a montagem da exposição e poder abrir suas portas para o público
Créditos: Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe
A Estação Central Capiba passou por diversas intervenções e requalificações até ficar pronta para a montagem da exposição e poder abrir suas portas para o público

Na área externa, o público pode conhecer carroças e uma locomotiva a vapor do início do século 20. Uma das melhores máquinas a vapor já construídas, com capacidade para puxar 70 vagões.

Endereço: Praça Visconde de Mauá, s/nº, São José – Recife.
Horário: de segunda a sexta, 9h às 17h; sábado, das 10h às 19h; domingo, das 10h às 14h
Entrada Gratuita

Casa da Cultura

A Casa da Cultura não é exatamente um museu, mas foi a penitenciária do Recife durante 118 anos. O prédio foi inaugurado 1855 e tem formato de cruz.

Hoje o edifício é tombado pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (desde 1980) e funciona como o maior polo de comercialização de artesanato do Recife.

Em 1848, a Casa da Cultura foi construída para ser uma penitenciária
Créditos: divulgação/Facebook
Em 1848, a Casa da Cultura foi construída para ser uma penitenciária

É quase um “museu vivo” e em movimento de peças artesanais produzidas no Estado. Na casa há 110 lojas de arte e artesanato, além do Teatro Clênio Wanderley e do anfiteatro, que acolhem ações formativas e espetáculos de teatro, música e dança.

Endereço: Rua Floriano Peixoto, s/nº – Santo Antonio.
Horário: de segunda a sexta, das 9h às 19h; sábado e domingo, das 9h às 18h
Entrada gratuita

Vale lembrar que esta é somente uma pequena amostra das dezenas de museus do Recife para você visitar!

Ainda pelo centro da cidade há opções como o Mamam – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães; o Museu da Cidade do Recife; o Memorial Luiz Gonzaga e o Espaço Passárgada.

Sem falar das opções menos centrais, como o Museu-Oficina Francisco Brennand, o Instituto Ricardo Brennand e Fundação Gilberto Freyre. Fica a dica, para buscar ainda mais museus da sua cidade. :)

Quer mais dicas legais para explorar o Rio? Seus problemas acabaram: fica de olho aqui na Catraca Livre, que a gente tem roteiros incríveis para você colar com o seu 99, que garante a dupla imbatível preço e qualidade!