9 passeios diferentes para fazer no Dia das Mães

Sua mãe prefere shows intimistas ou ela gosta de experimentar novas culinárias? Separamos 9 lugares diferentões pro Dia das Mães

Por: Redação
12
de maio 2019
Diversos horários - confira a programação

Quer passear com a sua mãe mas tá sem criatividade pra fugir daquele almoço tradicional de família ou do rolê no shopping? Vem com a gente, a Catraca Livre separou nove lugares bem legais para você explorar a cidade com sua mami maravilhosa no fim de semana do Dia das Mães – e durante o ano todo até porque sua mãe merece, né?

chef da congolinaria
Congolinaria serve pratos vegans típicos do Congo e é uma ótima pedida para o Dia das Mães diferentãoDivulgação
parte externa da Sala São Paulo
Sala São Paulo é o espaço perfeito para assistir ao 'Lago dos Cisnes' com a criançadaTuca Vieira - divulgação
feirinha de antiguidades da praça Benedito Calixto
Feira da Praça Benedito Calixto é perfeita para as mães que adoram coleções ou coisinhas vintageDaniel Tavares
casa de francisca
A Casa de Francisca é uma opção para o jantar com música no pré-Dia das Mães, no sábadoDivulgação

Na lista, tem passeio pra todo tipo de mãe! Se a sua adora um lugar mais granfino, mas que não custe os olhos da cara, tem a Sala São Paulo; se ela é mais zen, tem o Templo Zulai, em Cotia; se ela gostar de gastronomia diferente, vai adorar o Congolinaria e até mesmo a Casa de Francisca, casa de música onde ainda vai poder curtir uma das melhores curadorias musicais da cidade.

Curtiu? Então, já manda um zap pra véia e diz que esse fim de semana vai ser pra lá de especial! Confira:

  • 1. Congolinaria

    Crédito: divulgaçãoLegenda: Congolinaria serve pratos vegans típicos do Congo e é uma ótima pedida para o Dia das Mães diferentão

    Quem não gosta de experimentar pratos especiais? Sua mãe com certeza adora! E para isso, escolhemos o Congolinaria para uma experiência gastronômica pra lá de especial!

    O Congolinaria é um vegan food africano que serve comida típica da República Democratica do Congo, privilegiando ingredientes naturais ao invés de industrializados.

    Aos domingos, o restaurante realiza o evento “Descobrindo Sabores do Congo” com o objetivo de conectar as diferentes culturas resistentes na capital paulista. No dia, o Congolinaria reúne a gastronomia típica do congo e a já descolada trilha de músicas e cervejas num só lugar!

    Durante a semana, rola rodízio de vegan food por lá!

    O restaurante abre de terça a domingo durante o almoço, das 12h às 15h; e de terça a sábado durante o jantar, das 19h às 22h. O espaço fica na Avenida Professor Alfonso Bovero, 382.

  • 2. Casa das Rosas

    Crédito: Débora NazariLegenda: Casa das Rosas

    A mansão construída nos anos 1930 por Ramos de Azevedo fica em plena Avenida Paulista e é um dos passeios mais legais pra se fazer na cidade se o estilo da sua mãe é desses que gosta de calma, mas não desapega da correria paulistana.

    O espaço cultural é voltado para a arte literária, então vira e mexe a programação apresenta cursos, oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, lançamentos de livros, apresentações literárias e musicais, saraus, peças de teatro, exposições ligadas à literatura, etc.

    Fora toda a arquitetura no estilo francês do casarão, que por si já vale a visita, além dos banheiros (sim, os banheiros) com louças importadas e do tamanho de um quarto das casas atuais.

    O jardim da Casa das Rosas também é um ambiente delicioso de se ficar, ali também se encontra um café com mesas ao ar livre com delicinhas para saborear enquanto curte a vista.

    A Casa das Rosas fica no número 37 da Paulista e pode ser visitada de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 10h às 18h.

  • 3. Sala São Paulo

    Crédito: Tuca Vieira - divulgaçãoLegenda: Sala São Paulo é o espaço perfeito para assistir ao 'Lago dos Cisnes' com a criançada

    O imponente edifício da Estrada de Ferro Sorocabana abriga hoje a Sala São Paulo, sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do país.

    O espaço fica ali no centro da cidade, vizinho da Pinacoteca do Estado e do Museu de Arte Sacra, o que já garante mais passeios próximos.

    Aos domingos, a Sala São Paulo tem apresentações gratuitas de manhã, mas os ingressos são concorridíssimos! Clica aqui pra ficar de olho na programação.

    A Sala São Paulo fica na Praça Júlio Prestes, 16.

  • 4. Cinesala

    Crédito: Sérgio IsraelLegenda: O espaço na Rua Fradique Coutinho funciona como cinema de rua desde 1962 quando nasceu o Cine Fiammetta e ficou com este nome por mais de 30 anos

    Sua mãe é cinéfila? Ela vai amar o Cinesala, então!

    Símbolo de resistência dos cinemas de rua da cidade, o Cinesala é fruto da reforma de um tradicional cinema de rua no bairro de Pinheiros, com direção criativa de Paulo Velasco e Rodrigo Makray. Foi eleito o cinema com melhor bomboniere em 2016 pela Folha de São Paulo e a sala mais confortável da cidade em 2015.

    Logo na entrada do cinema, você pode tomar alguns drinks no Barouche Pipoca, tradicional  bar do centro que está instalado no saguão do espaço. Além de pipoca, também são servidos cachorro-quente e trio de queijos com baguete, mix de castanhas, além de bolos, merengues, brownie e outras delicias.

    Mas a cereja do bolo fica para os sofás do Cinesala, onde é possível assistir aos filmes da programação no melhor estilo “em casa”. São dois tipos de poltrona, dupla e individual, com valores de R$ 66 e R$ 34, respectivamente. Há ingressos de cadeiras normais, no valor de R$ 24. Às segundas, leitores da Catraca têm desconto.

    O Cinesala fica na Rua Fradique Coutinho, 361. A programação do Cinesala pode ser conferida aqui.

  • 5. Feira da Benedito Calixto

    Crédito: Daniel TavaresLegenda: Feira da Praça Benedito Calixto é perfeita para as mães que adoram coleções ou coisinhas vintage

    Aos sábados, a Praça Benedito Calixto recebe uma das feirinhas mais famosas da cidade onde é possível encontrar de tudo: móveis antigos, artigos históricos, roupas, bijuterias, discos raros e até mesmo peças de brechós.

    Se sua mãe adora ser uma desbravadora de peças vintage, esse é o lugar perfeito pra ela!

    No final da tarde, ainda rola um gran finale em que é possível ouvir música ao vivo, além de se deliciar com foodtrucks.

    A Feirinha da Benedito acontece aos sábados (perfeito pra comprar o presente de Dia das Mães), das 9h às 19h.

  • 6. Bardega

    Crédito: divulgaçãoLegenda: Bardega

    Sua mãe pode ser uma mulher muito fina, que tal levá-la para experimentar diferentes tipos de vinho, então?

    No Bardega, os apaixonados por vinhos podem desfrutar da variedade, da conversa e de se sentir em casa enquanto degusta e compara vinhos do mundo todo.

    É possível, ainda, conhecer aquele vinho especial, sem gastar uma fortuna. No bar-adega, você pode experimentar dezenas de vinhos por  R$ 4 ou R$ 5 antes de comprar uma taça ou uma garrafa.

    O espaço fica na Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218, no Itaim, e funciona de terça a sábado, das 18h30 a 1h.

  • 7. Jardim Botânico

    Crédito: Governo do Estado de São PauloLegenda: Jardim Botânico de São Paulo

    Sua mãe já cantou a letra que quer paz e descanso? Seja um bom filho e a leve para o Jardim Botânico de São Paulo!

    Em 1938 o Jardim Botânico de São Paulo foi oficializado e hoje é um dos espaços mais gostosinhos para curtir dentro da cidade e sentir que fugiu o caos paulistano!

    E tem muita coisa pra fazer por lá! O Jardim Botânico conta com 143 hectares, com várias espécies vegetais. O Instituto de Botânica dispõe de uma biblioteca com cerca de 6.400 livros e privilegiado acervo botânico.

    No Museu Botânico há amostras de plantas da flora brasileira, coleção de produtos extraídos de plantas e representações de ecossistemas do Estado.

    No conjunto arquitetônico-cultural do local destacam-se, além do Museu, duas estufas que abrigam plantas típicas da Mata Atlântica e exposições temporárias, o Jardim de Lineu, o portão histórico de 1894, e o marco das nascentes do riacho Ipiranga.

    E se bater aquela fominha, não esquenta que lá dentro tem um restaurante gostosinho para dar mais energia pra você curtir ainda mais!

    O Jardim Botânico fica na Av. Miguel Estéfno, 3031 e está aberto de terça a domingo e feriados, das 9h às 17h. A entrada tem ingresso de até R$ 12.

  • 8. Templo Zu Lai

    Crédito: divulgaçãoLegenda: Templo Zu Lai

    Ainda na pegada mais zen, que tal ir com sua mãe até o Templo Zulai? Ele fica ali em Cotia, na região metropolitana de São Paulo, e é o primeiro templo do Monastério Fo Guang Shan na América Latina.

    Desde sua criação, o Templo Zu Lai mantém a tradição de realizar regularmente as práticas e cerimônias das Escolas de pensamento budista Chan e Terra Pura, oficiando cerimônias de “Oito Preceitos” e retiros de meditação.

    Aos domingos, o espaço oferece prática orientada de Tai Chi, uma cerimônia budista e prática orientada de meditação. Para participar destas atividades basta estar presente 15 min antes do início, não é necessário agendar.

    O lugar é ótimo para fotos e relaxar em meio a muita natureza – você vai ser seguido por algum sagui, com certeza. O templo conta com um café também e uma lojinha de artefatos orientais.

    O Zu Lai abre de terça a sexta, das 12h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h. O templo fica na R. Fernando Nobre, 1461, em Cotia.

  • 9. Casa de Francisca

    Crédito: divulgaçãoLegenda: A Casa de Francisca é uma opção para o jantar com música no pré-Dia das Mães, no sábado

    Um dos lugares mais bonitos e gostosos de visitar no centro de São Paulo, a Casa de Francisca é perfeita pra um passeio junto com sua mãe! Vai por nós!

    A casa de shows fica no Palacete Teresa, um patrimônio histórico recém restaurado que abrigou a primeira loja de instrumentos da cidade.

    Na Casa de Francisca, todo mundo é convidado para uma relação mais íntima com o espaço, circulando pelos corredores, salões, arquibancada, bar e cozinha.

    Em noites de shows mais intimistas, os lugares são todos sentados e escolhidos conforme ordem de chegada. Em noites de shows mais animados, rola de separar um pequeno salão que serve como pista pra quem quer assistir ao show em pé.

    A casa fica na Rua Quintino Bocaiúva, 22, e abre para almoço de terça a sexta, das 11h30 às 15h, e sábados, das 12h às 15h30. A programação noturna acontece de quarta a sábado, das 19h30 à 1h.

1
Onde curtir um show de música independente delicinha em São Paulo
Pagar dois salários mínimos pra ver show não dá, né? Ainda mais quando São Paulo é a cidade onde você encontra …
2
RJ: Um mergulho literário no Real Gabinete Português de Leitura
O Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa não apenas por suas paisagens e praias! Ali no centro fica um dos …
3
Casa Preta: lar da cultura alternativa de Salvador
Um Casarão no Dois de Julho tem cultura saindo pelas janelas! Com eventos do subsolo ao terraço, a Casa Preta …
4
SP: Maior festival de inovação e arte digital do Brasil
Unhide Conference, um festival de inovação e arte digital está em sua segunda edição. Fomos conferir esse encontro de arte, criatividade …
5
Terça do Vinil em Recife: rolê pra gente lisa
Depois de uma temporada granfina lá nas Europa, a minha, a sua, a nossa Terça do Vinil tá de volta …
6
02:19
Vem ver o céu à noite no Planetário da Gávea no Rio
Os amantes do universo têm um rolé para chamar de seu no Rio! Toda quarta e sábado acontece lá no Planetário …
7
04:15
Edifício Maletta: 4 lugares, alguns drinks e 1 varanda para amar em BH
Ele tem história e paixão. É comercial e residencial. Tem comida de boteco e bebida gourmet. Gente interessante de um …
8
03:26
Gravity VR em SP – A realidade virtual como você nunca viu
Hoje, vamos te mostrar a fronteira entre mundo físico e o virtual através de equipamentos e programas de última geração. Esse …