Musical sobre Elza Soares com sucessos da cantora chega a SP

Com ingressos por até R$ 50, “Elza” fica em cartaz no Sesc Pinheiros até 18 de novembro

Por: SP Escola de Teatro
Até
18
de novembro 2018
Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Qui. a sáb., 21h; dom. e feriados, 18h

O tom rasgado característico de Elza Soares se multiplica por sete no musical Elza, em cartaz no Sesc Pinheiros até 18 de novembro. Fugindo do formato biográfico tradicional, que segue a ordem cronológica, nesta montagem a cantora é representada ao mesmo tempo por sete atrizes dividindo o palco.

Com ingressos a R$ 50, R$ 25 (meia) e R$ 15 (credencial Sesc), as sessões acontecem de quinta a sábado, às 21h; e domingos e feriados, às 18h.

Crédito: Leo Aversa/DivulgaçãoAs atrizes Larissa Luz, Janamô, Júlia Tizumba, Késia Estácio, Khrystal, Laís Lacôrte e Verônica Bonfim compõem o elenco do musical

Elza é um ícone da música brasileira, com uma trajetória cheia de tragédias e alegrias, e suas várias facetas e momentos se fazem presentes durante o musical por meio das sete atrizes. Elas alternam entre sucessos mais recentes, como os do álbum “A Mulher do Fim do Mundo”, e clássicos como “Se Acaso Você Chegasse”.

Tópicos como a violência doméstica que sofria, racismo e a morte de seu filho de 9 anos são contados com o respeito que pedem, e o espetáculo busca, assim, fortalecer o lado guerreiro da cantora carioca. É o caso, por exemplo, da cena em que Elza se apresenta em um programa de calouros na rádio para sustentar seu primeiro filho, nascido quando ela tinha 12 anos.

Além de interpretarem Elza, as sete atrizes do elenco se revezam em outros papéis que marcaram a vida da cantora, como o de seu marido, o jogador de futebol Mané Garrincha. Dirigido por Duda Maia, o musical também tem só mulheres em sua banda. Apesar de assinada por Vinícius Calderoni, a dramaturgia foi composta em colaboração com as atrizes e a diretora da encenação.

Por: SP Escola de Teatro

A SP Escola de Teatro é um equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e tem por atribuições a formação profissional na arte teatral.

1
Feira Tom Jobim é o melhor lugar pra comer no sábado de manhã em BH
Imagine um sábado suave na nave, sob a sombra de uma árvore, apreciando o sabor de comidas típicas nacionais e …
2
3 lugares para apreciar a paisagem de Curitiba do alto
Curitiba é uma cidade linda, disso já sabemos! Mas ver ela do alto deixa tudo ainda melhor! Colaí pra ver essas …
3
Onde curtir um show de música independente delicinha em São Paulo
Pagar dois salários mínimos pra ver show não dá, né? Ainda mais quando São Paulo é a cidade onde você encontra …
4
RJ: Um mergulho literário no Real Gabinete Português de Leitura
O Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa não apenas por suas paisagens e praias! Ali no centro fica um dos …
5
Casa Preta: lar da cultura alternativa de Salvador
Um Casarão no Dois de Julho tem cultura saindo pelas janelas! Com eventos do subsolo ao terraço, a Casa Preta …
6
SP: Maior festival de inovação e arte digital do Brasil
Unhide Conference, um festival de inovação e arte digital está em sua segunda edição. Fomos conferir esse encontro de arte, criatividade …
7
Terça do Vinil em Recife: rolê pra gente lisa
Depois de uma temporada granfina lá nas Europa, a minha, a sua, a nossa Terça do Vinil tá de volta …
8
02:19
Vem ver o céu à noite no Planetário da Gávea no Rio
Os amantes do universo têm um rolé para chamar de seu no Rio! Toda quarta e sábado acontece lá no Planetário …